Jogos de Tóquio: França terá Koretzky, Sarrou, Pauline e Loana Lecomte no MTB

HomeCompetições

Jogos de Tóquio: França terá Koretzky, Sarrou, Pauline e Loana Lecomte no MTB

Federação Francesa anuncia os quatro nomes para a disputa do XCO em Tóquio, dois deles estreantes em Olimpíadas

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

A Federação Francesa de Ciclismo já definiu quem irá ocupar as quatro vagas do mountain bike XCO nos Jogos de Tóquio: no masculino foram anunciados o atual campeão mundial Jordan Sarrou e Victor Koretzky e, no feminino, a campeã mundial Pauline Ferrand-Prevot e a revelação Loana Lecomte.

A prova do cross country olímpico em Tóquio será nos dias 26 de julho (masculino) e 27 de julho (feminino).

 

Koretzky, que tem 26 anos, vem fazendo uma boa temporada, com vitória na abertura da Copa do Mundo em Albstadt, na Alemanha (relembre aqui), e vai participar de uma Olimpíada pela segunda vez seguida, depois da Rio-2016. “Conquistei muitos pontos para a seleção olímpica. Tinha quase certeza de que seria escolhido. É enorme, depois do Rio é uma continuação lógica”, afirmou o francês, que ficou em 2º lugar no evento-teste do XCO de Tóquio ao disputar o sprint final com o suíço e campeão olímpico da Rio-2016 Nino Schurter (relembre aqui).

Na Rio-2016, Koretzky terminou na 10ª colocação depois de ter um pneu furado. “Quero me vingar do que aconteceu comigo no Rio, com aquele furo. Foi minha primeira participação nos Jogos, eu tinha apenas 21 anos, não consegui administrar muito bem”, contou. “Com o tempo sei que aprendi com meus erros. Agora tenho mais maturidade e quero ir para lutar por uma medalha”, completou.

Koretzky vai participar de sua segunda Olimpíada

Pauline Ferrand Prevot na Copa do Mundo de MTB em Albstadt

Já a campeã mundial Pauline Ferrand Prevot, de 29 anos, vai disputar sua terceira Olimpíada, depois de Londres-2021 e Rio-2016. .“Estou buscando o ouro, é a única medalha que me falta, portanto seria uma consagração”, conta a francesa que também já conquistou os mundiais de ciclismo de estrada e de ciclocross.

Atualmente, Pauline tem se dedicado somente ao MTB, justamente com os olhos voltados para Tóquio. “Aprendi com minhas experiências olímpicas anteriores que correr duas modalidades ao mesmo tempo é correr o risco de não ser vitoriosa em nenhuma delas. Por isso estou focada no MTB, que acho muito divertido, mas isso não significa que desistirei da estrada a longo prazo”, contou.

Jordan Sarrou na vitória do Mundial de 2020

O campeão mundial Jordan Sarrou vai disputar os Jogos Olímpicos pela primeira vez. Sarrou garantiu sua vaga no último momento, depois da etapa da Copa do Mundo em Nove Mesto, na República Tcheca. O dono da camisa arco-íris confirmou já que está se preparando para Tóquio e que estará na Coupe de France, dia 6 de junho, e na etapa da Copa do Mundo em Leogang, na Áustria, nos dias 12 e 13 de junho. Vale lembrar que foi em Leogang que Sarrou conquistou o Mundial em 2020.

Em 2019, o francês participou do evento-teste do XCO olímpico e terminou em 4º lugar, à frente do brasileiro Henrique Avancini, também confirmado nos Jogos de Tóquio. “Gostei do percurso, é bastante técnico. É uma vantagem tê-lo reconhecido”, afirmou.

A jovem Loana Lecomte, de 21 anos, vai aos Jogos Olímpicos pela primeira vez

Já Loana Lecomte, de 21 anos, campeã mundial Sub 23, que lidera da Copa do Mundo de MTB de 2021 com duas vitórias, tem chamado atenção com seus resultados e sua vitalidade. A francesa também estará pela primeira vez em uma Olimpíada. “É meu sonho de menina. Muito orgulho de fazer parte desta seleção. Mal posso esperar para disputar, mas não vou a Tóquio apenas para disputar, vou lutar para conseguir o melhor desempenho possível.”

LEIA MAIS
Jogos de Tóquio: confira vídeo do evento-teste do MTB XCO

Mountain bike no Bikemagazine