Kuss fatura vitória solo na 15ª etapa, a mais alta do Tour 2021

HomeCompetições

Kuss fatura vitória solo na 15ª etapa, a mais alta do Tour 2021

Norte-americano Sepp Kuss vence a etapa final da 2ª semana, Alejandro Valverde termina em 2º; confira os destaques

Sepp Kuss na vitória solo da 15ª etapa

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

Sepp Kuss (Lotto-Soudal) encerrou um jejum de 10 anos sem uma vitória norte-americana no Tour de France ao faturar, neste domingo (11 de julho), a 15ª etapa, de Céret a Andorre-la-Vieille, com 191,3 km, uma das mais desafiadoras da edição deste ano, com passagem pelo Port d’Envalira, o ponto mais alto do Tour 2021, a 2.408 metros de altitude. A última vez que um norte-americano tinha vencido uma etapa do Tour foi em 2011, com Tyler Farrar.

O veterano Alejandro Valverde (Movistar) foi o 2º, a 23 segundos, e o holandês Wout Poels (Bahrain Victorious), o novo líder da classificação de montanha, terminou em 3º, a 1min15s.

“É incrível. Para ser honesto, eu estava sofrendo muito neste Tour de France. Eu não senti como se tivesse com boas pernas. Hoje eu sabia que estava terminando onde moro, então me motivou. Estou tão feliz. Minha namorada e sua família estavam na última escalada torcendo por mim”, contou Kuss, que tem 26 anos e venceu no Tour pela primeira vez.

“Foi um dia difícil no grupo escapado. Eu conhecia muito bem o final. Não treino muito no Col de Beixalis porque é muito difícil, mas sabia que se tivesse uma boa vantagem ficaria longe até o final. A etapa foi muito difícil, especialmente porque era a última da segunda semana deste Tour de France. Minha equipe fez um ótimo trabalho, especialmente Wout van Aert. Embora esteja ansioso pelo resto da corrida, espero poder dormir por muito tempo no dia de descanso de amanhã”, completou.

Van Aert, que conquistou o prêmio de mais combativo da etapa, disse que hoje “era o dia do Sepp”. “Ele mora em Andorra e estava ansioso por esta etapa. Estou feliz por ele ter conseguido essa vitória incrível para ele e para a equipe. Ele passa o ano inteiro trabalhando para os outros, então é bom que ele tenha sua própria chance.”

Valverde, que terminou em 2º, cumprimenta Kuss

No percurso da 15ª etapa

A etapa começou com um pelotão de 149 ciclistas e foi marcada pelo forte calor. Thomas De Gendt (Lotto-Soudal) foi o primeiro a atacar, no Km 3,5 na subida não categorizada para o Col de Llauro. Sete o alcançaram, e depois um grupo mais de perseguidores encostou. No Km 35 se reuniram 32 ciclistas na liderança, inclusive o vencedor da etapa e seus colegas de equipe Steven Kruijswijk e Wout van Aert, além de Valverde e Poels, mais Jonathan Castroviejo, Dylan van Baarle (Ineos Grenadiers), Dan Martin, Michael Woods (Israel Start Up Nation), Vincenzo Nibali, Julien Bernard, Kenny Elissonde (Trek-Segafredo), Julian Alaphilippe, Davide Ballerini (Deceuninck-Quick Step), Lukas Pöstlberger (Bora-Hansgrohe), David Gaudu, Bruno Armirail, Valentin Madouas ( FDJ), Rubén Fernández (Cofidis), Aurélien Paret-Peintre (Ag2r-Citröen), Nairo Quintana (Arkéa-Samsic), Ruben Guerreiro, Neilson Powless (EF Education-Nippo), Mark Donovan (DSM), Matej Mohoric, Dylan Teuns (Bahrain Victorious), Michael Matthews (BikeExchange), Ion Izagirre (Astana), Sergio Henao (Qhubeka-NextHash), Pierre Latour (TotalEnergies), Franck Bonnamour (B&B Hotels-KTM) e De Gendt.

Calor forte exigiu muita hidratação no pelotão

No sprint intermediário em Olette (Km 66), a vantagem do grupo era de 8min45s. Armirail começou a impor um ritmo constante à frente do grupo da frente com os seus companheiros Madouas e Gaudu e a diferença aumentou para 10min10s faltando 72 km para a meta.

Poels venceu o KOM em Montée de Saint-Louis (Km 86) antes de Van Aert e Woods. No Col de Puymorens, o mesmo top 3 passou em uma ordem diferente: Van Aert, Poels, Woods. Quintana venceu no Port d’Envalira e seguiu sozinho depois de conquistar o máximo de 10 pontos.

Poels é o novo líder da classificação de montanha

“Eu sabia que cada escalada contaria para a classificação das montanhas, então eu tinha que buscar os pontos. No geral, foi um bom dia. Mas ainda temos mais algumas etapas pela frente. Obviamente, será uma grande batalha pela camisa das montanhas”, disse Poels, o novo dono da camisa de bolinhas vermelhas.

Poels lidera com 74 pontos, com Michael Woods em 2º, com 66 pontos e Quintana em 3º, com 64 pontos.

Nas alturas da 15ª etapa

Um grupo com 17 assumiu a ponta na descida enquanto o grupo do camisa amarela Tadej Pogacar (UAE Emirates) via Guillaume Martin, então segundo colocado na geral, ficar para trás. No final da etapa, Martin caiu para o 9º lugar; Rigoberto Uran (EF Education-Nippo) recuperou a vice-liderança, a 5min18s, e Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) é o 3º, a 5min32s. A Ineos Grenadiers tentou movimentar a corrida no Port d’Envalira, com um ataque de Carapaz. Mas Pogacar respondeu rapidamente e ainda fez outros ataques de advertência, mostrando a força de sua liderança.

Quintana voltou a atacar no início da subida ao Col de Beixalis, mas foi rapidamente trazido de volta. Gaudu tentou a sorte, Valverde tentou seguir Kuss, mas o norte-americano seguiu sozinho 5 km antes do topo e a descida não modificou o cenário da corrida.

“A etapa de hoje foi muito difícil, especialmente porque era a última da segunda semana deste Tour de France. De qualquer forma, me senti bem e não estava nem um pouco preocupado com a última escalada. Eu só precisava seguir os outros e foi o que fiz. Minha equipe fez um ótimo trabalho me protegendo o dia todo”, disse Pogacar.

TOP 10 DA ETAPA
1 Sepp Kuss (EUA) Jumbo-Visma 05:12:06
2 Alejandro Valverde (Esp) Movistar Team 00:00:23
3 Wout Poels (Hol) Bahrain Victorious 00:01:15
4 Ion Izagirre Insausti (Esp) Astana-Premier Tech 00:01:15
5 Ruben Guerreiro (Por) EF Education-Nippo 00:01:15
6 Nairo Quintana (Col) Team Arkea-Samsic 00:01:15
7 David Gaudu (Fra) Groupama-FDJ 00:01:15
8 Daniel Martin (Irl) Israel Start-up Nation 00:01:22
9 Franck Bonnamour (Fra) B&B Hotels p/b KTM 00:01:22
10 Aurélien Paret Peintre (Fra) AG2R Citroën Team 00:01:22

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 Tadej Pogacar (Slo) UAE Team Emirates 62:07:18
2 Rigoberto Uran (Col) EF Education-Nippo 00:05:18
3 Jonas Vingegaard (Din) Jumbo-Visma 00:05:32
4 Richard Carapaz (Equa) Ineos Grenadiers 00:05:33
5 Ben O’Connor (Aus) AG2R Citroën Team 00:05:58
6 Wilco Kelderman (Hol) Bora-Hansgrohe 00:06:16
7 Alexey Lutsenko (Kaz) Astana-Premier Tech 00:07:01
8 Enric Mas Nicolau (Esp) Movistar Team 00:07:11
9 Guillaume Martin (Fra) Cofidis 00:07:58
10 Pello Bilbao (Esp) Bahrain Victorious 00:10:59

AS CAMISAS
Camisa amarela – classificação geral – Tadej Pogacar (UAE Emirates)
Camisa verde – classificação por pontos – Mark Cavendish (Deceuninck-QuickStep)
Camisa de bolinhas vermelhas – classificação de montanha – Wout Poels (Bahrain Victorious)
Camisa branca – classificação de melhor jovem – Tadej Pogacar (UAE Emirates)
Ciclista mais combativo da etapa – Wout van Aert (Jumbo-Visma)

Próxima etapa
O pelotão tem seu segundo dia de descanso nesta segunda-feira. Na terça-feira, a 16ª etapa terá 169 km entre Pas de la Case e Saint-Gaudens, com muitas subidas no caminho. No percurso estão o Col de Port, o Col de la Core e o Col de Portet d’Aspet antes da chegada plana.

Altimetria da 16ª etapa

AS ETAPAS
Etapa 1 – 26 de junho – Brest – Landerneau – 197,8 km
Etapa 2 – 27 de junho – Perros-Gueirec – Mûr-de-Bretagne – 183,5 km
Etapa 3 – 28 de junho – Lorient – Pontivy – 182,9 km
Etapa 4 – 29 de junho – Redon – Fougeres – 150,4 km
Etapa 5 – 30 de junho – Changé – Laval – 27,2 km contrarrelógio individual
Etapa 6 – 1 de julho – Tours – Chateauroux – 160,6 km
Etapa 7 – 2 de julho – Vierzon – Le Creusot – 249,1 km
Etapa 8 – 3 de julho – Oyonnax – Le Grand-Bornand – 150,8 km
Etapa 9 – 4 de julho – Cluses – Tignes – 144,9 km
Dia de descanso 1
Etapa 10 – 6 de julho – Albertville – Valence – 190,7 km
Etapa 11 – 7 de julho – Sorgues – Malaucene – 198,9 km
Etapa 12 – 8 de julho – St-Paul-Trois – Chateaux Nimes – 159,4 km
Etapa 13 – 9 de julho – Nimes – Carcassonne – 219,9 km
Etapa 14 – 10 de julho – Carcassonne – Quillan – 183,7 km
Etapa 15 – 11 de julho – Céret – Andorre la Vieille – 191,3 km
Dia de descanso 2
Etapa 16 – 13 de julho – Pas de la Case – Saint-Gaudens 169 km
Etapa 17 – 14 de julho – Muret – Saint Lary Soulan-Col du Portet 178,4 km
Etapa 18 – 15 de julho – Pau – Luz Ardiden 129,7 km
Etapa 19 – 16 de julho – Mourenx – Libourne 207 km
Etapa 20 – 17 de julho – Libourne – Saint-Emilion – 30,8 km Contrarrelógio individual
Etapa 21 – 18 de julho – Chatou – Paris-Champs-Élysées 108,4 km

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine

ÚLTIMO KM

MELHORES MOMENTOS