Copa do Mundo no Brasil: Hatherly e Pauline vencem XCC, Avancini é 4º

HomeCompetições

Copa do Mundo no Brasil: Hatherly e Pauline vencem XCC, Avancini é 4º

Campeão sul-africano surpreende na volta final e fatura a primeira disputa da etapa da Copa do Mundo em Petrópolis

O campeão sul-africano Alan Hatherly vence em Petrópolis Foto: Fabio Piva/ Red Bull Content Pool

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

O sul-africano Alan Hatherly (Cannondale Factory Racing) foi o mais rápido nesta sexta-feira (8 de abril) na primeira disputa da etapa de abertura da Copa do Mundo de Mountain Bike, em Petrópolis (RJ), que atraiu um público de 10 mil pessoas na terra-natal de Henrique Avancini.

Hatherly, companheiro de equipe de Avancini, completou as 7 voltas no percurso de 1,5km em 19min55s e garantiu a vitória nos metros finais da última volta. Na 2ª colocação, a 1 segundo, ficou o suíço Thomas Litscher  (Kross Orlean), seguido pelo francês Maxime Marotte (Santa Cruz-FSA), que completou o pódio 1 segundo atrás de Litscher.

“Fiz a estratégia mais inteligente possível. Tentei não gastar muita energia durante as primeiras voltas, procurando sempre me posicionar bem no grupo da frente, para que se alguém tentasse atacar, eu estaria pronto para ir junto. Vi que a corrida se definiria na última subida da volta final e aconteceu exatamente como eu planejava. Fiz meu movimento correto, consegui a vitória e estou super feliz”, comemorou Hatherly.

“As condições aqui são parecidas com o local em que cresci. Alta umidade do ar, trilhas parecidas. Me senti em casa, até porque o Avancini nos fez sentir absolutamente em casa, mostrando as melhores linhas e os caminhos a seguir. O local é incrível para pedalar e o público é único”, finalizou o campeão.

 

O brasileiro Henrique Avancini era o favorito, estava muito concentrado e andou no grupo da frente o tempo todo, atacou, contra-atacou, e se mostrou forte durante toda a corrida.

Mas, na última volta, o grupo dos líderes (com Nino Schurter, Maxime Marotte, Litscher, Christopher Blevins e Mathiaz Flukiger) foi surpreendido com a chegada de Hatherly, que tratou de lutar pela vitória.

Avancini terminou em 4º lugar, a 2 segundos, muito aplaudido pelos fãs que lotaram o São José Bike Club, no Vale do Cuiabá, em Itaipava, distrito de Petrópolis, sua terra-natal e cuja pista foi construída por ele e sua equipe.

“Que dia! Orgulho de ser brasileiro! Merecemos mais e farei de tudo para que domingo seja ainda mais memorável”, escreveu Avancini nas redes sociais.

Avancini recebe o carinho e o aplaudo do público Foto: Marcelo Rypl

O segundo colocado, Litscher, elogiou a pista. “Foi muito bom. Estou com uma forma excelente. A pista é incrível, assim como o público. Estive muito próximo da vitória, mas o Alan foi realmente o melhor do dia, então estou de fato feliz com a segunda posição”, disse.

O suíço Nino Schurter (Scott-Sram) fez uma corrida consistente e chegou a liderar, mas terminou em 5º lugar, a cinco segundos.

Além de Avancini, a prova contou também com os brasileiros José Gabriel Marques de Almeida (35º colocado, a 1min07s) e de Luiz Henrique Cocuzzi (Sense), que não terminou a prova.

Largada do short track Foto: Cesar Delong

O francês Maxime Marotte, que por duas temporadas foi companheiro de Avancini na Cannondale Factory Racing, aprovou Petrópolis e quer mais etapas no Brasil. “Com certeza o melhor short track que já tivemos nesta competição em termos de espectadores, com ótimas trilhas e obstáculos. É uma pista excelente no seu formato curto, o que dá para o público um verdadeiro show. A torcida no Brasil é de outro planeta, estão um passo à frente dos demais fãs”, disse o francês.

“Nós temos que voltar aqui todos os anos. É muito importante voltarmos aqui anualmente, temos que ir onde os fãs estão e o Brasil é este lugar. Um país que merece receber a Copa do Mundo. Parabenizo a organização por fazer esse ótimo trabalho”, finalizou.

Avancini na ponta Foto: Fabio Piva/ Red Bull Content Pool

No circuito do XCC em Petrópolis Foto: Fabio Piva/ Red Bull Content Pool


No short track das mulheres, com 40 competidoras, Pauline Ferrand Prevot (BMC) foi a vencedora. A francesa, que acaba de disputar a ultramaratona Cape Epic, mostrou boa forma e atacou forte no trecho final.

A corrida começou com a notícia de que a suíça e campeã olímpica Jolanda Neff estava fora da disputa devido a um resfriado. Desde o início, a francesa Loana Lecomte (Canyon) assumiu a ponta, com Pauline Ferrand Prevot, Rebecca McConnell (Primaflor Mondraker), Evie Richards (Trek Factory Racing), Laura Stigger (Specialized) e Alessandra Keller (Thomus) no grupo da frente.

Pauline Ferrand Prevot vence em Petrópolis Foto: UCI

Na quarta volta, Pauline Ferrand Prevot ficou para trás; na quinta volta o primeiro ataque sério veio da australiana Rebecca McConnell, mas Evie Richards conseguiu alcançá-la na última volta, ao lado de Pauline Ferrand Prevot, que tinha recuperado posições.

Quando tudo parecia que seria decidido no sprint, Pauline Ferrand Prevot lançou um ataque na última subida, conseguiu ganhar vantagem e encerrou com o tempo de 19min55s. Laura Stigger e Evie Richards completaram o pódio, a 1 segundo. “Foi uma vitória inesperada, foi a minha primeira corrida de short track da temporada depois da longa jornada na Cape Epic. Não larguei bem, consegui recuperar e tudo foi uma questão de atacar na hora certa”, comemorou a francesa.

Entre as brasileiras que disputaram o XCC Isabella Lacerda terminou em 33º; Letícia Cândido em 37º e Hercilia Narjara Ferreira de Souza em 39º.

 

Resultados completos aqui

PROGRAMAÇÃO
Neste sábado, dia 9, é vez das categorias júnior, com a feminina às 9h30 e a masculina às 11h15, e a sub-23, com a masculina às 15h e a feminina às 16h30. As provas não serão transmitidas.

No domingo, dia 10, é a vez do XCO da Elite feminino e masculino. Apenas a Red Bull TV transmitirá ao vivo a competição da elite feminina no XCO, às 11h. Já o XCO masculino terá transmissão às 14h15 (Red Bull TV) e 14h30 (SporTV).

Site oficial do evento

RED BULL TV
A Copa do Mundo tem transmissão ao vivo pela Red Bull TV

Narração: Camilla ‘Milla’ Garcia
Comentários: Vivi Favery

COPA DO MUNDO DE MTB 2022
26 e 27 de março – Lourdes, França (DH)
8 a 10 de abril – Petrópolis, Brasil (XCO/XCC)
6 a 8 de maio – Albstadt, Alemanha (XCO/XCC)
13 a 15 de maio – Nove Mesto, República Tcheca (XCO/XCC)
21 e 22 de maio – Fort William, Reino Unido (DH)
10 a 12 de junho – Leogang, Áustria (DH/XCO/XCC)
8 a 10 de julho – Lenzerheide, Suíça (DH/XCO/XCC)
15 a 17 de julho – Vallnord, Andorra (DH/XCO/XCC)
29 a 31 de julho – Snowshoe, EUA (DH/XCO/XCC)
5 a 7 de agosto – Mont-Sainte-Anne, Canadá (DH/XCO/XCC)
2 a 4 de setembro – Val di Sole, Itália (DH/XCO/XCC)

LEIA MAIS
Copa do Mundo de MTB no Bikemagazine