Giro d’Italia 2022: Arnaud Demare vence sprint da 5ª etapa

HomeCompetições

Giro d’Italia 2022: Arnaud Demare vence sprint da 5ª etapa

Francês assume a liderança da classificação por pontos, que ele venceu na edição de 2020; veja os melhores momentos

Chegada da etapa em Messina

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

O francês Arnaud Démare (Groupama-FDJ) venceu nesta quarta-feira (11 de maio) a 5ª etapa do Giro d’Italia, sua primeira vitória da temporada, ao faturar o sprint em Messina. Fernando Gaviria (UAE Team Emirates) e Giacomo Nizzolo (Israel-Premier Tech) ficaram em 2º e 3º.

Com a vitória, Demare, que venceu quatro etapas no Giro de 2020 e uma em 2019, assumiu a camisa ciclamino da liderança da classificação por pontos. “Um velocista adora vencer, eu não vencia desde a Paris-Tours do ano passado. Fisicamente, me sentia bem, mas sem vitória. Apenas cinco segundos depois que eu levantei meus braços no ar, eu me senti aliviado. Foi parecida com a etapa que venci em 2020 com a mesma subida”, contou o francês. “Eu estou realmente feliz. A primeira vitória do ano, e foi um sprint brilhante.”

“Toda a minha equipe ficou comigo, então fiquei tranquilo e descemos muito rápido e com muita força no plano porque queríamos manter Mark Cavendish, Caleb Ewan e outros fora da chegada. No sprint, temi que Ramon Sinkeldam me desse o caminho muito cedo, mas assim que lancei meu sprint, minhas pernas responderam muito bem”, completou.

Demare é o novo maglia ciclamino

Mark Cavendish (QuickStep-AlphaVinyl) e Caleb Ewan (Lotto Soudal) perderam tempo na subida principal do dia, Portella Mandrazzi, e ficaram de fora da disputa.

Após o final da etapa, Vincenzo Nibali, que é de Messina, anunciou que vai se aposentar no final da temporada. “Acho que chegou a hora. Eu queria esperar o Giro chegar em Messina, entre minha família e amigos, para oficializar minha decisão. Mais cedo ou mais tarde esse momento tinha que chegar”, afirmou.

Nibali, que é de Messina, local de chegada da etapa, anuncia aposentadoria

Em seu primeiro dia com a maglia rosa, o espanhol Juan Pedro Lopez rodou em segurança e manteve a liderança geral, com 39 segundos de vantagem sobre Lennard Kamna (Bora-Hansgrohe) e 58 segundos sobre Rein Taaramae (Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux).

“Estou gostando muito da maglia rosa, mesmo que eu ainda não acredite neste momento e nunca tenha feito tantas entrevistas como ontem. Vincenzo Nibali veio me parabenizar. É uma honra para mim com tudo que ele conquistou como ciclista. Tive o prazer de ser seu companheiro de equipe. Eu tenho um bom relacionamento com ele. Desejo-lhe o melhor para o resto desta temporada e fora do ciclismo”, comentou Lopez.

MELHORES MOMENTOS


TOP 3 DA ETAPA

1 – Arnaud Démare (Groupama-FDJ) – 174 km em 4h03’56’’, velocidade média de 42,799 km/h
2 – Fernando Gaviria (UAE Team Emirates) m.t.
3 – Giacomo Nizzolo (Israel-Premier Tech) m.t.

CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 – Juan Pedro Lopez Perez (Trek-Segafredo)
2 – Lennard Kämna (Bora-Hansgrohe) a 39″
3 – Rein Taaramäe (Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux) a 58”

AS CAMISAS
Maglia Rosa: classificação geral – Juan Pedro Lopez (Trek-Segafredo)
Maglia Ciclamino: classificação por pontos – Arnaud Démare (Groupama-FDJ)
Maglia Azzurra: classificação de montanha – Lennard Kamna (Bora-Hansgrohe)
Maglia Bianca: classificação de melhor jovem – Juan Pedro Lopez (Trek-Segafredo)

Próxima etapa
A 6ª etapa do Giro, nesta quinta-feira (12 de maio), tem 192 km, entre Palmi a Scalea. Será mais um dia longo, plano e com alguns túneis. Uma subida longa, mas suave, que vai de Mileto ao aeroporto Razza, em Vibo Valentia, é o único desafio ao longo do percurso.

Dia longo na 6ª etapa

AS ETAPAS

Etapa 1 – 6 de maio – Budapeste – Visegrád – 195 km
Etapa 2 – 7 de maio – Budapeste – Budapeste – 9,2 km (ITT)
Etapa 3 – 8 de maio – Kaposvár – Balantonfüred – 201 km

DESCANSO

Etapa 4 – 10 de maio – Avola – Etna – 172 km
Etapa 5 – 11 de maio – Catania – Messina – 174 km
Etapa 6 – 12 de maio – Palmi – Scalea – 192 km
Etapa 7 – 13 de maio – Diamante – Potenza – 196 km
Etapa 8 – 14 de maio – Nápoles – Nápoles – 153 km
Etapa 9 – 15 de maio – Isernia – Blockhaus – 191 km

DESCANSO

Etapa 10 – 17 de maio – Pescara – Jesi – 196 km
Etapa 11 – 18 de maio – Santarcangelo di Romagna – Reggio Emilia – 203 km
Etapa 12 – 19 de maio – Parma – Gênova – 204 km
Etapa 13 – 20 de maio – Sanremo – Cuneo – 150 km
Etapa 14 – 21 de maio – Santena – Torino – 147 km
Etapa 15 – 22 de maio – Rivarolo Canavese – Cogne – 177 km

DESCANSO

Etapa 16 – 24 de maio – Salò – Aprica – 202 km
Etapa 17 – 25 de maio – Ponte di Legno – Lavarone – 168 km
Etapa 18 – 26 de maio – Borgo Valsugana – Treviso – 152 km
Etapa 19 – 27 de maio – Marano Lagunare – Santuario di Castelmonte – 178 km
Etapa 20 – 28 de maio – Belluno – Marmolada – 168 km
Etapa 21 – 29 de maio – Verona – Verona – 17,4 km (ITT)

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine

Site oficial do Giro d’Italia 2022