Giro d’Italia: Bernal é o campeão; Ganna vence crono final

HomeCompetições

Giro d’Italia: Bernal é o campeão; Ganna vence crono final

Colombiano que disputou o Giro pela primeira vez conquista o título com muita superação e o apoio dos companheiros da Ineos Grenadiers

Filippo Ganna vence o contrarrelógio final em Milão

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

O italiano Filippo Ganna (Ineos Grenadiers), campeão mundial de contrarrelógio, venceu a última etapa do Giro D’Itália neste domingo (30 de maio). A 21ª etapa encerrou a 104ª edição da corsa rosa com uma crono individual num percurso plano de 30,3km entre Senago e Milão.

Ganna, vencedor da crono individual da primeira etapa em Torino, fechou o cronômetro em 33min48s a 53,8km/h de velocidade média. Considerado o favorito à vitória em Milão, o italiano teve o pneu traseiro furado a 1,5km da chegada e trocou rapidamente de bicicleta. Ganna entra para a história como o primeiro ciclista a vencer cinco etapas contra o cronômetro em sequência no Giro. Em 2020, ele venceu todas as três etapas de crono e todas as duas este ano. Este ano ciclistas italianos venceram sete etapas no total, duas a menos que o recorde de 2015 quando ciclistas italianos emplacaram nove vitórias em etapa.

A sorte estava ao lado de “Top Ganna”, que chegou a ter seu tempo ameaçado pelo francês Rémi Cavagna (Deceuninck-QuickStep). Cavagna,  2º colocado na crono individual em Torino, sofreu uma queda em uma das últimas curvas e perdeu tempo precioso na disputa direta com Ganna e concluiu a 12 segundos, na 2ª colocação. O italiano Edoardo Affini (Jumbo-Visma), concluiu em 3º, a 13s de Ganna.

Ganna completou o percurso em 33min48s a 53,8km/h – Foto Fabio Ferrari/LaPresse

“Vencer minha quinta crono individual no Giro é fantástico. Hoje eu também superei a sorte, já que tive um pneu furado e consegui trocar a bike muito rápido, como uma parada de pit stop na Fórmula 1. Como equipe, eu levo para casa um belo resultado. Egan Bernal fez algo maravilhoso que foi sendo construído nestas três semanas. Trabalhamos duro para manter o Bernal sempre na frente do pelotão. Esta maglia rosa é um sucesso de toda a equipe e agradeço ao Bernal por ter terminado da melhor maneira possível”, disse Ganna, que vestiu a maglia rosa nas quatro primeiras etapas do Giro e mostrou muita força nas várias ocasiões em que pilotou a esquadra britânica em momentos importantes da corrida.

Bernal no contrarrelógio final

O colombiano Egan Bernal (Ineos-Grenadiers) fez uma crono segura e cruzou a meta na 24ª colocação, a 1min53s, resultado suficiente para consolidar seu primeiro título no Giro com uma margem de 1min29s de vantagem sobre o italiano Damiano Caruso (Bahrain-Victorius).

Bernal conquista o Giro 2021

“Eu não acredito no que está acontecendo, eu ganhei o Giro d’Italia e realmente não tenho palavras. Eu tive dois anos difíceis com alguns problemas que eu espero ter deixado para trás com esta vitória. A maglia rosa é especial e o Giro e a corrida mais bonita do mundo. Eu não tenho palavras para descrever tudo o que estou sentindo. Nesta corrida eu tive a liberdade de correr como eu queria. Nunca vou esquecer estas três semanas”, declarou o ciclista de 24 anos que traz no currículo os títulos do Tour de France (2019), Tour da Suíça (2019), Paris-Nice (2019), Tour da Califórnia (2018) e Colômbia Oro y Paz (2018). Bernal garantiu também o título de melhor jovem, com 6min40s de vantagem sobre o russo Aleksander Vlasov (Astana).

Caruso, que iniciou o Giro como gregário do espanhol Mikel Landa, andou muito bem e ganhou 30 segundos em relação a Bernal e concluiu na 2ª colocação da classificação geral. Já o britânico Simon Yates (Bike Exchange), perdeu 52 segundos e concluiu a etapa na 51ª colocação, mas garantiu o 3º lugar no pódio da geral, a 4min15s de Bernal.

Caruso garantiu a segunda colocação na classificação geral

“É a minha primeira vez no pódio de um Grand Tour e é uma sensação linda. Este pódio pode não ter sido previsível no início porque tínhamos outros planos, mas dia após dia foi surgindo a consciência de que poderia ser capaz de fazer algo grande e hoje estou aqui a festejar este pódio. Hoje, foi muito bom me preparar para subir no palco e terminá-lo com o melhor de minhas habilidades e com total comprometimento, como fiz nas últimas três semanas. Eu queria fazer bem. Não pensei na lacuna, só pensei em forçar o máximo que pudesse e agora vou comemorar. Veremos o que vem a seguir. Vamos aproveitar este momento e depois pensar no futuro”, concluiu Caruso.

Pódio final do Giro 2021, com Bernal, Caruso e Yates

Sagan com o filho Marlon no pódio do Giro

A Ineos-Grenadiers emplacou também o colombiano Daniel Martinez na 5ª colocação geral, a 7min24s. Merece destaque o português João Almeida (Deceuninck-Quickstep), que ganhou duas colocações na crono e concluiu na 6ª colocação geral, com o mesmo tempo de Martinez.

Na classificação de montanhas, o título ficou com o francês Geoffrey Bouchard (AG2R Citroën), com 184 pontos, contra 140 pontos de Bernal e 99 de Caruso. “É maravilhoso viver momentos como este. Agradeço mais o momento do que durante a prova, pois estava muito tenso. Aqui estou muito relaxado e feliz. Talvez falte uma ou duas coisas técnicas em comparação com outros ciclistas porque me tornei profissional muito tarde, mas as minhas qualidades físicas me permitiram brilhar nesta categoria ao longo de três semanas. Duas vezes consegui disputar a classificação de montanhas. É uma verdadeira conquista. Estou super feliz. É uma classificação com a qual sonho desde que era criança”, declarou Bouchard.

Peter Sagan (Bora-Hansgrohe) garantiu a Maglia Ciclamino da classificação por pontos. “Foi a minha primeira vez com a Maglia Ciclamino no pódio na frente do Duomo. É uma sensação muito boa e é lindo aqui. Estou muito feliz por terminar o meu segundo Giro. Eu peguei essa camisa, a Ciclamino, e é incrível para mim. Era uma coisa que faltava na minha coleção. Meu filho chegou aqui e queria subir no pódio. Estou muito feliz por poder fazê-lo feliz no pódio. Eu não tenho palavras, obrigado”, afirmou Sagan.

Na 2ª colocação da classificação por pontos ficou o italiano Davide Cimolai (Israel Start-Up Nation) e o colombiano Fernando Gaviria (UAE) terminou em 3º.

Na classificação por equipes, a britânica Ineos-Grenadiers terminou como campeã, com 26min52s sobre o time belga Jumbo-Visma e 29min09s sobre a esquadra alemã DSM.

A equipe britânica Ineos-Grenadiers comemora o título – Foto Fabio Ferrari/LaPresse

MELHORES MOMENTOS

TROCA DE BICICLETA DO FILIPPO GANNA

A FESTA DE BERNAL

TOP 10 DA ETAPA 21
1 Filippo Ganna (Ita) Ineos Grenadiers 0:33:48
2 Rémi Cavagna (Fra) Deceuninck-QuickStep 0:00:12
3 Edoardo Affini (Ita) Jumbo-Visma 0:00:13
4 Matteo Sobrero (Ita) Astana-Premier Tech 0:00:14
5 João Almeida (Por) Deceuninck-QuickStep 0:00:27
6 Maximilian Walscheid (Ale) Team Qhubeka Assos 0:00:33
7 Alberto Bettiol (Ita) EF Education-Nippo 0:00:34
8 Jan Tratnik (Slo) Bahrain Victorious 0:00:42
9 Gianni Moscon (Ita) Ineos Grenadiers 0:00:44
10 Iljo Keisse (Bel) Deceuninck-QuickStep 0:00:47

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL
1 Egan Bernal Gomez (Col) Ineos Grenadiers 86:17:28
2 Damiano Caruso (Ita) Bahrain Victorious 0:01:29
3 Simon Yates (GBr) Team BikeExchange 0:04:15
4 Aleksandr Vlasov (Rus) Astana-Premier Tech 0:06:40
5 Daniel Martinez Poveda (Col) Ineos Grenadiers 0:07:24
6 João Almeida (Por) Deceuninck-QuickStep m.t.
7 Romain Bardet (Fra) Team DSM 0:08:05
8 Hugh Carthy (GBr) EF Education-Nippo 0:08:56
9 Tobias Foss (Nor) Jumbo-Visma 0:11:44
10 Daniel Martin (Irl) Israel Start-up Nation 0:18:35

CLASSIFICAÇÃO POR PONTOS
1 Peter Sagan (Svk) Bora-Hansgrohe – 136 pontos
2 Davide Cimolai (Ita) Israel Start-up Nation – 118
3 Fernando Gaviria Rendon (Col) UAE Team Emirates – 116
4 Elia Viviani (Ita) Cofidis – 86
5 Egan Bernal Gomez (Col) Ineos Grenadiers – 80

CLASSIFICAÇÃO DE MONTANHAS
1 Geoffrey Bouchard (Fra) AG2R Citroën Team – 184 pontos
2 Egan Bernal Gomez (Col) Ineos Grenadiers – 140
3 Damiano Caruso (Ita) Bahrain Victorious – 99
4 Daniel Martin (Irl) Israel Start-up Nation – 83
5 Simon Yates (GBr) Team BikeExchange – 61

CLASSIFICAÇÃO DE MELHOR JOVEM
1 Egan Bernal Gomez (Col) Ineos Grenadiers –  86h17min28s
2 Aleksandr Vlasov (Rus) Astana-Premier Tech – a 6:40
3 Daniel Martinez Poveda (Col) Ineos Grenadiers – 7:24
4 João Almeida (Por) Deceuninck-QuickStep – MT
5 Tobias Foss (Nor) Jumbo-Visma – a 11:44

CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPES
1 Ineos Grenadiers – 25930min31s
2 Jumbo-Visma – a 26:52
3 Team DSM – a 29:09
4 Astana-Premier Tech – a 33:05
5 Team BikeExchange – a 1:15:12

AS CAMISAS
Maglia Rosa: classificação geral – Egan Bernal (Ineos Grenadiers)
Maglia Ciclamino: classificação por pontos – Peter Sagan (Bora-Hansgrohe)
Maglia Azzurra: classificação de montanha – Geoffrey Bouchard (AG2R Citroen Team)
Maglia Bianca: classificação de melhor jovem – Egan Bernal (Ineos Grenadiers)

AS ETAPAS
Etapa 1 – 8 de maio – Turim – Turim (ITT) – 8,6 km
Etapa 2 – 9 de maio – Stupinigi – Novara – 173 km
Etapa 3 – 10 de maio – Biella – Canale – 190 km
Etapa 4 – 11 de maio – Piacenza – Sestola – 187 km
Etapa 5 – 12 de maio – Modena – Cattolica – 177 km
Etapa 6 – 13 de maio – Grotte di Frasassi – Ascoli Piceno – 160 km
Etapa 7 – 14 de maio – Notaresco – Termoli – 181 km
Etapa 8 – 15 de maio – Foggia – Guardia Sanframondi – 170 km
Etapa 9 – 16 de maio – Castel di Sangro – Campo Felice – 158 km
Etapa 10 – 17 de maio – L’Aquila – Foligno – 139 km

18 de maio – Dia de descanso 1

Etapa 11 – 19 de maio – Perugia – Montalcino – 163 km
Etapa 12 – 20 de maio – Siena – Bagno di Romagna – 212 km
Etapa 13 – 21 de maio – Ravenna – Verona – 198 km
Etapa 14 – 22 de maio – Cittadella – Monte Zoncolan – 205 km
Etapa 15 – 23 de maio – Grado – Gorizia – 147 km
Etapa 16 – 24 de maio – Sacile – Cortina d’Ampezzo – 212 km

25 de maio – Dia de descanso 2

Etapa 17 – 26 de maio – Canazei – Sega di Ala – 193 km
Etapa 18 – 27 de maio – Rovereto – Stradella – 231 km
Etapa 19 – 28 de maio – Abbiategrasso – Alpe di Mera – 166 km
Etapa 20 – 29 de maio – Verbania – Valle Spluga-Alpe Motta – 164 km
Etapa 21 – 30 de maio – Senago – Milão – 30,3 km (ITT)

LEIA MAIS
Giro d’Italia no Bikemagazine

Site oficial do evento