Flückiger fala sobre suspensão por doping na quinta-feira

HomeCompetiçõesMountain bike

Flückiger fala sobre suspensão por doping na quinta-feira

Suíço que testou positivo para anabolizante conseguiu reverter suspensão, voltou a competir e foi o 6º na disputa em Banyoles

Flückiger na disputa em Banyoles, em seu retorno às competições

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

Na próxima quinta-feira, 2 de março, Mathias Flückiger vai receber a imprensa no Haus des Sports, em Ittigen, na Suíça, para falar sobre seu processo de suspensão por doping. Será a primeira vez que o medalhista de prata do MTB XCO dos Jogos de Tóquio vai apresentar seu lado do caso.

O suíço, que sempre alegou inocência, testou positivo para o anabolizante zeranol durante o Campeonato Suíço de MTB, em junho de 2022 (leia mais aqui). A suspensão foi revisada pela Câmara Disciplinar do Esporte da Suíça e ele conquistou seu lugar de volta na equipe Thömus Maxon Swiss Mountain Bike Racing no final do ano, após quatro meses.

Flückiger voltou às corridas na etapa de Banyoles da Copa Catalana, no final de semana (leia mais aqui), com os 15 melhores do ranking mundial UCI na disputa. Terminou em 6º, após lutar para ficar nas primeiras posições e ter um papel fundamental ao ajudar o grupo perseguidor a caçar o trio da frente. Sua entrega na perseguição definiu o rumo da corrida e ele estabeleceu o melhor tempo em 2 das 6 voltas.

Flückiger na prova do XCO em Banyoles, na Copa Catalana

Em dezembro, quando a suspensão provisória foi retirada, Flückiger escreveu em suas redes sociais: “Os últimos quatro meses foram os meses mais difíceis da minha vida. Minha suspensão provisória, que nunca deveria ter sido efetivada, finalmente foi revogada. É um sucesso intermediário em direção à justiça e à verdade. Mas infelizmente o caso ainda não está encerrado. A incerteza constante, os meses de espera, as acusações infundadas devem finalmente chegar ao fim. Agradeço a todos vocês que me apoiaram neste momento tão difícil e a todos vocês que não me pré-julgaram!”

Mas o caso não não é considerado encerrado até a decisão final da Swiss Sport Integrity. O nome de Flückiger está quase limpo e seu foco está em voltar ao lugar de onde parou. O atleta foi suspenso às vésperas dos campeonatos continentais europeus e afastado da seleção suíça no Mundial, que aconteceu uma semana depois, onde era um dos favoritos. Em vez disso, Nino Schurter venceria. Em mais de 100 dias provisoriamente suspenso, perdeu campeonatos importantes e as rodadas finais da Copa do Mundo de MTB. Há um longo caminho a percorrer e ele mostrou, em Banyoles, que está pronto.