Tour de France 2022: Houle conquista vitória solo na 16ª etapa

HomeCiclismo

Tour de France 2022: Houle conquista vitória solo na 16ª etapa

Canadense faturou sua primeira vitória na carreira e a dedicou ao irmão, que morreu atropelado enquanto pedalava

Hugo Houle no caminho da vitória

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

Hugo Houle (Israel-Premier Tech) venceu nesta terça-feira (19 de julho) a 16ª etapa do Tour de France. O canadense conquistou sua primeira vitória, e uma vitória solo, com vantagem de 1min10s sobre Valentin Madouas (Groupama-FDJ) e Michael Woods (Israel-Premier Tech), que ficaram em 2º e 3º, depois de se manter no grupo da fuga do dia.

“Nunca ganhei uma corrida. Acho que era o lugar certo para ganhar minha primeira! Eu ataquei para preparar para Michael Woods. Eu fui cheio de gás. Aguentei e sofri na subida íngreme. Eu sabia que com 30’’ ou 40’’ de vantagem no topo, eu conseguiria. Ainda faltava muito tempo com uma vantagem de apenas 20’’, mas nunca desisti. Nos setores técnicos, ganhei algum tempo. Vencer uma corrida era um sonho que eu tinha para homenagear meu irmão, que morreu há dez anos”, contou o canadense.

Houle se tornou o primeiro ciclista de Quebec e o segundo do Canadá (depois de Steve Bauer, em 1988, hoje diretor da equipe de Israel) a vencer uma etapa do Tour de France. O vencedor dedicou a conquista ao irmão falecido em 2012 após ser atropelado enquanto pedalava.

No percurso da etapa

Vingegaard e Pogacar

A etapa começou com 147 ciclistas; Jakob Fuglsang (Israel-Premier Tech, costelas quebradas), Lennard Kämna (Bora-Hansgrohe, resfriado) e Aurélien Paret-Peintre e Mikaël Chérel (AG2R-Citroën), que testaram positivo para Covid, não largaram.

Na classificação geral, Jonas Vingegaard (Jumbo Visma) manteve a camisa amarela após controlar os ataques de Tadej Pogacar (UAE Emirates) e os 2min2s de vantagem. Pogacar atacou três vezes na penúltima subida, sendo a terceira vez na linha do KOM, mas Vingegaard reagiu a todas.

“Hoje estou um dia mais perto de Paris. Eu esperava que Tadej Pogacar atacasse. Ele fez na penúltima subida e eu consegui igualar sua aceleração, que foi muito forte e não é fácil de seguir, então deu certo para mim. Vou tentar mantê-lo assim todos os dias. Nosso objetivo é vencer o Tour de France, e acho que cada ataque me deixa mais perto”, disse o líder.

MELHORES MOMENTOS

TOP 3 DA ETAPA
1. Hugo Houle (Israel-Premier Tech) 4h23’47”
2. Valentin Madouas (Groupama-FDJ) a 1’10”
3. Michael Woods (Israel-Premier Tech) m.t.

CLASSIFICAÇÃO GERAL
1. Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) 64h28’09”
2. Tadej Pogacar (UAE Emirates) a 2’22”
3. Geraint Thomas (Ineos Grenadiers) a 2’43”

AS CAMISAS
Camisa amarela – líder da classificação geral – Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Wout van Aert (Jumbo Visma)
Camisa de bolinhas – líder da classificação de montanha – Simon Geschke (Cofidis)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Tadej Pogacar (UAE Emirates)

Resultados completos aqui

Próxima etapa
Na 17ª etapa, nesta quarta-feira (20 de julho), com 130 km entre Saint-Gaudens e Peyragudes, o pelotão vai atravessar o Col d’Aspin pelo lado mais difícil, enfrentar a descida sinuosa para Loudenvielle, o Col d’Azet e, depois, a chegada na estação de esqui em Peyragudes.

A 17ª etapa será nas alturas e vai escalar o Col d’Aspin pelo lado mais difícil

AS ETAPAS
Etapa 1 – 1 de julho – Copenhagen – Copenhagen – 13,2 km
Etapa 2 – 2 de julho – Roskilde – Nyborg – 202,5 km
Etapa 3 – 3 de julho – Vejle – Sønberborg – 182 km

Dia de transferência para a França – 4 de julho

Etapa 4 – 5 de julho – Dunkerque – Calais – 171,5 km
Etapa 5 – 6 de julho – Lille  – Arenberg Porte du Hainaut – 154 km
Etapa 6 – 7 de julho – Binche – Longwy – 220 km
Etapa 7 – 8 de julho – Tomblaine – Super Planche des Belles Filles – 176,5 km
Etapa 8 – 9 de julho – Dôle – Lausanne – 186,5 km
Etapa 9 – 10 de julho – Aigle – Châtel les Portes du Soleil – 193 km

Dia de descanso – 11 de julho

Etapa 10 – 12 de julho – Morzine les Portes du Soleil – Megève – 148,5 km
Etapa 11 – 13 de julho – Albertville – Col du Granon – 152 km
Etapa 12 – 14 de julho – Briançon – Alpe d’Huez – 165,5 km
Etapa 13 – 15 de julho – Bourg d’Oisans – Saint-Étienne – 193 km
Etapa 14 – 16 de julho – Saint-Étienne – Mende – 192,5 km
Etapa 15 – 17 de julho – Rodez – Carcassonne – 202,5 km

Dia de descanso – 18 de julho

Etapa 16 – 19 de julho – Carcassonne – Foix – 178,5 km
Etapa 17 – 20 de julho – Saint-Gaudens – Peyragudes – 130 km
Etapa 18 – 21 de julho – Lourdes – Hautacam – 143,5 km
Etapa 19 – 22 de julho – Castelnau-Magnoac – Cahors – 188,5 km
Etapa 20 – 23 de julho – Lacapelle-Marival – Rocamadour – 40,7 km
Etapa 21 – 24 de julho – Paris la Défense Arena – Paris Champs-Élysées – 116 km

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine