Brasil Ride 2022: Avancini e Marcella Toldi vencem 2ª etapa

HomeCompetiçõesMountain bike

Brasil Ride 2022: Avancini e Marcella Toldi vencem 2ª etapa

Avancini segura a liderança da classificação geral da categoria individual com 28 segundos à frente de Gustavo Xavier

Pódio da Elite individual

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/Brasil Ride

Após a 2ª etapa ter sido adiada por causa das chuvas, na segunda-feira, a disputa da ultramaratona Brasil Ride 2022 foi retomada nesta terça-feira em Arraial d’Ajuda, na Bahia. Na solo elite masculina, Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing) bateu Gustavo Xavier (Specialized Racing BR) e Hans Becking (Buff Megamo Team) e manteve a liderança da classificação geral, com 28 segundos. Xavier é o 2º e Becking o 3º, a 46 segundos.

O percurso teve 57,2 km e 711m de altimetria acumulada e, apesar de não ser uma etapa muito técnica, o trajeto teve trechos de downhill e singletrack.

“Por enquanto estou em boa forma física e me senti bastante confiante e sob controle durante toda a prova. O percurso foi duro, muitas subidas, trilhas extremamente molhadas e pesadas, foi desafiador. Apesar da vitória, tenho grandes oponentes, e qualquer vantagem que puder ter agora é boa”, disse Avancini.

Marcella Toldi venceu com 6 minutos de vantagem a 2ª etapa

A brasileira Marcella Toldi (Johny Lin / Ciclovia Rio Pinheiros) (2h48m32s) tirou a diferença do quarto lugar da etapa inicial ao vencer com 6 minutos de vantagem. A espanhola Anna Jördens (Doctore Bike 2) foi a 2º e a alemã Naima Diesnera 3ª. Na classificação geral, Marcella Toldi tem 3min22s de vantagem sobre a espanhola e 11min03s sobre a alemã. A líder anterior, Paula Gallan, caiu para a 4ª colocação, a 12min19s.

“Larguei e abri vantagem e, quando cheguei no primeiro singletrack quebrei um raio da roda. Nesse ponto não vi mais as meninas e segui para o tudo ou nada. A Anna (Jördens) me acompanhou por um tempo, mas não estava conseguindo fazer a subida, então continuei no meu ritmo, para garantir a posição, pois não dá pra saber como vai ser amanhã. Em uma das subidas um cara caiu na minha frente, me derrubou e meu câmbio quebrou. Os últimos 10 km foram de desespero, olhando para trás e encaixando marcha na mão. Vim com que deu e foi maravilhoso”, contou Marcella Toldi.

Nesta quarta-feira, a 3ª etapa começa em Arraial d’Ajuda e segue até Guaratinga. O percurso tem 128 km e 2.660 m de altimetria.

Classificação Etapa 2:
Masculino
1- Henrique Avancini – Cannondale Factory Racing – 2h15m42s
2- Gustavo Xavier – Specialized Ranking BR – 2h15m43s
3- Hans Becking (HOL) – Buff Megamo Team 2h15m44s

Feminino
1- Marcella Toldi – Johny Lin / Ciclovia Rio Pinheiros – 2h48m32s
2- Anna Jördens (ESP) – Doctore Bike 2 – 2h48m32s
3- Naima Diesner (ALE) – Brasil Ride – 2h55m21

Dupla Feminina
1 – Daniela Hackenhaar e Fabiane Cunha – Unidas Aluguel de Carro – 5h26m09s
2 – Bárbara Domingues e Fernanda Mafra – Babi/Fefe – 6h01m43s

Dupla Mista
1 – Thales Souza e Celina Carpinteiro (POR) – BTT Loulé Elevis Seleção Castroalvense MTB – 3h48m23s
2 – Fabio Oliveira e Daniele Rios – Seleção Castroalvense MTB Dantas Bike – 3h57m00s
3 – Felipe Costa e Sabrina Gobbo – Galera do Pedal/ USA – 4h03m23s

Dupla Open
1 – Lucio Soares e Paulo Vieira – Mercado da Bike Arantes Race/ B. Aventuras – 3h20m03
2 – Breno Luca e André Aikawa – Bike Tech Brasília – 3h28m04s
3 – Rodolfo Borges e Pedro Moura – One Elo – 3h30m45s

Todos os resultados podem ser conferidos aqui