Vuelta 2021: Roglic vence o contrarrelógio de abertura

HomeCompetições

Vuelta 2021: Roglic vence o contrarrelógio de abertura

Esloveno que conquistou o título de campeão olímpico de crono em Tóquio vence com 6 segundos de vantagem e é o primeiro líder

Roglic é o primeiro líder da Vuelta 2021

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

O esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma) venceu a etapa de abertura da Volta a Espana 2021, que começou neste sábado (14 de agosto) com um contrarrelógio de 7,1 km em Burgos. Roglic, campeão olímpico de crono nos Jogos de Tóquio e bicampeão da Vuelta (2019-2020), foi o último a largar e marcou o tempo de 8min32s.

O espanhol Alex Aranburu (Astana-PremierTech), que passou a maior parte do dia com o melhor tempo, encerrou na 2ª colocação, a 6 segundos. O também esloveno Jan Tratnik (Bahrain Victorious) foi o 3º, a 8 segundos.

 

“Estou muito satisfeito com o resultado de hoje. Foram apenas sete quilômetros, mas sete quilômetros muito duros”, disse o esloveno, que estreou sua nova bike de crono Cervelo dourada, em alusão ao ouro olímpico. No ano passado, Roglic também teve sucesso imediato no primeiro dia da Vuelta. “Este é outro grande começo. Espero poder aproveitar.”

A maioria dos favoritos para a camisa vermelha de líder da classificação geral terminaram entre 14s e 30s atrás de Roglic. O colombiano Egan Bernal (Ineos Grenadiers) encerrou a 26 segundos.

Alex Aranburu, que ficou a maior parte da etapa com o melhor tempo, encerrou em 2º

O contrarrelógio de abertura da 76ª edição da Vuelta começou e terminou na catedral de 800 anos no centro histórico de Burgos, cidade que recebe o início da corrida pela primeira vez. Os ciclistas desceram uma rampa construída sobre os degraus da catedral gótica e entraram no percurso técnico, que tinha uma subida de categoria 3 de 2,5 km. A organização deu à equipe anfitriã, Burgos-BH, a honra de abrir a disputa.

O primeiro tempo relevante foi estabelecido pelo basco Omar Fraile (Astana-Premier Tech), que parou o cronômetro na Plaza de Santa María com o tempo de 8min55s. Depois, o melhor tempo ficou com o britânico Adam Yates (Ineos Grenadiers), com 8min52s. Mas Yates logo foi superado por seu colega de equipe Dylan Van Baarle, que marcou 8min43s. A liderança virtual voltou para a Astana com Aranburu, que só foi derrotado por Roglic.

Na classificação das camisas, Sepp Kuss, companheiro de equipe de Roglic, conquistou a liderança da classificação de montanha após registrar o tempo parcial mais rápido no topo da única subida categorizada.

Roglic foi o último a largar

TOP 10 DA ETAPA 1
1 Primoz Roglic (Slo) Jumbo-Visma 00:08:32
2 Alex Aranburu Deba (Esp) Astana-Premier Tech 00:00:06
3 Jan Tratnik (Slo) Bahrain Victorious 00:00:08
4 Tom Scully (NZl) EF Education-Nippo 00:00:10
5 Josef Cerny (Tche) Deceuninck-QuickStep
6 Dylan van Baarle (Hol) Ineos Grenadiers 00:00:11
7 Andrea Bagioli (Ita) Deceuninck-QuickStep 00:00:12
8 Lawson Craddock (EUA) EF Education-Nippo 00:00:13
9 Michael Matthews (Aus) Team BikeExchange 00:00:14
10 Aleksandr Vlasov (Rus) Astana-Premier Tech

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 Primoz Roglic (Slo) Jumbo-Visma 00:08:32
2 Alex Aranburu Deba (Esp) Astana-Premier Tech 00:00:06
3 Jan Tratnik (Slo) Bahrain Victorious 00:00:08
4 Tom Scully (NZl) EF Education-Nippo 00:00:10
5 Josef Cerny (Tche) Deceuninck-QuickStep
6 Dylan van Baarle (Hol) Ineos Grenadiers 00:00:11
7 Andrea Bagioli (Ita) Deceuninck-QuickStep 00:00:12
8 Lawson Craddock (EUA) EF Education-Nippo 00:00:13
9 Michael Matthews (Aus) Team BikeExchange 00:00:14
10 Aleksandr Vlasov (Rus) Astana-Premier Tech

MELHORES MOMENTOS

Próxima etapa
A 2ª etapa da Vuelta, neste domingo (15 de agosto), terá 166,7 km entre Calaruega e Burgos e será a primeira oportunidade dos velocistas.

Altimetria da 2ª etapa

AS ETAPAS

Etapa 1 – 14 de agosto – Burgos – Burgos (ITT) – 7,1 km
Etapa 2 – 15 de agosto – Calaruega – Burgos – 166,7 km
Etapa 3 – 16 de agosto – Santo Domingo de Silos – Picón Blanco – 202,8 km
Etapa 4 – 17 de agosto – El Burgo de Osma – Molina de Aragón – 163,9 km
Etapa 5 – 18 de agosto – Tarancon – Albacete – 184,4 km
Etapa 6 – 19 de agosto – Requena – Alto de Cullera – 158,3 km
Etapa 7 – 20 de agosto – Gandia – Balcão de Alicante (Puerto de Tibi) – 152km
Etapa 8 – 21 de agosto – Santa Pola – La Manga del Mar Menor – 173,7 km
Etapa 9 – 22 de agosto – Puerto Lumbreras – Velefique – 188 km

Dia de descanso – 23 de agosto

Etapa 10 – 24 de agosto – Roquetas de Mar – Rincon de la Victoria – 189 km
Etapa 11 – 25 de agosto – Antequera – Valdepeñas de Jaén – 133,6 km
Etapa 12 – 26 de agosto – Jaén – Cordoba – 175 km
Etapa 13 – 27 de agosto – Belmez – Villanueva de la Serena – 203,7 km
Etapa 14 – 28 de agosto – Don Benito – Pico de Villuercas – 165,7km
Etapa 15 – 29 de agosto – Navalmoral de la Mata – El Barraco – 197,5 km

Dia de descanso – 30 de agosto

Etapa 16 – 31 de agosto – Laredo – Santa Cruz de Bezana – 180 km
Etapa 17 – 1 de setembro – Unquera – Lagos de Covadonga – 185,8 km
Etapa 18 – 2 de setembro – Salas – Altu d’El Gamoniteiru – 162, 6 km
Etapa 19 – 3 de setembro – Tapia – Monforte de Lemos – 191,2 km
Etapa 20 – 4 de setembro – Sanxenxo – Mos Herville Castro – 202,2 km
Etapa 21 – 5 de setembro – Padrón – Santiago de Compostela (ITT) – 33,8 km

LEIA MAIS
Volta a Espanha no Bikemagazine

ÚLTIMO KM