Alan Hatherly vence XCO Chelva, na Espanha; Avancini é o 8º

HomeCompetições

Alan Hatherly vence XCO Chelva, na Espanha; Avancini é o 8º

Prova na Espanha abre a temporada internacional do mountain bike; Avancini, que estava forte na ponta, teve queda e furo

O sul-africano Alan Hatherly é da equipe Cannondale

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

O sul-africano Alan Hatherly venceu neste domingo (20 de fevereiro) a prova Internacionales XCO Chelva, em Valença, na Espanha, que marcou a abertura da temporada internacional do mountain bike. O brasileiro Henrique Avancini encerrou em 8º, depois de ficar na frente, mas enfrentou queda e furo de um pneu.

Vale lembrar que Hatherly e Avancini são companheiros de equipe na Cannondale Factory Racing.

Harthley na disputa

“Estou muito feliz por começar minha temporada de XCO com uma vitória na Chelva. Foi uma corrida muito rápida desde o início, consegui ver uma oportunidade de me afastar dos meus rivais e agarrei-a. Este é um tipo de circuito que é mais fácil quando você está nas posições da frente. Eu pressionei desde o início, então a vantagem com meus perseguidores foi aumentando e eu consegui fazer minha corrida. Foi uma vitória muito convincente e estou feliz. Tem sido incrível ter esse público, o apoio que eles nos deram em todos os momentos é irreal. É um lugar impressionante e quero muito voltar no futuro”, comentou o vencedor.

Na Elite feminino, a vencedora foi Jolanda Neff, campeã olímpica do XCO nos Jogos de Tóquio. A suíça Linda Indergand ficou em 2º e a italiana Martina Berta em 3º.

 

Avancini largou bem e seguiu forte no grupo da frente; o primeiro a assumir o comando foi o romeno Vlad Dascalu, que impôs um ritmo muito alto na largada até que a pista se tornou um caminho que os obrigou a formar uma fila única onde a partir daí seria mais difícil ultrapassar.

O francês Titouan Carod assumiu o lugar de Dascalu e um grupo líder foi formado, com Avancini, Dascalu, Ondrej Cink, Hatherly e Thomas Litscher. Apenas alguns segundos atrás, o espanhol David Valero foi o responsável por fechar essa primeira lacuna e comandar o grupo de perseguição.

Avancini na estreia da temporada internacional

Avancini lançou um forte ataque na 2ª volta junto com Hatherly, que rendeu a ambos quase 10 segundos de vantagem. Na 3ª volta, Avancini teve uma pequena queda, mas se recuperou rápido. Hatherly ficou sozinho na frente, com Avancini em 2º e Dascalu em 3º.

David Valero começou a buscar posições e, a uma volta do fim, enquanto os protagonistas da largada iam ficando para trás, o espanhol rodava na segunda posição com o suíço Filippo Colombo colado ao volante. Tanto esforçou valeu a pena. Hatherly venceu a prova, com Colombo em 2º e Valero em 3º.

Avancini, que começou a perder posições na quinta volta, terminou em 8º depois de sair do Top 10 e começar um trecho final de recuperação. Na próxima semana o brasileiro disputa a Copa Catalana Internacional BTT, a Super Cup Massi de Banyoles, uma das corridas mais clássicas do mountain bike mundial, que ele venceu em 2020.

TOP 10
1 – Alan Hatherly 01:20:15
2 – Filippo Colombo 01:21:11
3 – David Valero 01:21:14
4 – Maxime Marotte 01:21:23
5 – Vlad Dascalu 01:21:27
6 – Sebastian Fini 01:21:40
7 – Titouan Carod 01:21:41
8 – Henrique Avancini 01:21:53
9 – Ondrej Cink 01:22:02
10 – Bartolomiej Wawak 01:22:09

 

VEJA MAIS
Site oficial do evento