Brasileiro de MTB: Avancini vence XCO e confessa: preciso de férias

HomeCompetições

Brasileiro de MTB: Avancini vence XCO e confessa: preciso de férias

Luiz Cocuzzi e José Gabriel terminam em 2º e 3º a disputa em Mairiporã; na Elite feminino, a nova campeã brasileira é Karen Olímpio

Avancini na vitória em Mairiporã Foto: Alemão Silva

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) confirmou o favoritismo e conquistou, na tarde desta terça-feira (2 de novembro), em Mairiporã (SP), o título de campeão brasileiro de MTB XCO pela 16ª vez, a 7ª vez na Elite. “Muito feliz com mais um título brasileiro. Enquanto eu estiver ativo quero ter essa bandeira no peito”, disse Avancini, que, no domingo, venceu pelo segundo ano seguido o título nacional do short track (relembre aqui).

Na Elite masculino, 29 disputaram a prova com cinco voltas no circuito de 4.810 metros com 180 metros de altimetria em cada volta. Avancini venceu com o tempo de 1h19min35s. Luiz Henrique Cocuzzi (4Fun) ficou em 2º, a 1min01s, e José Gabriel (Oggi) em 3º, a 2min08s.

Parada rápida para trocar a roda traseira

Avancini teve problemas no freehub de sua roda e parou para troca da roda traseira na área de apoio mecânico. Mesmo com a perda de 50 segundos voltou à corrida na liderança e abriu a volta final com uma vantagem de 50 segundos sobre Cocuzzi e 1min41s sobre José Gabriel e 2min13s sobre Edson Rezende.

Luiz Cocuzzi terminou na segunda colocação

“A prova foi pesada para mim. Quando me coloquei à frente na terceira volta minha ideia foi dar uma minada nos adversários. Acho que os caras perderam uma grande oportunidade hoje. Estou muito cansado. Eu preciso de férias. Eu me senti ameaçado pelos caras para conseguir cutucar no fundo da alma e voltar a andar como eu mesmo. Acho que fiz umas duas voltas decentes hoje. Espero que enquanto eu tiver ativo nesta vida espero ter esta bandeira no peito”, afirmou Avancini, que conquistou seu 19º título nacional – além dos 16 no cross country olímpico (XCO), Avancini é bicampeão do short track (XCC) e campeão brasileiro de MTB marathon (XCM).

Avancini na passagem pelo rock garden

“Logo no começo da prova senti um problema na roda e fiquei com medo de estourar a corrente. Construí uma vantagem para conseguir parar e trocar. Consegui aumentar a diferença antes da parada e ainda sair em primeiro. Talvez desse para seguir direto, mas não podia arriscar arrebentar a corrente longe do ponto de troca. Às vezes pequenos problemas nos obrigam a tomar decisões estratégicas”, explicou.

Avancin encerra a temporada 2021

A temporada 2021 está encerrada para Avancini, que agora só volta a competir oficialmente em 2022. O próximo ano marcará a estreia do Brasil em uma prova da Copa do Mundo de MTB. A competição ocorrerá em Petrópolis, cidade de Avancini.

“Foi uma temporada duríssima para mim, com alguns grandes desafios, principalmente fora das pistas. Preciso descansar e cuidar de questões de saúde, preciso investir em minha família. Fico feliz em terminar a temporada internacional em alta. Este ano percebi o quão absurdo eu vinha fazendo nos últimos anos de competir mais que os caras, fazer uma temporada mais longa que os caras, viajar mais que os caras e ainda bater de frente com qualquer atleta no mundo. Foi assim em 2018, 2019 e em 2020 também. Percebi que agora preciso otimizar minhas forças se eu quiser continuar brigando em provas lá fora. A experiência bateu na porta já. Tenho menos cartuchos para gastar e preciso gastar com sabedoria. ”

Gustavo Xavier e Alex Malacarne, da Sub 23

Gustavo Xavier venceu na Sub 23 Foto: Luis Claudio Antunes/CBC

Na categoria Sub 23, o ritmo foi tão forte que um dos favoritos, Gustavo Xavier (Specialized Brasil), alcançou o quarto colocado da Elite na quarta volta. Xavier venceu a disputa, com o colega Alex Malacarne (Trinity Racing) em 2º. O 3º colocado foi Marcelo Junior. “Foi o Brasileiro mais difícil da minha vida, o Alex estava muito forte. Acabei de ficar sabendo que fizemos a volta mais rápida da pista”, contou Xavier. Malacarne teve uma quebra de corrente no final da penúltima volta.

Veja o replay aqui

OS 10 PRIMEIROS DA ELITE
1 – Henrique Avancini – Cannondale Factory Racing – 1h19min35s
2 – Luiz Henrique Cocuzzi – 4Fun – a 1min01s
3 – José Gabriel – Squadra Oggi – a 2min08s
4 – Edson Rezende – Caloi Henrique Avancini – a 2min50s
5 – Ulan Galinski – Caloi Henrique Avancini – a 3min03s
6 – Kennedi Lago – Sel. Castro Alves-Audax – a 3min39s
7 – Guilherme Muller – Caloi Henrique Avancini – a 4min41s
8 – Sherman Trezza – Hoffmann Racing-Taubaté Sport – a 5min26s
9 – Nicolas Machado – Trinix Brasil Racing Team – a 6min06
10 – Mario Couto – Sense Factory Racing – a 6min27s

Karen Olímpio, nova campeã brasileira de XCO e XCC

Elite feminino
Na Elite feminino, a vencedora foi Karen Olímpio (Audax), que já tinha conquistado o título nacional do short track (XCC) no domingo. “Eu consegui entregar tudo hoje e anteontem”, disse a nova campeã brasileira de MTB XCO, que tem como objetivo conquistar uma vaga para disputar os Jogos Olímpicos de Paris-2024. “Foram muitos aprendizados até chegar aqui, mas tudo acabou dando certo. É o sonho de qualquer atleta vencer o campeonato brasileiro, e agora vou carregar essa bandeira no peito com muito orgulho”, completou.

Na primeira volta, Hercilia Najara (TSW Racing) largou forte, seguida de perto por Karen Olímpico, Isabella Lacerda e Letícia Cândido (Specialized Brasil), com Raiza Goulão (Oggi) um pouco atrás. Na primeira subida, Isabella acelerou e apenas Karen Olímpio acompanhou. Hercilia Najara e Letícia Cândido estavam a 15 segundos.

Na segunda volta, Isabella ficou para trás e Karen Olímpio, na ponta, completou a terceira volta na ponta, com 50 segundos de vantagem. Na quarta e última volta, a atleta manteve a vantagem e conquistou vitória solo. Letícia Cândido terminou em 2º lugar e Isabella Lacerda foi a 3ª colocada.

Na Sub 23 Marcela Lima comemorou o bicampeonato.

Mais categorias
Nas categorias de base, os campeões da Junior foram Giuliana Morgen e Eiki Leoncio. Isabela Ribeiro e Gustavo Nogueira venceram na Infantojuvenil, enquanto Gabriela Ferola e Otavio Queiroz conquistaram a medalha de ouro na Juvenil.

Na Master feminino, venceram Fabiana Brandão, na Master A, Juliane Giuseppin, na Master B, e Renata de Souza, na Master C. Já na prova masculina, Gelson Fernandes venceu na Master A1, Divonei dos Santos na A2, Hugo Prado na B1 e Leandro Rambo na B2. Claudio Roberto conquistou o ouro na C1, Eduardo Ramires venceu na C2 e Larry Pereira na D1. Hermes Santana foi o primeiro na D2 e Alisson Rafael foi o campeão na Sub30.

LEIA MAIS
Campeonato Brasileiro de MTB no Bikemagazine