Brasileiro de MTB Eliminator terá 1ª edição dia 2 de dezembro

HomeCompetições

Brasileiro de MTB Eliminator terá 1ª edição dia 2 de dezembro

Disputa do título será na abertura do evento MTB Weekend, em Nova Lima, Minas Gerais, que também terá o título do e-MTB

Eliminator tem quatro atletas por bateria Foto: Marcelo Rypl/CIMTB

Do Bikemagazine
Foto de divulgação

O MTB Weekend, de 2 a 4 de dezembro, na Lagoa dos Ingleses, em Nova Lima (MG), vai contar com a primeira edição do Campeonato Brasileiro de MTB Eliminator (XCE). O título nacional do e-MTB também será disputado no evento, que ainda terá provas de cross country olímpico (XCO) e marathon (XCM)

O Campeonato Brasileiro de Eliminator será na sexta-feira (2 de dezembro), com o início das baterias às 15h. Para a disputa dos campeões das elites masculina e feminina podem participar atletas filiados a partir de 17 anos, ou seja, a partir da categoria Júnior.

Esta é a primeira vez que a CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo) realiza o Campeonato Brasileiro dessa modalidade, que tem crescido mundo afora. O circuito terá cerca de 500 metros, localizado ao redor da arena do MTB Weekend.

“A modalidade, que é realizada em pista curta e com baterias de quatro ciclistas, precisa ter uma pista larga, mas ao mesmo tempo ter atrações, que são as dificuldades técnicas, sempre com pontos de ultrapassagem. Um circuito menor, mas interessante. Quem se beneficia nessa disputa é o público”, explica Christian Wagner, um dos fundadores do Projeto Trilhas, sobre o percurso.

Entre as atletas que se destacam na modalidade está Marcela Lima, bicampeã brasileira de MTB XCO da categoria Sub 23, que começou 2022 com vitória na etapa inaugural da Copa do Mundo UCI de MTB Eliminator 2022 em Abu Dhabi (leia mais aqui).

Disputa em etapa da Copa do Mundo de XCE Foto: UCI

Enquanto o MTB Eliminator abre a disputa do evento na tarde de sexta-feira, a disputa de bikes elétricas no XCO marca o encerramento na tarde de domingo. “Para quem ama o mountain bike, o MTB Weekend é o momento certo para curtir e confraternizar nesse final de ano. Preparamos um espaço com shows, food trucks, cerveja gelada, uma feira com expositores e, claro, muito MTB. Conseguimos reunir Campeonatos Brasileiros de Bikes Elétricas e Eliminator, Campeonato Mineiro de XCO e, incluímos ainda, para os amadores e iniciantes, o Desafio Novalimense de Maratona. O melhor de tudo isso é o local maravilhoso, o Mirante da CSul, usando as famosas trilhas da região, que já possuem um grande fluxo de usuários”, comenta Rogério Bernardes, organizador do evento.

As pistas terão suas especialidades para favorecer a disputa de cada uma das modalidades. No Brasileiro de E-MTB e no Mineiro de XCO a pista será praticamente a mesma, na Trilha Sauser, com pequenas alterações de uma prova para a outra. Trata-se de um percurso bem veloz, com trechos técnicos, de bike park, e partes em mata fechada.

“Novidades virão por aí. Há um trecho inicial com algumas mesas, pulos e escoras. O Drop da Sauser no meio dela, que é muito interessante de assistir. Um circuito realmente completo, com pouco mais de 5 km. A descida do “S”, a primeira da pista, é muito desafiadora. E os atletas passam por lá em alta velocidade”, diz Christian Wagner, do Projeto Trilhas.

O Projeto Trilhas, pensando no legado da Trilha Sauser, vem fazendo alterações para transformar esta trilha em uma pista de bicicleta para competições, tanto para as bikes elétricas, quanto para as convencionais. A categoria E-Bike terá desafios na descida e também desafios técnicos em subidas. Para isso, a organização vem criando trechos desafiadores de subidas, para que os atletas consigam utilizar ao máximo as suas bikes elétricas.

“Vale ressaltar também que estamos trabalhando para que haja provas em qualquer momento do ano no local, seja na chuva ou no seco, e que a trilha não deteriore. Estamos fazendo pontos de ultrapassagem, estamos fazendo drenagens para condições mais assertivas pensando no molhado. Colocando pedras e madeira, pensando em como dissipar a água o mais rápido possível e trabalhando bem regiões de solo mole, principal desafio para que a trilha não gere erosões”, comenta Christian.

“Para quem quer se divertir, a E-Bike garante uma diversão maior. Mais voltas em menos tempo e diversão tanto na subida quanto na descida. Eu pratico os dois tipos de modalidades, mas para quem é competidor nato, o XCO “raiz”, ou seja, sem o motor, torna a competição mais igual para todo mundo. O motor privilegia quem é mais leve e tem mais experiência na E-Bike. A bicicleta sem motor é uma disputa perna a perna. Mas, fato é que o MTB Weekend tem possibilidades para todo mundo. Quem vier competir, vai adorar”, complementa o representante do Projeto Trilhas.

Rogério Bernardes destaca ainda o fato de, em três das quatro competições – os dois Campeonatos Brasileiros e o Desafio Novalimense de Maratona -, haver a possibilidade de correr de bike elétrica.

“Fizemos uma agenda de provas para atender a todos os amantes do mountain bike e os usuários de bikes elétricas. Sexta (2) teremos o Eliminator com categoria para elétricas, numa prova que privilegia a explosão física. Sábado (3) teremos a Maratona com uma categoria de bikes elétricas para os iniciantes e amadores, que querem curtir o evento em suas bikes em um circuito tranquilo. E, no domingo (4), uma prova de XCO para quem curte pistas velozes e desafiadoras. Temos, inclusive, várias pessoas que estarão participando em todas as três provas citadas, com suas E-MTB”, conta Rogério.

Pista da Maratona
Já a pista do Desafio Novalimense de Maratona terá um percurso de cerca de 15 km por volta. Cada categoria terá um número de voltas a ser realizado, estipulado em regulamento e disponível no site do MTB Weekend. No entanto, diferente do XCO, não tem um desafio técnico tão grande, ou seja, acaba sendo indicado para quem tem uma menor experiência no ciclismo.

“A Maratona será em trilhas mais tranquilas e abertas, porém muito divertidas. Teremos a parte da volta da lagoa, trechos construídos pelo Projeto Trilhas, e também partes de estradão. Um circuito de 15 km montado pela equipe da CIMTB. Vejo essa opção como ideal para quem não se sente confortável tecnicamente no XCO. É um evento com menos intensidade. Retas maiores, subidas menos pontuais. A cadência é maior e não há aceleração o tempo inteiro. Isso gera um perfil específico de praticante do mountain bike”, conta Christian Wagner.

Mais informações e inscrições no site oficial do evento

Sobre o MTB Weekend
Realizado pela Prefeitura Municipal de Nova Lima por meio da Secretaria de Turismo e organizado pela CIMTB o MTB Weekend conta com os patrocínios de Sense Bike e CSul, co-patrocínio de Probiótica, apoios de Arrival, Açaí Fresh e Cervejaria 040, e a parceria institucional de Associação Geral, Centro Comercial e Projeto Trilhas. A supervisão fica por conta da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e da Federação Mineira de Ciclismo (FMC).