Tour 2022: Simon Clarke vence etapa nos paralelepípedos

HomeCiclismo

Tour 2022: Simon Clarke vence etapa nos paralelepípedos

Australiano que estava no grupo da fuga inicial bateu Taco van der Hoorn na linha de chegada; Wout Van Aert manteve a camisa amarela, mas vantagem caiu para 13s

Chegada da 5ª etapa

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

Simon Clarke (Israel-Premier Tech) conquistou nesta quarta-feira (6 de julho) a vitória da etapa de paralelepípedos do Tour de France 2022. O australiano de 35 anos, em sua primeira vitória em etapas do Tour, fez parte do grupo inicial da fuga e bateu Taco van der Hoorn (Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux) na linha de chegada. Edvald Boasson Hagen(TotalEnergies) foi o 3º, a 2 segundos.

Wout van Aert (Jumbo Visma), que teve uma queda antes de começar os trechos de paralelepípedos, manteve a camisa amarela, mas sua vantagem caiu para 13 segundos. Neilson Powless (EF Education-EasyPost), que estava no grupo escapado e terminou a etapa em 4º, a 4 segundos, subiu para a vice-liderança. Edvald Boasson Hagen é agora o 3º, a 14 segundos.

“Depois do inverno que tive, quando não tinha equipe e a Israel me ligou e disse que me daria uma chance, isso me faz cair na realidade de que é preciso aproveitar ao máximo todas as oportunidades”, disse Clarke. “Ainda não acredito que acertei na linha. Taco estava bem à minha frente, com menos de 50m para a meta, eu apenas alinhei e rezei para que fosse o suficiente. Preciso assistir o replay”, completou.

A etapa, com 154 km entre Lille e Arenberg Porte du Hainaut, teve 19,4 km de paralelepípedos, em 11 trechos, cinco dos quais inéditos tanto na Paris-Roubaix quanto no Tour de France.

O titular da camisa de bolinhas Magnus Cort (EF Education-Easypost) voltou ao ataque mesmo sem nenhum ponto KOM em oferta na etapa. Edvald Boasson Hagen (TotalEnergies) e Taco van der Hoorn (Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux) o acompanharam. Simon Clarke (Israel-Premier Tech) lançou um contra-ataque e Neilson Powless (EF Education-Easypost) e Alexis Gougeard (B&B Hotels-KTM) responderam. O grupo que dominaria a fuga do dia estava formado. Van der Hoorn venceu o sprint intermediário em Mérignies (km 37,2) onde a vantagem do grupo era de 2’40’’.

Van Aert caiu no meio do pelotão no km 57, perdeu tempo, mas retornou antes do primeiro setor de paralelepípedos. A diferença de tempo da fuga era de 3′ entre o primeiro e o segundo setores de paralelepípedos. Enquanto favoritos da etapa como Peter Sagan e Mathieu van der Poel ficaram para trás, Jonas Vingegaard teve um pneu furado faltando 37 km para o final. Van Aert, que também teve dificuldades, esperou pelo seu companheiro de equipe dinamarquês. O próximo no chão foi Primoz Roglic, antes do quinto setor de paralelepípedos.

O camisa amarela Van Aert

Passagem por setor de pavé

O grupo líder foi reduzido para cinco homens depois que Gougeard caiu a 26 km do final. Jasper Stuyven atacou no setor 3 de paralelepípedos, Pogacar se juntou a ele, parecendo muito à vontade, embora sem nenhum companheiro de equipe ao seu lado. Boasson Hagen, Cort, Powless, Van der Hoorn e Clarke chegaram aos 10km do final com 45’’ de vantagem sobre Pogacar e Stuyven.

Cort perdeu contato no último setor de paralelepípedos, faltando 5 km, e Powless, que era o camisa amarela virtual, surpreendeu seus companheiros de fuga com um ataque no último quilômetro, mas foi alcançado a 400 metros da linha. Boasson Hagen estava um pouco à frente, depois Van der Hoorn, mas foi Clarke quem passou primeiro.

MELHORES MOMENTOS

TOP 3 DA ETAPA
1. Simon Clarke (Israel-Premier Tech) 03h13’35”
2. Taco van der Hoorn (Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux) m.t.
3. Edvald Boasson Hagen (TotalEnergies) a 2”

CLASSIFICAÇÃO GERAL
1. Wout van Aert (Jumbo-Visma) 16h17’22”
2. Neilson Powless (EF Education-EasyPost) a 13”
3. Edvald Boasson Hagen (TotalEnergies) a 14”

AS CAMISAS

Camisa amarela – líder da classificação geral – Wout van Aert (Jumbo Visma)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Wout van Aert (Jumbo Visma)
Camisa de bolinhas – líder da classificação de montanha – Magnus Cort Nielsen (EF Education-Easypost)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Tadej Pogacar (UAE Emirates)

Resultados completos aqui

Próxima etapa
A 6ª etapa, nesta quinta-feira (7 de julho), começa na Bélgica, em Binche, conhecida no ciclismo profissional como sede da equipe Intermarché-Wanty, mas talvez mais famosa em todo o mundo pelas cervejas trapistas. A etapa tem 220 km até Longwy em um longo dia nas Ardennes. A chegada é ainda mais difícil do que a da última vez que o Tour visitou Longwy. Atenção ao Mur de Pulventeux, a 6 km do final (800m de comprimento e média de 12%).

AS ETAPAS
Etapa 1 – 1 de julho – Copenhagen – Copenhagen – 13,2 km
Etapa 2 – 2 de julho – Roskilde – Nyborg – 202,5 km
Etapa 3 – 3 de julho – Vejle – Sønberborg – 182 km

Dia de transferência para a França – 4 de julho

Etapa 4 – 5 de julho – Dunkerque – Calais – 171,5 km
Etapa 5 – 6 de julho – Lille Métropole – Arenberg Porte du Hainaut – 154 km
Etapa 6 – 7 de julho – Binche – Longwy – 220 km
Etapa 7 – 8 de julho – Tomblaine – Super Planche des Belles Filles – 176,5 km
Etapa 8 – 9 de julho – Dôle – Lausanne – 186,5 km
Etapa 9 – 10 de julho – Aigle – Châtel les Portes du Soleil – 193 km

Dia de descanso – 11 de julho

Etapa 10 – 12 de julho – Morzine les Portes du Soleil – Megève – 148,5 km
Etapa 11 – 13 de julho – Albertville – Col du Granon – 152 km
Etapa 12 – 14 de julho – Briançon – Alpe d’Huez – 165,5 km
Etapa 13 – 15 de julho – Bourg d’Oisans – Saint-Étienne – 193 km
Etapa 14 – 16 de julho – Saint-Étienne – Mende – 192,5 km
Etapa 15 – 17 de julho – Rodez – Carcassonne – 202,5 km

Dia de descanso – 18 de julho

Etapa 16 – 19 de julho – Carcassonne – Foix – 178,5 km
Etapa 17 – 20 de julho – Saint-Gaudens – Peyragudes – 130 km
Etapa 18 – 21 de julho – Lourdes – Hautacam – 143,5 km
Etapa 19 – 22 de julho – Castelnau-Magnoac – Cahors – 188,5 km
Etapa 20 – 23 de julho – Lacapelle-Marival – Rocamadour – 40,7 km
Etapa 21 – 24 de julho – Paris la Défense Arena – Paris Champs-Élysées – 116 km

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine