Copa do Mundo de MTB: Pidcock domina em Albstadt; Avancini 9º

HomeCompetições

Copa do Mundo de MTB: Pidcock domina em Albstadt; Avancini 9º

Em sua primeira prova de XCO após a ouro em Tóquio, o britânico Tom Pidcock conquista a vitória, com Nino Schurter em segundo

Pidcock acelera e abre vantagem em Albstadt Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

Tom Pidcock (Ineos Grenadiers) venceu neste domingo a prova do cross country olímpico da etapa da Copa do Mundo de MTB em Albstadt, na Alemanha. O suíço Nino Schurter (Scott-Sram) foi o segundo e o romeno Vlad Dascalu (Trek Factory Racing) o terceiro. O brasileiro Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) ficou em nono.

O britânico Pidcock, ouro no XCO nos Jogos de Tóquio, estava sem competir no mountain bike desde as Olímpíadas. Em seu retorno, depois de disputar as clássicas de Primavera no ciclismo de estrada, Pidcock enfrentou o campeão mundial Nino Schurter.

Schurter, em sua primeira oportunidade de se tornar o mountain biker com mais vitórias em Copas do Mundo da história, depois de igualar o recorde de 33 vitórias em etapas da competição de Julien Absalon em Petrópolis (lembre aqui), assumiu a ponta na primeira das seis voltas. Com um ataque na descida, o suíço conseguiu abrir uma pequena vantagem no grupo da frente, com Dascalu na perseguição.

Largada do XCo Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool

Na segunda volta, a seleção já estava feita, com Avancini entre os competidores do grupo da frente. Mathias Flückiger assumiu a liderança no meio da segunda volta; Schurter e Pidcock lutaram para acompanhar. A corrida mudou completamente quando Pidcock aumentou o ritmo na terceira volta e depois lançou um ataque forte em subida que o garantiu a liderança e uma vantagem de 15 segundos sobre Schurter e Flückiger.

No início da quarta volta, Pidcock já estava 20 segundos à frente do grupo perseguidor e sua liderança continuou a crescer. Na quinta volta Flückiger teve um furo e a vantagem de Pidcock já estava em 39 segundos.

O britânico começou a volta final com 40 segundos de vantagem. Pidcock encerrou com o tempo de 1h18min42s. Schurter, em segundo lugar, marcou 1h19min02s. Avancini, em nono, encerrou em 1h20min20s.

“Eu vi que estava na frente e que Nino estava se esforçando muito. Eu apenas pensei em testar e ver onde todos estavam realmente e consegui uma vantagem. Deu certo. Eu quero vencer o título mundial e talvez o título europeu também”, comentou Pidcock após a vitória.

Avancini encerrou a disputa em nono lugar Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool

Avancini afirmou que a etapa de Albstadt foi um desafio. “Algumas semanas atrás optei por competir com a HardTail. No ano passado a maioria do top 10 nesta pista estava de rígida. Diferente desse ano. Foi um desafio legal pra mim. Tinha tempo que não precisava performar numa bike diferente e isso sempre traz algumas boas lições. Demorei algumas voltas pra entender como otimizar o meu ritmo na pista. A parte intermediária da corrida foi boa”, contou.

“Na última volta não consegui espremer tudo pois se forçasse as cãibras travariam as pernas. Acredite ou não, esse foi o meu melhor resultado em Albstadt, que na teoria é a pior pista pra mim na temporada. Espero crescer ao longo da temporada. Semana que vem já alinhamos novamente na República Tcheca”, completou.

Entre os brasileiros na disputa, Ulan Galinski ficou em 44º lugar, com o tempo de 1h24min09s, Edson Rezende foi o 97º (- 1 volta) e Luiz Cocuzzi não terminou.

Australiana Rebecca McConnell conquista vitória solo Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool

No feminino, após a vitória na primeira Copa do Mundo em Petrópolis e a conquista do short track na sexta-feira em Albstadt, a australiana Rebecca McConnell confirmou seu bom momento e venceu a prova de XCO. Jenny Rissveds ficou em segundo lugar e Mona Mitterwallnner foi a terceira colocada.

Resultados completos aqui

Veja a reprise da disputa aqui

LEIA MAIS
Copa do Mundo de MTB no Bikemagazine