Tóquio 2021: Primoz Roglic é ouro no contrarrelógio

HomeCompetições

Tóquio 2021: Primoz Roglic é ouro no contrarrelógio

Esloveno impressionou na prova e nenhum adversário foi capaz de terminar a menos de um minuto

O esloveno Primoz Roglic na disputa da crono

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/UCI/SwPix

O esloveno Primoz Roglic conquistou a medalha de ouro do ciclismo contrarrelógio dos Jogos de Tóquio nesta quarta-feira (28 de julho). O ciclista de 31 anos, obrigado a abandonar o Tour de France por causa das consequências de uma queda, voltou a comemorar. Roglic impressionou na prova de 44,2 km, com duas voltas no circuito Fuji, ao marcar o tempo de 55min04s. Nenhum outro adversário foi capaz de terminar a menos de um minuto do esloveno.

O holandês Tom Dumoulin foi medalha de prata, a 1min01s atrás de seu colega de equipe Jumbo-Visma. O australiano Rohan Dennis ficou com o bronze, a 1min03s.

“Quando tomei a decisão de disputar os Jogos Olímpicos eu comecei a treinar forte. Mas, na prova de estrada, tive grandes problemas por causa de cãibras nas costas. Ontem, finalmente, eu senti que as dores tinham passado”, contou Roglic.

O suíço Stefan Kung marcou o quarto melhor tempo, a 1min04s, e o campeão mundial de contrarrelógio, o italiano Filippo Ganna, ficou em 5º, a 1min05s. O belga Wout van Aert terminou em 6º, a 1min06s.

Ganna foi o mais rápido na primeira verificação, na marca dos 9,7 km, mas os trechos montanhosos foram demais para o italiano. Roglic ficou meio segundo atrás de Ganna na primeira verificação, mas, na marca dos 15 km, se recuperou. No final da primeira volta, o esloveno estava oito segundos à frente dos seus adversários mais próximos e, na segunda volta, a vantagem aumentava.

Na marca dos 37,1 km, Dumoulin estava mais próximo, a 42 segundos, enquanto Van Aert havia ficado um minuto atrás. Dennis estava com o quinto tempo mas depois se recuperou. Dumoulin, assim como nos Jogos Rio-2016, conquistou a prata.

O canadense Hugo Houle estabeleceu o primeiro tempo de referência, mas o belga Remco Evenepoel o superou. O colombiano Rigoberto Uran derrotou Evenepoel e manteve a liderança até Dumoulin, que no início da temporada tinha anunciado que ia tirar um tempo das competições, mostrar que estava em ótima forma. O holandês foi o mais rápido em todas as verificações mas, então, chegou a vez de Roglic.

Pódio do contrarrelógio dos Jogos de Tóquio

RESULTADO
1 Primoz Roglic (Eslovênia) 0:55:04
2 Tom Dumoulin (Holanda) 0:01:01
3 Rohan Dennis (Austrália) 0:01:03
4 Stefan Küng (Suíça) 0:01:04
5 Filippo Ganna (Itália) 0:01:05
6 Wout van Aert (Bélgica) 0:01:40
7 Kasper Asgreen (Dinamarca) 0:01:48
8 Rigoberto Uran (Colômbia) 0:02:14
9 Remco Evenepoel (Bélgica) 0:02:17
10 Patrick Bevin (Nova Zelândia) 0:02:20
11 Alberto Bettiol (Itália) 0:02:33
12 Geraint Thomas (Grã-Bretanha) 0:02:42
13 Hugo Houle (Canadá) 0:02:52
14 Stefan De Bod (África do Sul)
15 Maximilian Schachmann (Alemanha) 0:03:29
16 João Almeida (Portugal)
17 Rémi Cavagna (França) 0:03:34
18 Maciej Bodnar (Polônia) 0:03:42
19 Nikias Arndt (Alemanha) 0:03:45
20 Aleksandr Vlasov (Federação Russa) 0:03:51
21 Nelson Oliveira (Portugal) 0:03:55
22 Tanel Kangert (Estônia) 0:04:01
23 Tobias Foss (Noruega) 0:04:47
24 Brandon McNulty (EUA) 0:04:53
25 George Bennett (Nova Zelândia) 0:05:24
26 Michael Kukrle (República Tcheca) 0:05:37
27 Richie Porte (Austrália) 0:05:49
28 Nicolas Roche (Irlanda) 0:06:18
29 Tao Geoghegan Hart (Grã-Bretanha) 0:06:40
30 Toms Skujins (Letônia) 0:07:00
31 Patrick Konrad (Áustria)
32 Alexey Lutsenko (Cazaquistão) 0:07:17
33 Amanuel Ghebreigzabhier (Eritreia) 0:08:18
34 Lawson Craddock (EUA) 0:08:48
35 Saeid Safarzadeh (Irã) 0:10:10
36 Azzedine Lagab (Argélia) 0:10:17
37 Lukáš Kubiš (Eslováquia) 0:11:21
38 Ahmad Badreddin Wais (Equipe Olímpica de Refugiados) 0:13:36

DNF Ion Izaguirre Insausti (Espanha)

LEIA MAIS
Jogos de Tóquio no Bikemagazine