Vuelta 2021: Primoz Roglic vence crono final e é tricampeão

HomeCompetições

Vuelta 2021: Primoz Roglic vence crono final e é tricampeão

Esloveno campeão olímpico de contrarrelógio em Tóquio conquista a Vuelta pelo terceiro ano seguido depois de uma crono imbatível em Santiago de Compostela

Roglic em Santiago de Compostela

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/Unipublic/Photogomez Sport

O esloveno Primoz Roglic (Jumbo Visma) venceu neste domingo (5 de setembro) a etapa final da Volta a Espanha e conquistou seu terceiro título de campeão da classificação geral. Depois de faturar as edições da Vuelta de 2019 e 2020, Roglic, medalha de ouro nos Jogos de Tóquio no contrarrelógio, confirmou o favoritismo e coroou sua jornada com uma crono imbatível na icônica Plaza del Obradoiro, em Santiago de Compostela ao marcar o tempo de 44min02s no percurso de 33,8 km.

O dinamarquês Magnus Cort Nielsen (EF Education-Nippo) ficou com o 2º lugar na etapa, a 14 segundos, e o holandês Thymen Arensman (Team DSM) foi o 3º, a 52 segundos.

Na classificação geral, Roglic encerrou a Vuelta com vantagem de 4min42s sobre o espanhol Enric Mas (Movistar) e 7min40s sobre o australiano Jack Haig (Bahrain Victorious), 2º e 3º colocados. Vale lembrar que, em 2019, Roglic venceu a competição com 2min33s sobre Alejandro Valverde e, em 2020, com 24 segundos sobre Richard Carapaz.

“É inacreditável, é uma loucura. Às vezes você ganha por muito, às vezes por muito pouco. Mas, desde que você possa vencer, é bom. Não estou focando em números e estatísticas, apenas gosto de fazer o meu melhor”, declarou o tricampeão, quarto ciclista na história a vencer a Vuelta três vezes, depois de Tony Rominger, Roberto Heras e Alberto Contador.

Roglic encerra Vuelta com mais de 4 minutos de vantagem

“Foi um dia muito bom e foram três semanas muito boas, então estou feliz por mim e pelos meus companheiros. Foi uma crono difícil, mesmo assim, gostei. Tentei me concentrar na vitória”, completou.

Jakobsen vence classificação por pontos em um retorno triunfal após queda

Na classificação das camisas, a camisa verde de líder da classificação por pontos ficou com Fabio Jakobsen (Deceuninck QuickStep), que teve um retorno triunfal após sua grave queda no Tour da Polônia do ano passado e encerrou a Vuelta com três vitórias em etapas.

A camisa de bolinhas azuis da classificação de montanha terminou com Michael Storer (Team DSM) e a camisa branca de melhor jovem ficou com Gino Mäder (Bahrain Victorious). Para o prêmio de ciclista mais combativo da Vuelta 2021 o escolhido foi Magnus Cort. A melhor equipe foi a Bahrain Victorious.

A Vuelta marcou a despedida do italiano Fabio Aru, que anunciou que deixa o pelotão profissional

TOP 10 DA ETAPA FINAL
1 Primoz Roglic (Slo) Jumbo-Visma 0:44:02
2 Magnus Cort (Din) EF Education-Nippo 0:00:14
3 Thymen Arensman (Hol) Team DSM 0:00:52
4 Josef Cerny (Cze) Deceuninck-QuickStep 0:01:16
5 Chad Haga (EUA) Team DSM 0:01:43
6 Egan Bernal Gomez (Col) Ineos Grenadiers 0:01:49
7 Felix Grossschartner (Aut) Bora-Hansgrohe 0:01:52
8 Steven Kruijswijk (Hol) Jumbo-Visma
9 Enric Mas Nicolau (Esp) Movistar Team 0:02:04
10 Ion Izagirre Insausti (Esp) Astana-Premier Tech 0:02:06

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL
1 Primoz Roglic (Slo) Jumbo-Visma 83:55:29
2 Enric Mas Nicolau (Esp) Movistar Team 0:04:42
3 Jack Haig (Aus) Bahrain Victorious 0:07:40
4 Adam Yates (GBr) Ineos Grenadiers 0:09:06
5 Gino Mäder (Sui) Bahrain Victorious 0:11:33
6 Egan Bernal Gomez (Col) Ineos Grenadiers 0:13:27
7 David de la Cruz (Esp) UAE Team Emirates 0:18:33
8 Sepp Kuss (EUA) Jumbo-Visma 0:18:55
9 Guillaume Martin (Fra) Cofidis 0:20:27
10 Felix Grossschartner (Aut) Bora-Hansgrohe 0:22:22

PREMIAÇÃO
Camisa vermelha – líder da classificação geral –Primoz Roglic (Jumbo-Visma)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Fabio Jakobsen (Deceuninck QuickStep)
Camisa de bolinhas azuis – líder da classificação de montanha – Michael Storer (Team DSM)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Gino Mäder (Bahrain Victorious)
Supercombativo – mais combativo da Vuelta 2021 – Magnus Cort Nielsen (EF Education-Nippo)
Melhor equipe – Bahrain Victorious

AS ETAPAS

Etapa 1 – 14 de agosto – Burgos – Burgos (ITT) – 7,1 km
Etapa 2 – 15 de agosto – Calaruega – Burgos – 166,7 km
Etapa 3 – 16 de agosto – Santo Domingo de Silos – Picón Blanco – 202,8 km
Etapa 4 – 17 de agosto – El Burgo de Osma – Molina de Aragón – 163,9 km
Etapa 5 – 18 de agosto – Tarancon – Albacete – 184,4 km
Etapa 6 – 19 de agosto – Requena – Alto de Cullera – 158,3 km
Etapa 7 – 20 de agosto – Gandia – Balcão de Alicante (Puerto de Tibi) – 152km
Etapa 8 – 21 de agosto – Santa Pola – La Manga del Mar Menor – 173,7 km
Etapa 9 – 22 de agosto – Puerto Lumbreras – Velefique – 188 km

Dia de descanso – 23 de agosto

Etapa 10 – 24 de agosto – Roquetas de Mar – Rincon de la Victoria – 189 km
Etapa 11 – 25 de agosto – Antequera – Valdepeñas de Jaén – 133,6 km
Etapa 12 – 26 de agosto – Jaén – Cordoba – 175 km
Etapa 13 – 27 de agosto – Belmez – Villanueva de la Serena – 203,7 km
Etapa 14 – 28 de agosto – Don Benito – Pico de Villuercas – 165,7km
Etapa 15 – 29 de agosto – Navalmoral de la Mata – El Barraco – 197,5 km

Dia de descanso – 30 de agosto

Etapa 16 – 31 de agosto – Laredo – Santa Cruz de Bezana – 180 km
Etapa 17 – 1 de setembro – Unquera – Lagos de Covadonga – 185,8 km
Etapa 18 – 2 de setembro – Salas – Altu d’El Gamoniteiru – 162, 6 km
Etapa 19 – 3 de setembro – Tapia – Monforte de Lemos – 191,2 km
Etapa 20 – 4 de setembro – Sanxenxo – Mos Herville Castro – 202,2 km
Etapa 21 – 5 de setembro – Padrón – Santiago de Compostela (ITT) – 33,8 km

LEIA MAIS
Volta a Espanha no Bikemagazine

VEJA VÍDEOS

ÚLTIMO KM

O CAMPEÃO

DESTAQUES