Brasileiro de e-MTB: Sherman Trezza e Patrícia Loureiro são os campeões

HomeCompetições

Brasileiro de e-MTB: Sherman Trezza e Patrícia Loureiro são os campeões

Prova encerrou o evento MTB Weekend neste domingo em Nova Lima, em Minas Gerais; confira o Top 5 da disputa

Pódio do disputa do masculino Foto: Ultrafotos

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

Sherman Trezza e Patrícia Loureiro são os campões brasileiros de e-MTB 2022. A conquista do título foi neste domingo (4 de dezembro), no evento MTB Weekend, em Nova Lima (MG). Trezza faturou o título brasileiro pela primeira vez e Patrícia Loureiro é campeã pela segunda vez, depois da conquista de 2019.

No masculino, após seis voltas completadas – cada uma com 5,75 km – totalizando 34,5 km, Sherman Trezza encerrou com o tempo de 1h19min08s. Rubens Valeriano foi o segundo, com 1h20min04s e José Gabriel Marques o terceiro, com 1h22min16s. O pódio foi completado por Roger Renso e Pedro Hilo. Lukas Kaufmann, Mario Couto, Gabriel Giovaninni, Luiz Cocuzzi e Diego Knob completaram as 10 primeiras colocações.

“Super feliz com meu resultado, conquistando o título brasileiro. Temos que valorizar o fato de neste ano o Brasileiro de E-MTB XCO ter sido separado do Brasileiro de XCO de bike convencional, porque deu oportunidade há um maior número de atletas de competirem na prova. Uma modalidade nova, não só para o Brasil mas também para os países do exterior. Começamos a ter agora ciclistas especialistas em e-bike, que vai ser a tendência no futuro. Esta é uma grande ferramenta, para nós atletas profissionais e também para atrair novos adeptos ao ciclismo”, comentou Sherman Trezza.

“Confesso que não desenhei nenhuma estratégia específica para esta prova, porque era tudo novo para mim. Foi a primeira vez que competi em uma corrida de bike elétrica. Assim, não sabia como meu corpo se comportaria e como as coisas iriam transcorrer. Fazer uma largada boa era crucial para obter um bom resultado. Consegui encaixar bem no começo e iniciar em terceiro lugar, para depois alcançar a ponta e daí em diante me concentrei, para não errar em momento nenhum”, avaliou Sherman.

Trezza na vitória em Nova Lima Foto: Ultrafotos

No feminino, o título de campeã brasileira ficou nas mãos da ciclista mais experiente do pelotão, Patrícia Loureiro. Ela conquistou seu bicampeonato na e-MTB o 12º título nacional, nas mais diversas modalidades do mountain bike.

“É maravilhoso ser campeã. É sempre uma delícia conquistar um título. Nós treinamos muito, para conseguir atingir feitos como esse. Já fui campeã brasileira de downhill diversas vezes e, além desses dois títulos de E-MTB XCO, este ano conquistei o título nacional de E-Enduro”, comemorou Patrícia. “Ao meu ver, a largada na corrida de E-MTB XCO era o ponto mais importante. Se eu tivesse largado mal, mais para atrás no pelotão, seria muito difícil para mim em uma pista com trechos estreitos e extremamente técnica como essa. Ou seja, perderia muito tempo para fazer ultrapassagens. Essa era a parte mais importante”, completou.

Patrícia Loureiro dominou a prova do começo ao fim, não dando muitas chances para suas adversárias. O vice-campeonato ficou com Marcela Lima, ciclista local da região, seguida da paulista Stefanye Silva, atual campeã de e-MTB XCO na principal prova do país, a CIMTB. O top 5 teve ainda Letícia Coura, ciclista de Nova Lima, e Fabiana Brandão, ambas ciclistas que travaram uma bela disputa pela quarta colocação.

Pódio do feminino Foto: Ultrafotos

TOP 5
MASCULINO
1 – Sherman Trezza de Paiva: 1h19’08”
2 – Rubens Donizete Valeriano: 1h20’04”
3 – José Gabriel Marques de Almeida: 1h22’16”
4 – Roger Renso Silva: 1h22’39”
5 – Pedro Hilo de Almeida Bertallo: 1h22’57”

FEMININO
1 – Patrícia Loureiro – 1h20’10”
2 – Marcela Lima – 1h26’23”
3 – Stefanye Silva – 1h26’59”
4 – Letícia Coura – 1h31’01”
5 – Fabiana Brandão – 1h31’05”

Giro d-italia