Brasileiro 2022: Vinicius Rangel vence na Elite e Sub 23

HomeCiclismo

Brasileiro 2022: Vinicius Rangel vence na Elite e Sub 23

Brasileiro que integra a equipe espanhola Movistar vai levar a camisa do Brasil ao pelotão World Tour após 11 anos

Pódio da Elite, com Vinicius Rangel em 1º, Cristian Egídio em 2º e Halysson Ferreira em 3º Foto: @BirckNFT

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

Vinicius Rangel venceu neste domingo (26 de junho) o Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada 2022, em Palmas (TO). O ciclista, que integra a equipe World Tour Movistar a partir desta temporada, disputou o título pela primeira vez na Elite e, como ainda é Sub 23, vai acumular as camisas nacionais das duas categorias.

O campeão encerrou a prova de 185 km com o tempo de 4h30min20s.

Rangel venceu com 13 segundos de vantagem Foto: Luis Claudio Antunes/CBC

“Foi uma prova bem dura, sabia que não ia ser fácil, eu persegui, quase caí, voltei, persegui de novo. Meu sonho era correr com a bandeira do Brasil lá fora. Muito feliz que vou poder representar o nosso país”, comemorou Rangel, que buscou a fuga sozinho e atacou na última volta. Vale destacar  que Murilo Fischer foi o último a usar a camisa de campão nacional no pelotão World Tour, há 11 anos.

Cheguei no Brasil muito confiante e disposto a entregar todo o meu desempenho em busca desse título, que vai ser muito importante tanto para minha carreira como para dar ainda mais visibilidade para o ciclismo brasileiro. É muito gratificante estar fazendo parte de tudo isso. Estou ansioso para chegar em casa e poder entregar essa medalha pra minha mãe, compartilhar essa felicidade com minha família”, completou o ciclista, que é de Cabo Frio (RJ).

A prova no circuito de 10,34km montado na Rodovia TO-01, que cruza a capital tocantinense, foi elogiado em função de ser totalmente fechado aos ciclistas e pela ótima qualidade do asfalto. A prova da Elite teve 18 voltas.

A quatro voltas para o final, Magno Prado atacou do grupo escapado e seguiu forte, abrindo vantagem de quase um minuto. Atrás, Rangel, Cristian Egidio e Halysson Ferreira começaram a perseguir, até que o alcançaram.

Na volta final, Rangel acelerou e conquistou vitória solo, com Cristian Egidio em 2º, a 13 segundos, e Halysson Ferreira em 3º, a 1min39s.

Rangel, Egídio e Halysson no trecho final Foto: Luis Claudio Antunes/CBC

“Esse é o meu segundo vice-campeonato consecutivo na prova de resistência e também no contrarrelógio, mas não levo isso como uma coisa ruim, valorizo muito o pódio em um campeonato tão disputado como o Brasileiro, então mais uma vez saio feliz e determinado a voltar ainda melhor no próximo ano. Aproveito para parabenizar toda a minha equipe pelo incrível trabalho que fizeram para me deixar em condições ideais de brigar pelo titulo”, destacou Cristian Egidio.

O pódio da sub23 ainda contou com Pedro Figueiredo Leme com a medalha de prata, e Felipe Aparecido Ronzani, da equipe Santos Cycling Team/Fupes, finalizando com o bronze.

O pódio da sub23 ainda contou com Pedro Figueiredo Leme com a medalha de prata, e Felipe Aparecido Ronzani, da equipe Santos Cycling Team/Fupes, finalizando com o bronze.

Resultados aqui

VEJA ENTREVISTA

LEIA MAIS
Reportagens com Vinicius Rangel no Bikemagazine