Vuelta 2021: Philipsen vence 2ª etapa; Roglic segura liderança

HomeCompetições

Vuelta 2021: Philipsen vence 2ª etapa; Roglic segura liderança

Primeira chegada em sprint teve queda a 4 km da meta, que dividiu o pelotão; Roglic lidera com 4 segundos de vantagem sobre Aranburu

Chegada em sprint na 2ª etapa da Vuelta

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

Jasper Philipsen (Alpecin-Fenix) venceu a 2ª etapa da Volta a Espanha neste domingo (15 de agosto), que percorreu 166,7 km entre Calaruega e Burgos. O belga bateu no sprint Fabio Jakobsen (Deceuninck-QuickStep) e Michael Matthews (BikeExchange). Com a vitória, Phlipsen conquistou a liderança da classificação por pontos.

“Foi incrível. Ontem escrevi no chat da nossa equipe que com certeza vencer a etapa seria um sonho. Acho que é um verdadeiro esforço de equipe e é ótimo vencer o primeiro sprint da Vuelta. Confiei na equipe e acho que fizemos um bom trabalho. Agora podemos continuar e tentar mais vitórias”, comemorou o vencedor.

 

O esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma), que venceu a etapa de abertura, um contrarrelógio de 7,1 km em Burgos, terminou a etapa em segurança e manteve a camisa vermelha de líder da classificação geral, mas perdeu 2 segundos de vantagem e agora lidera com 4 segundos sobre Alex Aranburu (Astana-Premier Tech), que terminou a etapa em 5º.  Matthews, que estava em 9º na geral, a 14 segundos, subiu para  3º lugar, a 10 segundos.

Sobre a próxima etapa, a primeira para escaladores, o esloveno declarou: “Não sei nada sobre a chegada, vamos ver no final do dia como terá sido e se vou gostar.”

Pidcock, Roglic e Carapaz, que conquistaram o ouro em Tóquio, na largada

Percurso plano no segundo dia da Vuelta

A etapa deste domingo era plana e a expectativa de ventos cruzados não se concretizou. O dia foi tranquilo no pelotão. Na marca dos 50 km para o final o pelotão aumentou o ritmo e alcançou os escapados, Diego Rubio (Burgos-BH), Sergio Román Martín (Caja Rural-Seguros RGA) e Xabier Azparren (Euskaltel-Euskadi). Rubio, que levou o prêmio de mais combativo da etapa, ainda resistiu e foi o último a ser alcançado, a pouco mais de 20 km do final.

A 4,3 quilômetros da linha de chegada, uma queda dividiu o pelotão depois que três ciclistas da Bora-Hansgrohe tocaram rodas. Entre os que ficaram na queda e perderam tempo estava Adam Yates (Ineos Granadiers), que chegou a 38 segundos.

TOP 10 DA ETAPA
1 Jasper Philipsen (Bel) Alpecin-Fenix 3:58:57
2  Fabio Jakobsen (Hol) Deceuninck-Quick-Step m.t.
3 Michael Matthews (Aus) BikeExchange m.t.
4 Juan Sebastián Molano (Col) UAE Team Emirates m.t.
5 Alex Aranburu (Esp) Astana – Premier Tech m.t.
6 Jon Aberasturi (Esp) Caja Rural – Seguros RGA m.t.
7 Martin Laas (Est) Bora-Hansgrohe m.t.
8 Riccardo Minali (Ita) Intermarché – Wanty – Gobert m.t.
9 Florian Vermeersch (Bel) Lotto-Soudal m.t.
10 Piet Allegaert (Bel) Cofidis m.t.

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 Primoz Roglic (Slo) Jumbo-Visma 4:07:29
2 Alex Aranburu Deba (Esp) Astana-Premier Tech 0:00:04
3 Michael Matthews (Aus) Team BikeExchange 0:00:10
4 Josef Cerny (Cze) Deceuninck-QuickStep m.t.
5 Dylan van Baarle (Hol) Ineos Grenadiers 0:00:11
6 Andrea Bagioli (Ita) Deceuninck-QuickStep 0:00:12
7 Aleksandr Vlasov (Rus) Astana-Premier Tech 0:00:14
8 Jan Polanc (Slo) UAE Team Emirates 0:00:15
9 Sepp Kuss (EUA) Jumbo-Visma m.t.
10 Chad Haga (EUA) Team DSM 0:00:17

AS CAMISAS
Camisa vermelha – líder da classificação geral – Primoz Roglic (Jumbo-Visma)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Jasper Philipsen (Alpcin-Fenix)
Camisa de bolinhas azuis – líder da classificação de montanha – Sepp Kuss (Jumbo-Visma)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Andrea Bagioli (Deceuninck-QuickStep)
Mais combativo da etapa – Diego Rubio Hernandez (Burgos-BH)

Próxima etapa
A 3ª etapa da Vuelta, nesta segunda-feira (16 de agosto), com 202,8 km, entre Santo Domingo de Silos e Picón Blanco (categoria 1), será a primeira oportunidade para os escaladores, com um final exigente com uma subida de 7,6 km com média de 9% de inclinação, mas com trechos que chegam aos 17%. A estrada até o alto do Picón Blanco, que foi recentemente pavimentada, não oferece momentos de recuperação.

A 3ª etapa será o primeiro desafio dos escaladores

AS ETAPAS

Etapa 1 – 14 de agosto – Burgos – Burgos (ITT) – 7,1 km
Etapa 2 – 15 de agosto – Calaruega – Burgos – 166,7 km
Etapa 3 – 16 de agosto – Santo Domingo de Silos – Picón Blanco – 202,8 km
Etapa 4 – 17 de agosto – El Burgo de Osma – Molina de Aragón – 163,9 km
Etapa 5 – 18 de agosto – Tarancon – Albacete – 184,4 km
Etapa 6 – 19 de agosto – Requena – Alto de Cullera – 158,3 km
Etapa 7 – 20 de agosto – Gandia – Balcão de Alicante (Puerto de Tibi) – 152km
Etapa 8 – 21 de agosto – Santa Pola – La Manga del Mar Menor – 173,7 km
Etapa 9 – 22 de agosto – Puerto Lumbreras – Velefique – 188 km

Dia de descanso – 23 de agosto

Etapa 10 – 24 de agosto – Roquetas de Mar – Rincon de la Victoria – 189 km
Etapa 11 – 25 de agosto – Antequera – Valdepeñas de Jaén – 133,6 km
Etapa 12 – 26 de agosto – Jaén – Cordoba – 175 km
Etapa 13 – 27 de agosto – Belmez – Villanueva de la Serena – 203,7 km
Etapa 14 – 28 de agosto – Don Benito – Pico de Villuercas – 165,7km
Etapa 15 – 29 de agosto – Navalmoral de la Mata – El Barraco – 197,5 km

Dia de descanso – 30 de agosto

Etapa 16 – 31 de agosto – Laredo – Santa Cruz de Bezana – 180 km
Etapa 17 – 1 de setembro – Unquera – Lagos de Covadonga – 185,8 km
Etapa 18 – 2 de setembro – Salas – Altu d’El Gamoniteiru – 162, 6 km
Etapa 19 – 3 de setembro – Tapia – Monforte de Lemos – 191,2 km
Etapa 20 – 4 de setembro – Sanxenxo – Mos Herville Castro – 202,2 km
Etapa 21 – 5 de setembro – Padrón – Santiago de Compostela (ITT) – 33,8 km

LEIA MAIS
Volta a Espanha no Bikemagazine

VEJA VÍDEOS

ÚLTIMO KM

DESTAQUES