Vale Europeu terá Red Bull Gravel X, com 288km em 2 etapas

HomeCompetiçõesGravel

Vale Europeu terá Red Bull Gravel X, com 288km em 2 etapas

Competição será nos dias 3 e 4 de dezembro; Henrique Avancini e o português Tiago Ferreira estão confirmados

Avancini estará na disputa em Santa Catarina Foto: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool

Do Bikemagazine
Foto de divulgação

Primeiro evento de travessia gravel do Brasil, o Red Bull Gravel X será nos dias 3 e 4 de dezembro, com o limite de 200 participantes. O percurso é de 288 km no Vale Europeu, em Santa Catarina, com passagens por Timbó, Doutor Pedrinho e Altos Cedros. Entre os confirmados estão Henrique Avancini, o português Tiago Ferreira, a ciclista Ana Paula Polegatch e a triatleta Bia Neres.

“A participação deles reforça o potencial que o ciclismo gravel ganhou nos últimos tempos. Permite que ciclistas explorem a modalidade nesse novo formato, com diversidade de terreno e diferentes graus de dificuldades que o cicloturismo pode proporcionar. Estes fatores também são determinantes para a realização do primeiro evento de travessia gravel do Brasil no Vale Europeu de Santa Catarina, que se consolida como um dos mais desejados destinos de ciclistas”, afirma Ana Lidia Borba, CEO da Flows, que realiza o evento esportivo.

O gravel é a grande novidade do ciclismo nos últimos anos. As bicicletas de gravel misturam características das bikes de estrada, como o guidão curvo e a postura mais agressiva do ciclista, e das mountain bikes, especialmente em relação aos pneus mais largos e com menor pressão. O Red Bull Gravel X traz ao Brasil o formato travessias gravel, já usado nos EUA e Europa.

Em seu formato original, os eventos gravel são de longa duração, com percursos de ponto a ponto, mesclando estradas pavimentadas, de terra e cascalho. No Red Bull Gravel X não será diferente. Os atletas percorrerão todo o Circuito do Vale Europeu, normalmente feito em até sete dias no roteiro de cicloturismo, em duas etapas, uma etapa por dia, em 3 e 4 de dezembro.

A base do evento será em Timbó. Na cidade que marca o início oficial do roteiro de cicloturismo no Vale Europeu Catarinense, os atletas largam para a primeira das duas etapas. O percurso tem 156 km, mais de 2.300 metros de altimetria acumulada e 75% em estradas de terra. A chegada será na cidade de Doutor Pedrinho. Ao término da primeira etapa, os atletas deixarão suas bicicletas preparadas para a segunda etapa e retornam em transfer da organização para Timbó.

Os transfers serão realizados por estrada de asfalto, não utilizada pela prova, têm duração de 35 minutos e estão inclusos na inscrição do evento. Na manhã de domingo (4/12), os atletas serão levados para Doutor Pedrinho, que sedia a largada da segunda etapa. Os ciclistas vão encarar 132 km, mais de 2.400 metros de altimetria acumulada e estradas de terra, em terreno ondulado, A chegada da segunda etapa será em Timbó.

O evento tem premiação em dinheiro para os três primeiros colocados no geral, masculino e feminino, e com troféus conforme categorias de faixa-etária. As inscrições podem ser feitas a partir do site oficial do evento.

Van der Poel lidera grupo no Mundial de Gravel

Em 2022, a UCI (União Ciclística Internacional) realizou pela primeira vez um Campeonato Mundial de Gravel, na Itália (leia mais aqui). A partir do ano que vem, passará a chancelar também um circuito internacional. Atualmente, a grande referência da modalidade é a Unbound Gravel Race, realizada anualmente no Colorado, nos EUA. O evento reúne mais de 4.000 atletas ao longo de quatro dias, incluindo competições de 25, 50, 100 e 200 milhas.

O Red Bull Gravel X é realizado pela Flows, com patrocínio de Soul Cycles, apoio de Goodyear, Strava, Nomad e Timbó Park Hotel, hotel oficial do evento, e tem o apoio institucional da Prefeitura de Timbó.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas no site oficial do evento.