Volta de San Juan: Vinicius Rangel confirmado na Movistar

HomeCiclismo

Volta de San Juan: Vinicius Rangel confirmado na Movistar

Novo campeão brasileiro de estrada, ciclista terá ao seu lado o colombiano Fernando Gaviria, que estreia na Movistar

Vinicius Rangel no Tour de Langkawi 2022 Foto: SprintCyclingAgency©

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

A Volta de San Juan 2023, que começa dia 22 de janeiro e vai até o dia 29, na Argentina, ainda não divulgou seu start list, mas um nome confirmado vai garantir a atenção dos fãs brasileiros: Vinicius Rangel, da Movistar.

Vinicius, em entrevista ao Bikemagazine, confirmou que estará na disputa e disse estar feliz em começar a temporada justamente em San Juan, onde uma parte importante de sua história começou, ao estrear no pelotão profissional, aos 18 anos, na edição da corrida de 2020, a última realizada, já que as de 2021 e 2022 foram canceladas por causa da pandemia.

“Para mim é gratificante estar de volta, ainda mais em uma equipe World Tour”, disse o brasileiro, que, em 2020 integrou a seleção brasileira e terminou em 5º na classificação final da Sub 23. No final daquela temporada, Vinicius foi o único brasileiro com lugar no ranking mundial do ciclismo de estrada da UCI (União Ciclística Internacional) por causa dos 5 pontos conquistados em San Juan, que acabaram garantindo ao Brasil um lugar no ranking das nações, na 92ª colocação entre os 94 países que pontuaram.

Vinicius Rangel em San Juan em 2020

Ao seu lado em San Juan estarão o colombiano Fernando Gaviria, que fará sua estreia na equipe espanhola, e o colombiano Einer Rubio, que deve lutar pela camisa de montanha. “A equipe está bem, para a montanha será o Rubio, para os sprints o líder será o Gaviria, que está entrando na equipe agora, é muito conceituado e recordista de vitórias em etapas em San Juan. Acredito que ele vai estar muito bem. O objetivo é ajudar a equipe, até porque a gente vai para ganhar, mas meu objetivo pessoal é ser melhor do que fui da primeira vez. Quero me sentir melhor, estar correndo e não apenas participando”, continua Vinicius.

Entre a estreia em 2020 e o início de temporada em 2023 muita história aconteceu. “Sim, muita coisa passou, tive muito aprendizado, acredito que evoluí muito, realmente estou sendo profissional, é realidade, é profissão”, destaca Vinicius, atual campeão brasileiro de estrada Elite e Sub 23 e que leva, desde o final de 2022, a bandeira nacional no uniforme no pelotão World Tour após uma ausência de 11 temporadas – Murilo Fischer foi o último a usar a camisa de campeão nacional, em 2011.

Em 2021, Vinicius conquistou um comemorado 9º lugar no Mundial em Flanders, na Sub 23, e sua ida para a Movistar começou a ser planejada. Naquela época, o brasileiro estava na equipe espanhola Telco.m/On Clima, que o recebeu para o fim da temporada 2021. Sua trajetória na Espanha começou em 2019, na Valverde Team-Terra Fecundis, projeto do campeão mundial de 2018 Alejandro Valverde. Em 2020 a pandemia atrapalhou os planos, mas Vinicius conseguiu retornar às competições na Europa e conquistar vitórias.

Vinicius começou a carreira no ciclismo na equipe Campos Speed Cycling, de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, quando se destacou nos Jogos Escolares da Juventude. Em 2015, aos 14 anos, venceu o título de campeão brasileiro de contrarrelógio na categoria Infanto-Juvenil. Venceu novamente o título em 2016 e também o de resistência e foi chamado para integrar a seleção brasileira. Desde então vem colecionando conquistas.

LEIA MAIS
Reportagens com Vinicius Rangel no Bikemagazine