Criterium du Dauphine: Roglic é o campeão; Vingegaard fatura

HomeCiclismo

Criterium du Dauphine: Roglic é o campeão; Vingegaard fatura

Jonas Vingegaard vence a etapa final da corrida e termina em segundo da classificação geral final, a 40 segundos do seu líder Roglic

Pódio final, com Roglic campeão, Vingegaard em segundo e Ben O’Connor em terceiro

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

Primoz Roglic e Jonas Vingegaard cruzaram a linha de chegada juntos e confirmaram o domínio da equipe Jumbo-Visma na corrida Criterium du Dauphine 2022, que terminou neste domingo (12 de junho) com Roglic campeão da classificação geral e seu colega de equipe, o jovem dinamarquês Vingegaard, que em um último ataque decisivo na subida íngreme final do Plateau de Solaison, faturou a vitória da etapa. O australiano Ben O’Connor (AG2R Citroën) terminou em 3º, a 15 segundos.

A etapa final, com 137,5 km, nos altos Alpes franceses, teve quatro subidas categorizadas, incluindo o Col de la Colombière, e terminou no topo da subida hors catégorie Plateau de Solaison (11,4 km a 9%).

Roglic adicionou a Critérium du Dauphiné 2022 aos seus palmares e mostrou que está em forma para o Tour de France, enquanto Vingegaard comprovou que merece estar na equipe para a prova na França.

“Não apenas nós dois, toda a equipe rodou bem e teve tudo sob controle o dia todo. Jonas foi super forte na última subida também, então foi um dia incrível e louco para nossa equipe. As coisas estão indo na direção certa e podemos estar confiantes para o Tour de France. Há mais trabalho a fazer, mas devemos estar prontos para o Tour”, disse Roglic.

“Nosso plano era de que eu deveria atacar e Roglic deveria me seguir. Queríamos tentar ver se conseguíamos largar todo mundo. Conseguimos, acho que podemos estar muito felizes e orgulhosos hoje. É bom vencer uma etapa e terminar em segundo na geral. É uma das maiores corridas do mundo. Nas clássicas nas Ardennes não tive meu melhor momento, mas agora estou de volta em alto nível e feliz”, comemorou Vingegaard.

No restante da classificação das camisas, o francês Pierre Rolland (B&B Hotels – KTM) foi o campeão de montanha e Wout van Aert terminou com a camisa verde da classificação por pontos. Tobias Johannessen (Uno-X Pro Cycling Team) foi o melhor jovem e a Jumbo-Visma a melhor equipe.

MELHORES MOMENTOS


TOP 3 DA ETAPA FINAL

1 – Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) 3h49’20’’
2 – Primoz Roglic (Jumbo-Visma) m.t.
3 – Ben O’Connor (AG2R Citroën Team) a 15″

CLASSIFICAÇÃO GERAL FINAL
1 – Primoz Roglic (Jumbo-Visma) 29h11’22’’
2 – Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) a 40″
3 – Ben O’Connor (AG2R Citroën Team) a 1’41″

AS ETAPAS
Etapa 1 – 5 de junho – La Voulte-sur-Rhône – Beauchastel – 191,8 km
Etapa 2 – 6 de junho – Saint-Péray – Brives-Charensac – 169,8 km
Etapa 3 – 7 de junho – Saint-Paulien – Chastreix-Sancy – 169 km
Etapa 4 – 8 de junho – Montbrison – La Bâtie d’Urfé – 31,9 km
Etapa 5 – 9 de junho – Thizy-les-Bourgs – Chaintré – 162,3 km
Etapa 6 – 10 de junho – Rives – Gap – 196,4 km
Etapa 7 – 11 de junho – Saint-Chaffrey – Vaujany – 132,8 km
Etapa 8 – 12 de junho – Saint-Alban-Leysse – Plateau de Solaison 137,5 km

LEIA MAIS
Criterium du Dauphine no Bikemagazine

Site oficial do evento