Giro 2022: maglia azzurra Koen Bouwman vence 19ª etapa

HomeCiclismo

Giro 2022: maglia azzurra Koen Bouwman vence 19ª etapa

Holandês conquista sua segunda vitória no Giro e é matematicamente o campeão de montanha de 2022; sábado terá etapa duríssima nas Dolomitas

Koen Bouwman fatura 19ª etapa, sua segunda vitória no Giro 2022

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

Koen Bouwman (Jumbo Visma) conquistou sua segunda vitória no Giro d’Italia 2022. Depois de faturar a 7ª etapa, o holandês de 28 anos venceu a 19ª etapa, nesta sexta-feira (27 de maio), ao bater no sprint os companheiros de fuga Mauro Schmid (QuickStep-Alpha Vinyl) e Alessandro Toneli (Bardiani-CSF-Faizanè) na linha de chegada no Santuario di Castelmonte, em Friuli.

Líder da classificação de montanha, com a vitória de hoje Bowman garantiu matematicamente a maglia azzurra do Giro 2022 antes da esperada e duríssima 20ª etapa, neste sábado. “Na primeira subida na Eslovênia senti que poderia largar os meus companheiros de fuga, mas estava muito longe do final. Eu sabia que tinha um sprint melhor do que os outros e eu já tinha uma vitória de etapa, então poderia apostar um pouco”, disse o holandês.

Quase quatro minutos depois de Bouwman chegaram os três primeiros da classificação geral, com Richard Carapaz (Ineos Grenadiers) na ponta do trio composto por Jai Hindley (Bora-Hansgrohe) e Mikel Landa (Bahrain Victorious).

Carapaz, Hindley e Landa na etapa

Não houve mudanças no Top 3, com Carapaz com 3 segundos de vantagem sobre Hindley e 1min05s sobre Landa. “Não acho que terminaremos os três juntos amanhã porque o cenário deve ser diferente com uma chegada difícil de 5 km. Em todo caso, prefiro ter uma vantagem de três segundos do que nenhuma vantagem”, disse.

“Eu gostaria de vencer a etapa amanhã, mas é ainda mais importante vencer o Giro. Perdemos Richie Porte que se sentiu mal no início da etapa. Ele fez o seu melhor, mas o ritmo era alto. É uma perda considerável, mas nossa equipe ainda está bem e motivada para amanhã”, completou Carapaz.

MELHORES MOMENTOS

TOP 3 DA ETAPA
1 – Koen Bouwman (Jumbo-Visma) – 177km em 4h32’55”, velocidade média 39,133 km/h
2 – Mauro Schmid (Quick-Step Alpha Vinyl Team) m.t.
3 – Alessandro Tonelli (Bardiani-CSF-Faizanè) a 3″

CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 – Richard Carapaz (Ineos Grenadiers)
2 – Jai Hindley (Bora-Hansgrohe) a 3″
3 – Mikel Landa Meana (Vitorioso do Bahrein) a 1’05”

AS CAMISAS
Maglia Rosa: classificação geral – Richard Carapaz (Ineos Grenadiers)
Maglia Ciclamino: classificação por pontos – Arnaud Demare (Groupama-FDJ)
Maglia Azzurra: classificação de montanha – Koen Bouwman (Jumbo-Visma)
Maglia Bianca: classificação de melhor jovem – Juan Pedro Lopez  (Trek Segafredo)

Próxima etapa

A 20ª etapa, neste sábado, dia 28 de maio, com 178 km entre Belluno e Marmolada (Passo Fedaia), é a terceira etapa cinco estrelas do Giro 2022 e a última oportunidade para os escaladores. A etapa tem o ponto mais alto do Giro 2022, o Cima Coppi, no Passo Pordoi, a 2.239 metros de altitude.

São 4.500 m de subida através das Dolomitas, com três escaladas consecutivas que começam com mais de 100 km para a chegada. O Passo di San Pellegrino (18,5 km a 6,2%, após 30 km de escalada gradual na preparação), o Passo Pordoi (11,8 km a 6,8%) e, finalmente, o Passo Fedaia (14 km a 7,6%) estão no duro trajeto cuja chegada tem 5,5 km finais de subida com média de 11% de inclinação.

A 20ª etapa tem o ponto mais alto do Giro 2022, o Cima Coppi, no Passo Pordoi, a 2.239 metros de altitude

AS ETAPAS

Etapa 1 – 6 de maio – Budapeste – Visegrád – 195 km
Etapa 2 – 7 de maio – Budapeste – Budapeste – 9,2 km (ITT)
Etapa 3 – 8 de maio – Kaposvár – Balantonfüred – 201 km

DESCANSO

Etapa 4 – 10 de maio – Avola – Etna – 172 km
Etapa 5 – 11 de maio – Catania – Messina – 174 km
Etapa 6 – 12 de maio – Palmi – Scalea – 192 km
Etapa 7 – 13 de maio – Diamante – Potenza – 196 km
Etapa 8 – 14 de maio – Nápoles – Nápoles – 153 km
Etapa 9 – 15 de maio – Isernia – Blockhaus – 191 km

DESCANSO

Etapa 10 – 17 de maio – Pescara – Jesi – 196 km
Etapa 11 – 18 de maio – Santarcangelo di Romagna – Reggio Emilia – 203 km
Etapa 12 – 19 de maio – Parma – Gênova – 204 km
Etapa 13 – 20 de maio – Sanremo – Cuneo – 150 km
Etapa 14 – 21 de maio – Santena – Torino – 147 km
Etapa 15 – 22 de maio – Rivarolo Canavese – Cogne – 177 km

DESCANSO

Etapa 16 – 24 de maio – Salò – Aprica – 202 km
Etapa 17 – 25 de maio – Ponte di Legno – Lavarone – 168 km
Etapa 18 – 26 de maio – Borgo Valsugana – Treviso – 152 km
Etapa 19 – 27 de maio – Marano Lagunare – Santuario di Castelmonte – 178 km
Etapa 20 – 28 de maio – Belluno – Marmolada – 168 km
Etapa 21 – 29 de maio – Verona – Verona – 17,4 km (ITT)

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine

Site oficial do Giro d’Italia 2022