Van der Poel renova com a Alpecin-Fenix até 2025

HomeCiclismo

Van der Poel renova com a Alpecin-Fenix até 2025

Holandês, que sofre com dores nas costas, foi confirmado em prova de um dia na Bélgica neste domingo para avaliar sua recuperação

Van der Poel com a camisa amarela no Tour de France 2021

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

Mathieu van der Poel confirmou que estendeu seu contrato com a equipe Alpecin-Fenix até o final de 2025. O holandês, que integra o time há uma década, continuará a disputar provas de MTB, ciclismo de estrada e ciclocross.

“Estou muito feliz por ter assinado este contrato de longo prazo com uma equipe que parece minha segunda família. A equipe tem se desenvolvido de forma fantástica nos últimos anos – simultaneamente com o progresso que tenho feito – e ainda está ficando melhor e mais forte a cada ano”, afirmou.

 

“Os últimos dez anos com o Mathieu têm sido uma trajetória incrível. Depois de tanto tempo, tudo se torna muito familiar. Acho que cumprimos alguns elementos essenciais para ele hoje: o esportivo e o aspecto financeiro. Nossa ambição era crescer como equipe. O desenvolvimento de Mathieu tem sido uma alavanca e, por outro lado, seu crescimento nos obrigou a fazê-lo. As opções eram parar ou expandir. Em 2019, nos tornamos uma equipe profissional e , enquanto isso, evoluímos para as dez melhores equipes do mundo, eu acho”, afirmou Christoph Roodhooft, co-manager da Alpecin-Fenix, que classifica o ciclista como um dos “pilares da nossa equipe”.

Queda de Van der Poel em Tóquio

O holandês ainda é dúvida no Mundial de Ciclismo de Estrada entre os dias 19 a 26 de setembro em Flanders, na Bélgica, e na Paris-Roubaix, que, por causa da pandemia foi remarcada e será dia 3 de outubro. Van der Poel ainda sente fortes dores nas costas, que começaram em maio e pioraram depois da queda em Tóquio. Ele, inclusive, desistiu de disputar o Mundial de MTB (lembre aqui).

Mas, nesta segunda-feira (6 de setembro), a equipe anunciou que o ciclista está confirmado na prova de um dia Antwerp Port Epic, em Antuérpia, na Bélgica, neste domingo, que vai ajudar a entender quais são suas reais condições para continuar a temporada.

Van der Poel, que em 2021 venceu uma etapa em sua estreia no Tour de France e vestiu a camisa amarela de líder, conquistou o Mundial de Ciclocross pela quarta vez e venceu duas etapas do XCO na Copa do Mundo MTB, quer esquecer seu tombo no mountain bike dos Jogos de Tóquio e já está com os Jogos Olímpicos de Paris 2024 no foco. “Vou combinar ciclismo de estrada, ciclocross e mountain bike até as próximas Olimpíadas”, garante.

LEIA MAIS
Mathieu van der Poel no Bikemagazine