Giro d’Italia 2022: Stefano Oldani vence a 12ª etapa

HomeCompetições

Giro d’Italia 2022: Stefano Oldani vence a 12ª etapa

Lorenzo Rota disputou a chegada com Oldani depois que os dois ultrapassaram Gijs Leemreize, que tinha começado o sprint mais cedo

 

Oldani e Lorenzo Rota na chegada em Gênova

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

Dois italianos disputaram o sprint da 12ª etapa do Giro d’Italia. Stefano Oldani (Alpecin-Fenix) levou a melhor e Lorenzo Rota (Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux) terminou em 2º. Gijs Leemreize (Jumbo-Visma), que foi o primeiro a começar o sprint, foi ultrapassado por Oldani e Rota e terminou em 3º na chegada em Gênova.

“Nao foi facil. Eu conheço o Rota, ele é meu amigo, seu que ele é rápido, então tive que tomar cuidado. Não foi tão fácil de administrar, mas no final consegui”, comemorou Oldani.

Os três estavam na fuga inicial que surgiu após 60 km de percurso. Um ataque na penúltima subida do dia, La Colletta, fez com que Rota, Oldani e Leemreize ganhassem vantagem.

Apesar do grupo atrás ter Bauke Mollema (Trek-Segafredo), Santiago Buitrago (Bahrain Victorious), Lukas Hamilton (BikeExchange) e Wilco Kelderman (Bora-Hansgrohe), eles não conseguiram alcançar o trio escapado. Mollema foi o 4º colocado, a 57 segundos.

Passagem do pelotão pela nova Ponte San Giorgio, em Gênova

Juan Pedro López (Trek-Segafreo) manteve a liderança na classificação geral a 12 segundos de Richard Carapaz (Ineos Grenadiers) e João Almeida (UAE Team Emirates), enquanto Romain Bardet (Team DSM) está em quarto a 14 segundos.

MELHORES MOMENTOS

TOP 3 DA ETAPA
1 – Stefano Oldani (Alpecin-Fenix) –  204 km em 4h’26’47″, velocidade média 45.880 km/h
2 – Lorenzo Rota (Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux) m.t.
3 – Gijs Leemreize (Jumbo-Visma) a 2”

CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 – Juan Pedro Lopez Perez (Trek-Segafredo)
2 – Richard Carapaz (Ineos Grenadiers) a 12″
3 – Joao Pedro Almeida Gonçalves (UAE Team Emirates) m.t.

AS CAMISAS
Maglia Rosa: classificação geral – Juan Pedro Lopez (Trek-Segafredo)
Maglia Ciclamino: classificação por pontos – Arnaud Demare (Groupama-FDJ)
Maglia Azzurra: classificação de montanha – Diego Rosa (Eolo-Kometa Cycling Team)
Maglia Bianca: classificação de melhor jovem – Juan Pedro Lopez (Trek-Segafredo)

Próxima etapa
Na sexta-feira, dia 20 de maio, a 13ª etapa será de 150 km, de San Remo a Cuneo. A essa altura, o pelotão se aproxima do norte montanhoso da Itália, onde as etapas mais difíceis estão à espera. A etapa conta com o Colle di Nava (10,3 km a 6,6%).

Colle di Nava no percurso da 13ª etapa

AS ETAPAS

Etapa 1 – 6 de maio – Budapeste – Visegrád – 195 km
Etapa 2 – 7 de maio – Budapeste – Budapeste – 9,2 km (ITT)
Etapa 3 – 8 de maio – Kaposvár – Balantonfüred – 201 km

DESCANSO

Etapa 4 – 10 de maio – Avola – Etna – 172 km
Etapa 5 – 11 de maio – Catania – Messina – 174 km
Etapa 6 – 12 de maio – Palmi – Scalea – 192 km
Etapa 7 – 13 de maio – Diamante – Potenza – 196 km
Etapa 8 – 14 de maio – Nápoles – Nápoles – 153 km
Etapa 9 – 15 de maio – Isernia – Blockhaus – 191 km

DESCANSO

Etapa 10 – 17 de maio – Pescara – Jesi – 196 km
Etapa 11 – 18 de maio – Santarcangelo di Romagna – Reggio Emilia – 203 km
Etapa 12 – 19 de maio – Parma – Gênova – 204 km
Etapa 13 – 20 de maio – Sanremo – Cuneo – 150 km
Etapa 14 – 21 de maio – Santena – Torino – 147 km
Etapa 15 – 22 de maio – Rivarolo Canavese – Cogne – 177 km

DESCANSO

Etapa 16 – 24 de maio – Salò – Aprica – 202 km
Etapa 17 – 25 de maio – Ponte di Legno – Lavarone – 168 km
Etapa 18 – 26 de maio – Borgo Valsugana – Treviso – 152 km
Etapa 19 – 27 de maio – Marano Lagunare – Santuario di Castelmonte – 178 km
Etapa 20 – 28 de maio – Belluno – Marmolada – 168 km
Etapa 21 – 29 de maio – Verona – Verona – 17,4 km (ITT)

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine

Site oficial do Giro d’Italia 2022