Cape Epic: Nino Schurter fará dupla com Andri Frischknecht

HomeCompetiçõesMountain bike

Cape Epic: Nino Schurter fará dupla com Andri Frischknecht

Campeão mundial suíço vai buscar sua terceira vitória na ultramaratona na África do Sul, agora com um novo parceiro

Schurter em passagem por trecho da 2ª etapa da Cape Epic 2022 Foto: Simon Pocock

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/Cape Epic

O campeão mundial Nino Schurter estará de volta à ultramaratona Cape Epic nesta temporada, que será disputada de 19 a 26 de março. Seu novo parceiro será o suíço Andri Frischknecht, de 28 anos, seu colega de equipe Scott-Sram.

Vale destacar que Andri é filho de Thomas Frischknecht, diretor da equipe, e neto de Peter Frischknecht, dois nomes importantes na história do MTB e do ciclocross da Suíça.

Schurter venceu a Cape Epic em 2017 com Matthias Stirnemann e em 2019 com Lars Forster. Agora, em 2023, retorna em busca de seu terceiro título. Se Schurter e Frischknecht vencerem, o atual campeão mundial de XCO passaria do nível de Burry Stander e Roel Paulissen, com duas vitórias, para o de Jaroslav Kulhavý e Stefan Sahm, com três vitórias. Os recordes, entretanto, não motivam Schurter. “Estou motivado para dar tudo. Se for o suficiente para a vitória, isso seria super emocionante. Mas é menos sobre perseguir recordes”, destacou.

“Evito fazer qualquer previsão de como outras equipes ou mesmo como nós iremos nos comportar e correr. Aprendi que a corrida pode facilmente acontecer nos dois sentidos, para o bem ou para o mal, como vivemos no ano passado. Gosto do percurso da prova deste ano. A equipe que estiver em melhor forma, com a maior sorte, durante os oito dias, vencerá a corrida”, afirmou Schurter.

Andri Frischknecht,disputa prova de ciclocross na Suíça

O novo parceiro de Schurter lembra que, em 2017, era ele o escolhido para a disputa. “Deveríamos competir juntos em 2017, quando Nino venceu com Matthias Stirnemann. Mas, antes da corrida, tive problemas no joelho. Em uma prova como essa o importante é me comunicar com meu parceiro e também me divertir, porque a corrida em si é difícil o suficiente para o corpo, então você tem que estar de bom humor para dar o seu melhor.”

Schurter gosta de treinar em Stellenbosch, onde tem uma casa, e de passar um tempo na África do Sul. “Eu realmente amo a cultura e o estilo de vida deles. Para alguém como eu, que vive em um país frio durante os meses de inverno, aprecio tremendamente a excelente infraestrutura de treinamento ao redor de Stellenbosch. Existem ótimas trilhas, boas instalações de treinamento e, o mais importante, excelente clima. Tudo isso também é facilmente acessível, pois podemos voar direto da Suíça para a Cidade do Cabo sem alterar os fusos horários.”

LEIA MAIS
Cape Epic 2023 revela percurso, com 15.775m de escalada em oito dias
Ultramaratona Cape Epic abre novas categorias de faixa etária

Site oficial do evento