Paris-Roubaix: com vitória solo, Lizzie Deignan é a 1ª campeã

HomeCompetições

Paris-Roubaix: com vitória solo, Lizzie Deignan é a 1ª campeã

Britânica ataca antes do primeiro dos 17 trechos de pavé, abre vantagem e coloca seu nome na história como a primeira campeã da Paris-Roubaix Femmes

Lizzie Deignan na vitória histórica no velódromo em Roubaix

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

Com uma vitória solo, a britânica Lizzie Deignan (Trek-Segafredo) colocou seu nome nos livros de história do ciclismo ao vencer a primeira edição da Paris-Roubaix Femmes, a Paris-Roubaix das mulheres, neste sábado (2 de outubro). “Estou muito emocionada, tão feliz. Nem posso acreditar que aconteceu”, comemorou. “O ciclismo feminino está em um ponto de virada e hoje fiz parte da história. Somos muito gratas a todos nos bastidores, a todos os fãs que assistem, provando que há apetite pelo ciclismo feminino e que as atletas podem fazer corridas mais difíceis. Estou orgulhosa de poder dizer que sou a primeira vencedora.”

A prova teve largada em Denain, com percurso de 116,4 km, dos quais 29,2 km em 17 trechos de paralelepípedos, sendo os últimos 85 km iguais ao da disputa do masculino.

Deignan atacou a 82,5 quilômetros da meta, pouco antes do primeiro dos 17 trechos de pavé, os temidos paralelepípedos, e abriu vantagem de até 2min40s minutos enquanto o pelotão gradualmente se desintegrava nas pedras atrás dela.

A britânica contou que atacar e ir embora não estava nos planos. “Eu precisava estar na frente antes do primeiro trecho de paralelepípedos para proteger minhas líderes. Olhei para trás após as primeiras pedras e vi que havia uma vantagem. Então pensei que se eu estivesse na frente, elas teriam que me perseguir, então continuei.”

Ciclismo feminino estreia no pavé da Paris-Roubaix

Lizzie Deignan atacou antes do primeiro dos 17 trechos de paralelepípedos

Um grupo de perseguição se formou, mas Deignan parecia imbatível. Na marca dos 20 km para a chegada, a britânica estava 2min16s na frente. A holandesa Marianne Vos (Jumbo-Visma), que estava no grupo, acelerou no trecho Carrefour de l’Arbre e conseguiu reduzir a vantagem para 1min17s no final do trecho Gruson, a 14,8 km da chegada.

Mas Deignan reagiu e, no final do último trecho de pavé, a 6,8 quilômetros da chegada, ela ainda estava 1min14s à frente. A britânica seguiu sozinha e sem contratempos até a chegada no histórico velódromo de Roubaix, comemorando a vitória antes mesmo de Vos entrar na pista. A italiana Elisa Longo Borghini, colega de equipe de Deignan na Trek-Segafredo, foi a 3ª, a 1min47s.

Pódio da 1ª Paris-Roubaix Femmes

TOP 10
1 Elizabeth Deignan (GBr) Trek-Segafredo 2:56:07
2 Marianne Vos (Hol) Jumbo-Visma Women Team 0:01:17
3 Elisa Longo Borghini (Ita) Trek-Segafredo 0:01:47
4 Lisa Brennauer (Ale) Ceratizit-WNT Pro Cycling Team 0:01:51
5 Marta Bastianelli (Ita) Ale’ BTC Ljubljana 0:02:10
6 Emma Norsgaard (Din) Movistar Team Women m.t.
7 Franziska Koch (Ale) Team DSM m.t.
8 Audrey Cordon Ragot (Fra) Trek-Segafredo m.t.
9 Marta Cavalli (Ita) FDJ Nouvelle-Aquitaine Futuroscope m.t.
10 Chantal van den Broek-Blaak (Hol) Team SD Worx m.t.

LEIA MAIS
Reportagens sobre a Paris-Roubaix no Bikemagazine

ÚLTIMO KM