Van der Poel troca road pelo MTB e se prepara para Tóquio

HomeCompetições

Van der Poel troca road pelo MTB e se prepara para Tóquio

Holandês começa a se preparar para as Olimpíadas e confirma que estará nas duas etapas da Copa do Mundo de MTB em maio

Van der Poel e Schurter na disputa de etapa da Copa do Mundo em Val di Sole em 2019

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

O holandês Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix), de 26 anos, volta ao mountain bike depois de um intenso início de temporada no ciclismo de estrada. O retorno ao MTB tem um objetivo: os Jogos Olímpicos de Tóquio. Mais especificamente a disputa pela medalha de ouro do MB XCO no dia 26 de julho no circuito conhecido como Sea Forest, em Izu.

 

Depois do Tour de Flanders, Van der Poel confirmou que vai se dedicar apenas ao mountain bike até Tóquio. E renunciou a defender o título na Amstel Gold Race, que ele venceu em 2019, que será disputada neste domingo (leia mais aqui).

Van der Poel já começou a treinar. Um dia depois do Tour de Flanders, junto com os colegas Tim Merlier e Jonas Rickaert, pedalou nas trilhas das florestas belgas. O trio passou pelo Kwaremont e Taaienberg e foi para uma região bem conhecida, onde treinava na adolescência. Foram 50km de pedaladas, 30km em estradas de terra.

Em maio, Van der Poel já confirmou que estará na Copa do Mundo de MTB. A etapa de abertura será em Albstadt (dias 8 e 9), na Alemanha, e a segunda rodada em Nove Mesto (dias 15 e 16), na República Tcheca.

Van der Poel na vitória em Val di Sole em 2019

No ano passado, a Copa do Mundo de MTB ficou bastante comprometida pela pandemia e teve rodada dupla em setembro em Nove Mesto e só. Van der Poel não participou. Mas, em 2019, o holandês mostrou todo seu talento ao vencer as etapas de Nove Mesto, de Val di Sole, na Itália, e em Lenzerheide, na Suíça. Derrotou Nino Schurter em quatro dos cinco confrontos entre os dois e ainda conquistou o título europeu.

Tetracampeão mundial de ciclocross, Van der Poel começou 2021 com fortes performances no ciclismo de estrada. Venceu a etapa de abertura do UAE Tour, faturou a Strade Bianche, duas etapas da Tirreno-Adriático e foi vice no Tour de Flanders, que ele venceu na edição anterior. O holandês, filho e neto de ciclistas, já declarou que “é único ser capaz de combinar estrada, mountain bike e ciclocross”.

LEIA MAIS
Veja como foi o evento-teste do MTB para os Jogos de Tóquio

Mathieu Van der Poel no Bikemagazine