Brasil Ride Espinhaço: Tiago Ferreira e Miguel Muñoz mantém a liderança

HomeBrasil Ride

Brasil Ride Espinhaço: Tiago Ferreira e Miguel Muñoz mantém a liderança

Competição de cinco etapas termina no sábado

O português Tiago Ferreira e o espanhol Miguel Muñoz lideram – Foto de Ney Evangelista

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

O vilarejo de Córregos, em Conceição do Mato Dentro (MG), recebeu na quarta (20 de abril) a segunda etapa da Santander Brasil Ride – Espinhaço. Com tempo seco e sensação térmica acima dos 30º C, os atletas percorreram 50,6km em trilhas de terra e com mais de 1.200 metros de subidas acumuladas.

Líderes no prólogo, o português Tiago Ferreira e o espanhol Miguel Muñoz (DMT Racing Team) imprimiram novamente ritmo forte e completaram o percurso em 1h56min55, e mantiveram a camisa de líder geral da ultramaratona na categoria Open.

“Foi duro. Muito calor. Conhecia a etapa por correr ano passado, consegui imprimir meu ritmo e acabou sendo a estratégia correta. Sem barro e com o terreno seco fica tudo mais rápido e para nós é ótimo”, comemora Ferreira, campeão mundial e bicampeão europeu.

Atletas passam pelo distrito de Córregos – Foto de Alemão Silva

As duplas da República Tcheca: Matous Ulman / Tomas Visnovisky (Ceska Sporitelna – Accolade 2) e Jaroslav Kulhavý / Marek Rauchfuss (Ceska Sporitelna – Accolade 1) vieram logo na sequência, com os tempo de 01h57min06 e 01h58min41, respectivamente.

“Foi uma prova dura. Estava muito quente. Em nosso país é inverno e por isso é mais complicado para nós. A pista é boa, tem muitas subidas e descidas íngremes. Mas estamos nos sentindo muito bem e acho que a disputa ainda está aberta”, disse Tomaš Višňovský.

A dupla brasileira e atuais campeões do Espinhaço, Sherman Trezza e Lukas Kaufmann (Hoffmann Racing Pedalsport) terminaram em quinto. Atrás do também brasileiro Halysson Ferreira, que faz dupla com o português Filipe Francisco (DMT Racing 2).

“Sofri no começo, desconectei um pouco do grupo da frente, e depois que estávamos entrando na prova o Lukas errou descendo e machucou o braço. Foi um dia difícil pra gente. Mas acontece. Prova de estágio é assim, tem que saber equilibrar o tempo todo”, pondera.

FEMININO
No feminino, Isabella Lacerda e Hercília Souza (Isateam TSW Racing Team) confirmaram o favoritismo e concluíram a etapa em 02h38min51.

“Deu para imprimir uma passada forte e na trilha foi só curtição. Espero segurar essa camisa (de líder) até o último dia”, diz Isabella. “Já estou aquecendo meu coração e minhas pernas para aproveitar cada quilômetro da Rainha”, complementou Hercília.

Paula Gallan / Luman Diniz (Trinx Brasil Racing Team) e Iara Leite / Ana Panini (CM7/Sicred) vieram seis minutos após as líderes.

“Fizemos uma prova muito consciente. Mas dá pra tirar a diferença”, garante Ana. “Estou lesionada. É minha primeira ultramaratona, mas estou curtindo toda essa experiência”, completa Iara.

A segunda etapa teve um total de 50,6km – Foto de Marcelo Maragni

E-Bikes e Guarini
Pela “E-Bikes” (categoria de bicicletas assistidas por motor elétrico), o vencedor no masculino foi Albert Jr. (Amarildo Team / IBS), com o tempo de 01h41min15. Já no feminino, Christiane Allmen (Outdoor) cruzou o pórtico final em 02h01min48.

Na categoria “Guarini” (atletas que já participaram de três ou mais provas da Brasil Ride) o primeiro lugar do pódio foi ocupado por Márcio Monteiro e Pedro Miranda (Vai Joosy), com o tempo de 02h22min34.

A competição prossegue até o sábado, dia 23 de abril). Até lá, os atletas terão somado um total de 210 km de trilhas percorridas e 5.730 metros de altimetria acumulada.

A prova faz parte do calendário e conta pontos para o ranking mundial da UCI – União Ciclística Internacional e conta com apoio da Confederação Brasileira de Ciclismo.

TOP 5 DAS ELITES – ETAPA 2 – CÓRREGOS

Masculino
1 – Tiago Ferreira / Miguel Munhoz – 1h56min55
2 – Matous Ulman / Tomas Visnovisky – 1h57min06
3 – Jaroslav Kulhavý / Marek Rauchfuss – 1h58min41
4 – Halysson Ferreira / Filipe Francisco – 02h02min20
5 – Sherman Trezza / Lukas Kaufmann – 02h02min50

Feminino
1- Isabella Lacerda / Hercília Souza – 02h38min51
2 – Paula Gallan / Luman Diniz – 02h45min05
3 – Iara Leite / Ana Panini – 02h45min29
4 – Sabrina Gobbo / Fabiana Brandão – 02h52min00
5 – Eliane Rezende / Liege Walter – 03h06min46

Próximas etapas
3ª etapa – Rainha (21/04) – 83,2 km I 2.321m de altimetria
4ª etapa – Cross Country (22/04) – 5,3 km, totalizando 26,2 km e 772 m de altimetria
5ª etapa – Final (23/04) – 33,5 km I 1.053 m de altimetria

RESULTADOS COMPLETOS AQUI

LEIA MAIS
Brasil Ride no Bikemagazine