Vuelta 2021: Jakobsen vence a 8ª etapa e retoma a camisa verde

HomeCompetições

Vuelta 2021: Jakobsen vence a 8ª etapa e retoma a camisa verde

Holandês fatura sua segunda vitória na Vuelta 2021; na classificação geral, Roglic segura a camisa vermelha antes de mais uma dura etapa de montanha

Jakobsen vence pela segunda vez na Vuelta 2021

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/Unipublic/Photogomez Sport

O holandês Fabio Jakobsen (Deceuninck-QuickStep) conquistou sua segunda vitória na Volta a Espanha 2021 ao faturar o sprint final da 8ª etapa, neste sábado, no percurso de 173,7 km entre Santa Pola e La Manga del Mar Menor, a quarta e última etapa para velocistas da primeira semana.

 

Jakobsen, que retomou a camisa verde de líder da classificação por pontos, bateu Alberto Dainese (Team DSM) e Jasper Philipsen (Alpecin-Fenix) na chegada, com o tempo de 3h56min05s. O holandês, vale destacar, já havia vencido a 4ª etapa, sua primeira vitória World Tour desde sua grave queda na etapa de abertura do Tour da Polônia de 2020, que o deixou muitos meses fora das disputas em um longo período de recuperação.

“Foi muito especial vencer novamente. Eu não estava me sentindo tão bem esta manhã. Ontem foi uma etapa difícil. Mas a equipe teve fé e estou feliz por terminar. Os últimos 10 km rápidos ao longo da costa foram bem rápidos e a equipe fez um trabalho perfeito”, disse o vencedor.

“Consegui estar em uma boa posição e comecei meu sprint na curva, a 200m da chegada. Era uma questão de ser forte, rápido e chegar na hora certa. Cheguei duas vezes atrasado e desta vez foi perfeito e consegui fazer um sprint completo para a linha. Há dois anos, ganhei duas vezes. Estou extremamente feliz e grato por estar aqui”, completou.

Não houve mudanças na classificação geral, com Primoz Roglic (Jumbo Visma) com a camisa vermelha, com 8 segundos de vantagem sobre Felix Grossschartner (Bora-Hansgrohe) e 25 segundos sobre Enric Mas (Movistar).

“Foi um bom dia, consegui ficar longe de problemas. Amanhã será um grande dia nas montanhas. A equipe está forte, eu estou me sentindo bem e com certeza vamos lutar pela camisa vermelha”, disse Roglic, referindo-se à 9ª etapa, neste domingo, que promete muitas dificuldades, com um percurso com 4.500 metros de escalada acumulada, com o Alto de Cuatro Vientos chegando depois de 75 quilômetros, o longo Collado Venta Luisa no meio da etapa e, em seguida, a subida de 13,2 quilômetros até a chegada no topo do Alto de Velefique.

O camisa vermelha Roglic protegido pela equipe

No percurso da 8ª etapa

A etapa, praticamente plana, começou com a fuga de Ander Okamika (Burgos-BH), Aritz Bagües (Caja Rural-Seguros RGA) e Mikel Iturria (Euskaltel-Euskadi), que chegaram a abrir 3min45s. No sprint intermediário, no Km 104,5, Bagües foi o mais rápido e faturou o prêmio de mais combativo da etapa.

O pelotão, liderado inicialmente pela Deceuninck-Quick Step, e depois pela Apecin-Fenix, começou a acelerar a 100 km da chegada. A vantagem do trio escapado caiu para 1min04s.

A 36 km do final, a Astana-Premier Tech acelerou e dividiu momentaneamente o pelotão em três grupos. De lá até a chegada, as equipes começaram a preparar seus velocistas. Alpecin-Fenix, Team DSM, Groupama-FDJ e Deceuninck-QuickStep avançaram a 7 km da meta.

A 3 km, as equipes BikeExchange e Bora-Hansgrohe também aceleraram, com a equipe alemã juntando-se à Groupama-FDJ na frente. Um quilômetro depois, Carlos Canal (Burgos-BH) tentou escapar, mas foi alcançado após 500 metros. Florian Sénéchal (Deceuninck-QuickStep) assumiu a ponta nas últimas centenas de metros e Jakobsen encontrou uma boa linha para avançar.

TOP 10 DA ETAPA
1 Fabio Jakobsen (Hol) Deceuninck-QuickStep 3:56:05
2 Alberto Dainese (Ita) Team DSM m.t.
3 Jasper Philipsen (Bel) Alpecin-Fenix m.t.
4 Jordi Meeus (Bel) Bora-Hansgrohe m.t.
5 Juan Sebastian Molano (Col) UAE Team Emirates m.t.
6 Itamar Einhorn (Isr) Israel Start-up Nation m.t.
7 Arnaud Demare (Fra) Groupama-FDJ m.t.
8 Michael Matthews (Aus) Team BikeExchange m.t.
9 Martin Laas (Est) Bora-Hansgrohe m.t.
10 Piet Allegaert (Bel) Cofidis m.t.

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 Primoz Roglic (Slo) Jumbo-Visma 29:14:40
2 Felix Grossschartner (Aut) Bora-Hansgrohe 0:00:08
3 Enric Mas Nicolau (Esp) Movistar Team 0:00:25
4 Miguel Angel Lopez Moreno (Col) Movistar Team 0:00:36
5 Jan Polanc (Slo) UAE Team Emirates 0:00:38
6 Egan Bernal Gomez (Col) Ineos Grenadiers 0:00:41
7 Jack Haig (Aus) Bahrain Victorious 0:00:57
8 Sepp Kuss (EUA) Jumbo-Visma 0:00:59
9 Aleksandr Vlasov (Rus) Astana-Premier Tech 0:01:06
10 Adam Yates (GBr) Ineos Grenadiers 0:01:22

AS CAMISAS
Camisa vermelha – líder da classificação geral – Primoz Roglic (Jumbo-Visma)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Fabio Jakobsen (Deceuninck QuickStep)
Camisa de bolinhas azuis – líder da classificação de montanha – Pavel Sivakov (Ineos Grenadiers)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Egan Bernal (Ineos Grenadiers)
Mais combativo da etapa – Aritz Bagües (Caja Rural – RGA Seguros)

Próxima etapa
A primeira semana da Vuelta 2021 termina neste domingo (22 de agosto), com a 9ª etapa, de 188 km, entre Puerto Lumbreras e Velefique. Será um dia difícil nas montanhas no interior de Almería, e certamente um dos trajetos mais difíceis de competição. O percurso conta com 4.500 metros de escalada acumulada, com o Alto de Cuatro Vientos chegando depois de 75 quilômetros, o longo Collado Venta Luisa no meio da etapa e, em seguida, a subida de 13,2 quilômetros até a chegada no topo do Alto de Velefique.

Um dia duro nas montanhas encerra a primeira semana

AS ETAPAS

Etapa 1 – 14 de agosto – Burgos – Burgos (ITT) – 7,1 km
Etapa 2 – 15 de agosto – Calaruega – Burgos – 166,7 km
Etapa 3 – 16 de agosto – Santo Domingo de Silos – Picón Blanco – 202,8 km
Etapa 4 – 17 de agosto – El Burgo de Osma – Molina de Aragón – 163,9 km
Etapa 5 – 18 de agosto – Tarancon – Albacete – 184,4 km
Etapa 6 – 19 de agosto – Requena – Alto de Cullera – 158,3 km
Etapa 7 – 20 de agosto – Gandia – Balcão de Alicante (Puerto de Tibi) – 152km
Etapa 8 – 21 de agosto – Santa Pola – La Manga del Mar Menor – 173,7 km
Etapa 9 – 22 de agosto – Puerto Lumbreras – Velefique – 188 km

Dia de descanso – 23 de agosto

Etapa 10 – 24 de agosto – Roquetas de Mar – Rincon de la Victoria – 189 km
Etapa 11 – 25 de agosto – Antequera – Valdepeñas de Jaén – 133,6 km
Etapa 12 – 26 de agosto – Jaén – Cordoba – 175 km
Etapa 13 – 27 de agosto – Belmez – Villanueva de la Serena – 203,7 km
Etapa 14 – 28 de agosto – Don Benito – Pico de Villuercas – 165,7km
Etapa 15 – 29 de agosto – Navalmoral de la Mata – El Barraco – 197,5 km

Dia de descanso – 30 de agosto

Etapa 16 – 31 de agosto – Laredo – Santa Cruz de Bezana – 180 km
Etapa 17 – 1 de setembro – Unquera – Lagos de Covadonga – 185,8 km
Etapa 18 – 2 de setembro – Salas – Altu d’El Gamoniteiru – 162, 6 km
Etapa 19 – 3 de setembro – Tapia – Monforte de Lemos – 191,2 km
Etapa 20 – 4 de setembro – Sanxenxo – Mos Herville Castro – 202,2 km
Etapa 21 – 5 de setembro – Padrón – Santiago de Compostela (ITT) – 33,8 km

LEIA MAIS
Volta a Espanha no Bikemagazine

VÍDEOS

ÚLTIMO KM

DESTAQUES