Campeão do Giro faz visita surpresa a museu e doa maglia rosa

HomeCiclismo

Campeão do Giro faz visita surpresa a museu e doa maglia rosa

Australiano Jai Hindley não foi reconhecido no Museu de Ghisallo, especializado em ciclismo e com um grande acervo do Giro d'Italia

Jai Hindley assina a maglia rosa para o museu Ghisallo

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

O australiano Jai Hindley (Bora-Hansgrohe), campeão do Giro d’Italia 2022, visitou o museu de ciclismo de Ghisallo, no topo da subida Madonna del Ghisallo, a padroeira dos ciclistas, pela primeira em 2015. Ficou impressionado com o acervo de maglia rosa e, dias após conquistar a sua, no domingo passado, resolveu voltar ao museu.

Hindley e a namorada Abby, de férias no Lago Como depois das três semanas de competição, chegaram ao museu, compraram ingresso, visitaram o acervo e saíram sem que o campeão do Giro fosse reconhecido.

Logo depois, Hindley retornou com a sua maglia rosa, com a intenção de doá-la para a coleção, e só então foi reconhecido pela diretora do museu, Carola Gentilini.

Hindley e sua camisa na parede de maglia rosa

A maglia rosa de Hindley, que ele assinou ali mesmo, está agora entre as 64 expostas e fica ao lado da de 2021, de Egan Bernal, e abaixo da de 2003, de Gilberto Simoni. O próprio ciclista postou um vídeo pendurando sua camisa em sua conta no Instagram.

“Fiquei impressionado com a parede das maglia rosa e então pensei em trazer a minha também”, contou ao site italiano Tuttobiciweb.

LEIA MAIS
Giro 2022: Jai Hindley é o primeiro australiano campeão