Giro d’Italia: Girmay vence 10ª etapa; no pódio, machuca olho e pode abandonar

HomeDestaque

Giro d’Italia: Girmay vence 10ª etapa; no pódio, machuca olho e pode abandonar

O espanhol Lopez manteve a maglia rosa e segue com 12 segundos de vantagem sobre o português João Almeida

Biniam Girmay faz história na 10ª etapa do Giro

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

Biniam Girmay (Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux), de 22 anos, da Eritreia, tem chamado atenção e atraído muitos fãs. Depois de se tornar o primeiro africano a vencer a clássica belga Gent-Wevelgem, em março, nesta terça-feira (17 de maio), Girmay venceu a 10ª etapa do Giro d’Itália ao derrotar Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix).

Foi sua primeira vitória em uma etapa de uma corrida Grand Tour e a primeira vitória de um ciclista da Eritreia.

Girmay é atingido no olho pela rolha da champanhe

Girmay na saída do hospital

Mas, depois da conquista histórica, houve pouco tempo para comemorar. Na festa do pódio, Girmay foi atingido pela rolha de champanhe no olho esquerdo e, depois de avaliação do médico da equipe, foi levado a um hospital e não participou da entrevista coletiva. Em comunicado, a equipe afirmou que há dúvidas de que Girmay vá continuar no Giro.

Girmay estava rondando uma vitória e passou perto em algumas etapas anteriores. Desta vez, contou com o trabalho da equipe e festejou sua primeira conquista no Giro. “Comecei o Giro com o desejo de ganhar uma etapa. Todos da equipe puxaram para mim hoje, até os ciclistas da classificação geral. Domenico Pozzovivo foi incrível no final. Faltando 600m, ele disse: ‘vem’. Ele me empurrou para seguir e vencer”, contou Girmay logo após a vitória.

Vincenzo Albanese (Eolo-Kometa) terminou a etapa em terceiro com um grupo maior em que também estava o líder Juan Pedro Lopez (Trek-Segafredo).

Largada da 10ª etapa, em Pescara

Não houve mudanças na classificação geral. Juan Pedro Lopez continua com a maglia rosa, João Almeida (UAE Emirates) é o vice, a 12 segundos, e Romain Bardet (Team DSM) o terceiro, a 14 segundos.

“Foi uma etapa difícil, estou feliz por ter conseguido manter a maglia rosa. Eu consegui ver do lado da estrada uma homenagem a Michele Scarponi. Foi comovente”, disse o líder.

MELHORES MOMENTOS

TOP 3 DA ETAPA
1 – Biniam Girmay (Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux) – 196km em 4h’32’07”, velocidade média 43,217 km/h
2 – Mathieu Van der Poel (Alpecin-Fenix) m.t.
3 – Vincenzo Albanese (Eolo-Kometa Cycling Team) m.t.

CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 – Juan Pedro Lopez Perez (Trek-Segafredo)
2 – João Pedro Almeida Gonçalves (UAE Team Emirates) a 12″
3 – Romain Bardet (Equipe DSM) a 14”

AS CAMISAS
Maglia Rosa: classificação geral – Juan Pedro Lopez (Trek-Segafredo)
Maglia Ciclamino: classificação por pontos – Arnaud Démare (Groupama-FDJ)
Maglia Azzurra: classificação de montanha – Diego Rosa (Eolo-Kometa Cycling Team)
Maglia Bianca: classificação de melhor jovem – Juan Pedro Lopez (Trek-Segafredo)

Próxima etapa
A 11ª etapa, na quarta-feira, dia 18 de maio, será de Santarcangelo di Romagna a Reggio Emilia, com 203 km. Será mais um dia plano para velocistas, que aponta para uma chegada em sprint.

A 11º etapa será mais uma chance para os velocistas

AS ETAPAS

Etapa 1 – 6 de maio – Budapeste – Visegrád – 195 km
Etapa 2 – 7 de maio – Budapeste – Budapeste – 9,2 km (ITT)
Etapa 3 – 8 de maio – Kaposvár – Balantonfüred – 201 km

DESCANSO

Etapa 4 – 10 de maio – Avola – Etna – 172 km
Etapa 5 – 11 de maio – Catania – Messina – 174 km
Etapa 6 – 12 de maio – Palmi – Scalea – 192 km
Etapa 7 – 13 de maio – Diamante – Potenza – 196 km
Etapa 8 – 14 de maio – Nápoles – Nápoles – 153 km
Etapa 9 – 15 de maio – Isernia – Blockhaus – 191 km

DESCANSO

Etapa 10 – 17 de maio – Pescara – Jesi – 196 km
Etapa 11 – 18 de maio – Santarcangelo di Romagna – Reggio Emilia – 203 km
Etapa 12 – 19 de maio – Parma – Gênova – 204 km
Etapa 13 – 20 de maio – Sanremo – Cuneo – 150 km
Etapa 14 – 21 de maio – Santena – Torino – 147 km
Etapa 15 – 22 de maio – Rivarolo Canavese – Cogne – 177 km

DESCANSO

Etapa 16 – 24 de maio – Salò – Aprica – 202 km
Etapa 17 – 25 de maio – Ponte di Legno – Lavarone – 168 km
Etapa 18 – 26 de maio – Borgo Valsugana – Treviso – 152 km
Etapa 19 – 27 de maio – Marano Lagunare – Santuario di Castelmonte – 178 km
Etapa 20 – 28 de maio – Belluno – Marmolada – 168 km
Etapa 21 – 29 de maio – Verona – Verona – 17,4 km (ITT)

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine

Site oficial do Giro d’Italia 2022