Brasil Ride: José Dias e Marcella Toldi vencem o XCO da penúltima etapa

HomeBrasil Ride

Brasil Ride: José Dias e Marcella Toldi vencem o XCO da penúltima etapa

Hans Becking e José Dias seguem na liderança geral; prova termina neste sábado

José Dias à frente de Gustavo Xavier na trilha – Foto Ney Evangelista

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

A sexta e penúltima etapa da ultramaratona Brasil Ride foi realizada nesta sexta-feira (12), em Arraial d’Ajuda, em Porto Seguro. No tradicional circuito do cross country olímpico, os ciclistas correm individualmente e, após a disputa, cada equipe tem somados os tempos dos atletas para que a média defina o tempo final.

Entre os homens, a vitória foi do português José Dias, que, ao lado do holandês Hans Becking, administram uma vantagem de quase 20 minutos sobre os brasileiros Edson Rezende e Ulan Galinski. No feminino, Marcella Toldi fez valer sua experiência e completou as 4 voltas em 1h34min39s.

“Logo após a primeira volta, Gustavo e eu abrimos uma pequena vantagem e rodamos boa parte da corrida juntos e, no final, forcei mais um pouco e consegui a vitória no individual da etapa. Estou muito contente. Parabéns aos meninos da Specialized, que fazem uma grande corrida”, disse José Dias, que concluiu a prova de 31,7km em 1h13min57s.

José Dias na passagem pela arena – Foto Mario Jordany

“Neste sábado tentaremos ter um dia tranquilo e vamos buscar saborear ao máximo esta camiseta de líder. O objetivo é fechar com chave de ouro este ano que está sendo incrível para mim, e também para o Hans”, finalizou Dias.

Estreantes na terceira colocação
Os estreantes Gustavo Xavier e Alex Malacarne mostraram nesta sexta-feira que não sentiram o peso da estreia na ultramaratona. Após cinco dias duros, os jovens atletas da Specialized Racing BR que ocupam a terceira colocação na classificação geral (a quase 22 minutos) se destacaram ao dividir o pódio com o experiente ciclista português, que há pouco mais de um mês foi bronze no Campeonato Mundial de Maratona.

Gustavo Xavier foi o segundo colocado na etapa – Foto Marcelo Maragni

“Prova bacana, comigo e o José abrindo uma distância dos demais e pedalando juntos basicamente o tempo todo. O clima nos castigou, porque estava bem quente. Nas subidas, então, ficava bem abafado para nós. Ele mereceu a vitória, mas para mim foi legal porque me senti super bem, após cinco dias. Muito feliz com o resultado, tirando um tempo dos líderes das Américas (Edson e Ulan). Ótimo dia para nossa equipe”, comentou Gustavo.

“Com certeza foi um dos cross country olímpicos mais difíceis da minha vida, principalmente pelo falto de termos corrido cinco etapas antes, com uns 500 km nas pernas e cerca de 20h pedaladas. O José e o Gustavo abriram folga na liderança e fiz um contrarrelógio de uma hora e dez minutos, tentando buscar eles, que estavam fortes demais. Foquei em terminar, sem quebrar. Último dia vem aí, depois só festa”, destacou Alex.

Brasileiras na liderança
Embora Marcella Toldi tenha vencido a etapa de cross country, pelo quarto dia seguido as alemãs conseguiram tirar tempo da dupla líder. A diferença agora é de 3min30s, pelo fato de Naima e Anna terem subido no pódio, enquanto Lutecia ficou em quarto lugar, a pouco mais de cinco atrás de Naima, terceira colocada do dia.

Marcella Toldi venceu entre as mulheres e continua na liderança – Foto Wladimir Togumi

“Fomos para o tudo ou nada. Iniciamos a etapa com cinco minutos de vantagem, ou seja, algo que você perde em um tombo ou em um pneu furado. Pensei em ir junto com a Lutecia, mas decidi arriscar por eu me sentir bem. Apostei que eu seria a única mulher a abrir a quarta volta, porque na largada eu vi que só eu fui forte na primeira subida. O pessoal no circuito sempre me avisava que a Anna estava perto, então fiz bastante força. Na quarta volta, estava sem água. Cheguei extremamente cansada, mas fiz tudo que deu para vencer”, comentou Toldi.

TOP 3 DA ETAPA
Masculino
1 – José Dias – 1h13min57
2 – Gustavo Xavier – 1h13min58
3 – Alex Malacarne – 1h14min47

Feminino
1 – Marcella Toldi – 1h34min39 (4 voltas)
2 – Anna Jôrdens – 1h36min48 (4 voltas)
3 – Naima Diesner – 1h15min28 (3 voltas)

TOP 5 POR EQUIPES
Masculino
1 – Gustavo Xavier/Alex Malacarne – 1h14min23
2 – Hans Becking/José Dias – 1h15min54
3 – Edson Rezende/Ulan Galinski – 1h16min45
4 – Sherman Trezza/Lukas Kaufmann – 1h18min45
5 – Halysson Ferreira/Pedro Hilo – 1h19min55

Feminino
1 – Naima Diesner/Anna Jördens – 2h01min08
2 – Marcella Toldi/Lutecia Azevedo – 2h02min45
3 – Aline Olmedo/Lucinéia Brunetta – 3h05min23
4 – Ada Pires/Raissa Zortea – 3h12min51
5 – Daniela Hackenhaar/Jackeline Almeida – 3h46min47

CLASSIFICAÇÃO GERAL APÓS 6 ETAPAS
Masculino
1 – Hans Becking/José Dias – 19h30min25
2 – Edson Rezende/Ulan Galinski – 19h50min14
3 – Gustavo Xavier/Alex Malacarne – 19h52min01
4 – Sherman Trezza/Lukas Kaufmann – 20h00min12
5 – Andrew Henriques/Filipe Francisco – 20h26min49

Feminino
1 – Marcella Toldi/Lutecia Azevedo – 26h23min42
2 – Naima Diesner/Anna Jördens – 26h27min12
3 – Aline Olmedo/Lucineia Brunetta – 32h02min21
4 – Ada Pires/Raissa Zortea – 36h33min43
5 – Laianna Lacerda/Natalia Radatz – 38h08min01

Os resultados completos estão no link: resultados.stopandgo.pro/653/Individual

AS ETAPAS
Etapa 1 – 7/11 – 19,5 km – Arraial d’Ajuda
Etapa 2 – 8/11 – 132 km – Arraial a Guaratinga – 2.350m de altimetria acumulada
Etapa 3 – 9/11 – 58,7 km – Guaratinga – 1.350m de altimetria acumulada
Etapa 4 – 10/11 – 103 km – Guaratinga – 2.377m de altimetria acumulada
Etapa 5 – 11/11 – 143 km – Guaratinga a Arraial – 2.336m de altimetria acumulada
Etapa 6 – 12/11 – 31,7 km – Arraial d’Ajuda – 564m de altimetria acumulada
Etapa 7 – 13/11 – 46 km – Arraial d’Ajuda – 548m de altimetria acumulada

LEIA MAIS
Brasil Ride no Bikemagazine
Site oficial do evento