Giro 2022: Simon Yates vence crono; Van der Poel segura maglia rosa

HomeCiclismo

Giro 2022: Simon Yates vence crono; Van der Poel segura maglia rosa

Simon Yates é três segundos mais rápido que Van der Poel no contrarrelógio em Budapeste; Tom Dumoulin ficou em 3º lugar

Simon Yates no contrarrelógio em Budapeste

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

Simon Yates (BikeExchange-Jayco) venceu neste sábado (7 de maio) o contrarrelógio de 9,2 km em Budapeste, na Hungria, na 2ª etapa do Giro d’Italia 2022. O britânico marcou o tempo de 11min50s e foi três segundos mais rápido que o maglia rosa Mathieu van der Poel (Alpecin Fenix), que encerrou em segundo lugar na etapa, mas manteve a liderança da classificação geral conquistada na abertura. Tom Dumoulin (Jumbo-Visma) foi o 3º.

Yates foi rápido até a subida de 1,3 km no final do percurso de Budapeste, mas sua performance foi completa; ele também registrou o tempo mais rápido no checkpoint intermediário no final da seção de 7,9 km de abertura plana. Yates marcou 11min50s e assumiu a liderança alguns segundos depois de Dumoulin ter sido o primeiro a quebrar a barreira dos 12 minutos, com 11h55s.

“Eu tinha feito alguns bons contrarrelógios no passado, mas este é definitivamente o melhor que já corri. Trabalhamos muito na minha posição e materiais. Esta vitória também veio graças ao Marco Pinotti, estou muito feliz por ele. Não estou surpreso que Mathieu van der Poel tenha sido muito rápido e estou surpreso por tê-lo vencido, especialmente pela forma que vimos ontem. Estou certamente feliz por ter ganho hoje. Em vista da classificação geral eu pessoalmente não olharia muito para as diferenças: o Giro acabou de começar”, disse Yates.

A BikeExchange-Jayco também comemorou a conquista da camisa branca. O campeão italiano Matteo Sobrero, 4º colocado na etapa, a 13 segundos,  passou a liderar a classificação de melhor jovem.

Sobrero passa a liderar a classificação de melhor jovem

Van der Poel no contrarrelógio pelas ruas de Budapeste

O contrarrelógio foi disputado em um percurso urbano complicado em Budapeste. Os 7,9 km de abertura eram planos até um trecho ao longo do Rio Danúbio, com curvas que continuavam enquanto a estrada subia até a linha de chegada – uma subida de 1,3 km que atingiu 14% em uma seção no início, antes de diminuir para 4% no quilômetro final.

Van der Poel foi menos de um segundo mais lento que Yates no plano, mas não conseguiu igualar o britânico no trecho de subida, cruzando a linha três segundos abaixo – um segundo lugar notável para um ciclista ainda inexperiente em contrarrelógio.

Mais um dia com a maglia rosa para Van der Poel

Van der Poel manteve a maglia rosa, Yates conquistou a segunda colocação, a 11 segundos, e Dumoulin é o 3º, a 16 segundos. “Queria manter a maglia rosa. Manter a liderança na geral após esta etapa era o meu grande objetivo e admito que não imaginava poder chegar tão perto do sucesso da etapa. O contrarrelógio é uma disciplina na qual não dedico muito tempo, mas gostei muito do percurso de hoje”, disse Van der Poel.

“Estou feliz por poder vestir a maglia rosa na etapa de amanhã, onde serei o último homem de Jakub Mareczko, nosso velocista. Acho que consigo chegar com a maglia rosa até o Etna onde, no entanto, acho que não conseguirei defendê-la”, completou.

A crono provocou danos para muitos em busca da maglia rosa. Richard Carapaz (Ineos Grenadiers) perdeu 28 segundos. Wilco Kelderman (Bora-Hansgrohe) e João Almeida (UAE Team Emirates) perderam 17 e 18 segundos, respectivamente, e Hugh Carthy (EF Education-EasyPost) perdeu 38 segundos. Miguel Angel Lopez (Astana), apesar de suas melhorias no contrarrelógio no ano passado, ficou a 42 segundos.

MELHORES MOMENTOS

TOP 3 DA ETAPA
1 – Simon Yates (Team BikeExchange-Jayco) – 9,2 km em 11’50”, média de 46.648 km/h
2 – Mathieu Van der Poel (Alpecin-Fenix) a 3″
3 – Tom Dumoulin (Jumbo-Visma) a 5″

CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 – Mathieu Van der Poel (Alpecin-Fenix)
2 – Simon Yates (Team BikeExchange-Jayco) a 11″
3 – Tom Dumoulin (Jumbo-Visma) a 16″

AS CAMISAS
Maglia Rosa: classificação geral – Mathieu van der Poel (Alpecin – Fenix)
Maglia Ciclamino: classificação por pontos – Mathieu van der Poel (Alpecin – Fenix)
Maglia Azzurra: classificação de montanha – Mathieu van der Poel (Alpecin – Fenix)
Maglia Bianca: classificação de melhor jovem – Matteo Sobrero (Team BikeExchange-Jayco)

Próxima etapa
No terceiro e último dia na Hungria, a 3ª etapa, com 201 km entre Kaposvár a Balatonfüred, neste domingo (8 de maio), será a primeira oportunidade real para os velocistas. É uma etapa muito plana, com os 50 km finais ao longo das margens do Lago Balaton.

Primeira oportunidade para velocistas na 3ª etapa

AS ETAPAS

Etapa 1 – 6 de maio
 – Budapeste – Visegrád – 195 km
Etapa 2 – 7 de maio – Budapeste – Budapeste – 9,2 km (ITT)
Etapa 3 – 8 de maio – Kaposvár – Balantonfüred – 201 km

DESCANSO

Etapa 4 – 10 de maio – Avola – Etna – 172 km
Etapa 5 – 11 de maio – Catania – Messina – 174 km
Etapa 6 – 12 de maio – Palmi – Scalea – 192 km
Etapa 7 – 13 de maio – Diamante – Potenza – 196 km
Etapa 8 – 14 de maio – Nápoles – Nápoles – 153 km
Etapa 9 – 15 de maio – Isernia – Blockhaus – 191 km

DESCANSO

Etapa 10 – 17 de maio – Pescara – Jesi – 196 km
Etapa 11 – 18 de maio – Santarcangelo di Romagna – Reggio Emilia – 203 km
Etapa 12 – 19 de maio – Parma – Gênova – 204 km
Etapa 13 – 20 de maio – Sanremo – Cuneo – 150 km
Etapa 14 – 21 de maio – Santena – Torino – 147 km
Etapa 15 – 22 de maio – Rivarolo Canavese – Cogne – 177 km

DESCANSO

Etapa 16 – 24 de maio – Salò – Aprica – 202 km
Etapa 17 – 25 de maio – Ponte di Legno – Lavarone – 168 km
Etapa 18 – 26 de maio – Borgo Valsugana – Treviso – 152 km
Etapa 19 – 27 de maio – Marano Lagunare – Santuario di Castelmonte – 178 km
Etapa 20 – 28 de maio – Belluno – Marmolada – 168 km
Etapa 21 – 29 de maio – Verona – Verona – 17,4 km (ITT)

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine

Site oficial do Giro d’Italia 2022