Gran Piemonte: britânico Matthew Walls vence sprint

HomeCiclismo

Gran Piemonte: britânico Matthew Walls vence sprint

Campeão olímpico no ciclismo de pista na Omnium, Walls, de 23 anos, conseguiu bom posicionamento e surpreendeu os favoritos

Pódio da Gran Piemonte 2021

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

O britânico Matthew Walls (Bora-Hansgrohe) faturou o sprint final da Gran Piemonte, nesta quinta-feira (7 de outubro), com o tempo de 3h34min47s no percurso de 168 km entre Rocca Canavese e Borgosesia. O italiano Giacomo Nizzolo (Qhubeka NextHash) ficou em 2º e o holandês Olav Kooij (Jumbo-Visma) em 3º.

 

Walls, campeão olímpico no ciclismo de pista na prova Omnium, estava bem posicionado enquanto velocistas perdiam terreno por causa de uma rotatória no trecho final. O britânico seguiu a roda do argentino Max Richeze (UAE Emirates) na reta final antes acelerar nos últimos 150m. Nizzolo, que venceu a corrida em 2016, conseguiu se recuperar nos últimos metros, mas Walls, de 23 anos, foi mais rápido.

Kooij, que teve de recuar após uma queda na final, ficou com um impressionante terceiro lugar à frente de Matteo Trentin (UAE Emirates), enquanto o medalhista de prata mundial sub-23 Biniam Ghirmay (Intermarché-Wanty Gobert) ficou em 5º, na frente de Jakub Mareczko (Vini Zabù).

No percurso pelo Piemonte

O campeão europeu e recente vencedor da Paris-Roubaix, Sonny Colbrelli (Bahrain Victorious), não conseguiu se posicionar bem no final, assim como Ethan Hayter (Ineos) e Elia Viviani (Cofidis).

“Estavam todos lá no final, vi minha oportunidade e fui em frente”, disse Walls, que concordou que suas habilidades na pista o ajudaram a escolher seu caminho no pelotão na final. “Foi uma chegada agitada, houve algumas quedas ou algo assim, mas acho que ajudou muito ser capaz de me posicionar bem no grupo.”

“A vitória me mostrou que posso ter um desempenho de alto nível na estrada”, disse Walls. “Eu sabia que poderia fazer isso na pista depois das Olimpíadas. Então, é bom poder fazer isso na estrada também.”

Nizzolo lamentou a segunda colocação. “Terminar em segundo é sempre uma pena. Estou um pouco decepcionado. Mas ganhou o mais forte e mais rápido. Esta foi a minha última corrida do ano. Felizmente hoje tivemos um lindo dia, posso dizer que foi uma boa temporada e estou ansioso para o próximo ano.”

TOP 10
1 Matthew Walls (GBr) Bora-Hansgrohe 3:34:47
2 Giacomo Nizzolo (Ita) Qhubeka NextHash m.t.
3 Olav Kooij (Ned) Jumbo-Visma m.t.
4 Matteo Trentin (Ita) UAE Team Emirates m.t.
5 Biniam Girmay (Eri) Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux m.t.
6 Jakub Mareczko (Ita) Vini Zabu’ Brado KTM m.t.
7 Riccardo Minali (Ita) Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux m.t.
8 Arvid de Kleijn (Ned) Rally Cycling m.t.
9 Amaury Capiot (Bel) Team Arkea-Samsic m.t.
10 Stefano Oldani (Ita) Lotto Soudal m.t.

A CHEGADA