Desafio do Tour Mesa do Imperador é neste domingo no Rio de Janeiro

HomeCiclismo nacional

Desafio do Tour Mesa do Imperador é neste domingo no Rio de Janeiro

Com 4,6km de extensão e altimetria de 424 metros, corrida terá largada na rua Marquês de Sabará, no Jardim Botânico

Equipe feminina Dellas Cycling é presença garantida no evento

Do Bikemagazine
Foto de divulgação

O Desafio do Tour Mesa do Imperador, prova chancelada pela Confederação Brasileira de Ciclismo e pela Fecierj, será realizado neste domingo, dia 19 de março, no Rio de Janeiro. Com uma das pontuações mais altas, Classe 4, a prova classifica equipes nacionais para o Tour do Rio.

Com 4,6km de extensão e altimetria de 424 metros, o Desafio do Tour Mesa do Imperador terá largada na rua Marquês de Sabará, no Jardim Botânico.

A prova recompensa os participantes com paisagens deslumbrantes da Cidade Maravilhosa, como a Cachoeira do Horto e a Vista Chinesa.

Entre as motivações que levam centenas de ciclistas profissionais e amadores a enfrentar a difícil subida da Mesa do Imperador está a busca pelo recorde Strava, onde atletas utilizam a renomada plataforma de rastreamento esportivo para registrarem seus melhores tempos.

Atual recordista feminina na Mesa do Imperador, com um tempo de 19min16s, a brasileira Tota Magalhães instiga as “rivais” a perseguirem sua meta.

Vivendo atualmente na Itália, onde integra a equipe Bizkaia-Durango, ela convida as ciclistas brasileiras ao Desafio.

“Quero convocar a mulherada para bater o meu tempo na Mesa do Imperador, para quem sabe, quando eu voltar ao Brasil de férias, talvez eu tenha que ir lá bater de novo”, brinca.

Segundo Rosana Fortes, Senior Country Manager do Strava, o Desafio fortalece o ciclismo brasileiro e prepara os atletas profissionais para as principais disputas da temporada.

“A comunidade brasileira no Strava é a segunda maior do mundo e o segmento da Vista Chinesa é um dos mais icônicos na plataforma. Não poderíamos ficar de fora dessa competição”, afirma.

Para Felipe Marques, que lidera o ranking de Elite da CBC, além de ser o último campeão na Mesa do Imperador, a prova eleva o nível do ciclismo brasileiro.

“O Desafio do Tour foi uma prova que marcou muito minha carreira, nível altíssimo e a cada ano que passava me via evoluindo nesse grande evento. Fui feliz por estar em pódio na última edição. É muito importante o retorno dessa competição, para elevar o nível do ciclismo brasileiro, com percursos dignos de um verdadeiro espetáculo para nosso esporte, sem contar das belíssimas paisagens do estado do Rio de Janeiro”, afirmou o atleta que também venceu a última etapa do Desafio do Tour, em Miguel Pereira, em 2022.

Para Pedro Dau de Mesquita, sócio-diretor da empresa 213 Sports, organizadora do evento, a adesão de atletas de elite ao Desafio do Tour Mesa do Imperador mostra o potencial do ciclismo brasileiro e a demanda por provas com elevado nível técnico e organizacional.

“Quando abraçamos a plataforma Tour do Rio percebemos como os atletas brasileiros estavam carentes de provas de alto nível no país. Muitos tiveram de continuar suas carreiras no exterior. Nosso objetivo é resgatar o grande legado do evento para a comunidade, permitindo que novos talentos sejam desenvolvidos e que o esporte ganhe popularidade no país”, afirma.