Milão-San Remo: clássica será disputada neste sábado

HomeCompetiçõesCiclismo

Milão-San Remo: clássica será disputada neste sábado

Pogacar está entre os favoritos para a disputa, que nesta temporada não vai largar de Milão pela primeira vez em 114 edições

Um dos belos trechos da Classicissima – Foto de Fabio Ferrari

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

A Milão-San Remo, a primeira Clássica Monumento da temporada, será disputada neste sábado (18 de março) com um pelotão de nomes que se destacaram nas duas primeiras provas por etapas do World Tour, a Paris-Nice e a Tirreno-Adriático.

Entre os favoritos estãoTadej Pogacar (UAE Team Emirates), Mathieu Van der Poel (Alpecin Deceuninck), Wout van Aert (Jumbo Visma)  e Tom Pidcock (Ineos Grenadiers). O vencedor de 2022, Matej Mohorič (Bahrain Victorious), também comparece. Veja start list no site oficial

A prova conta com as 18 equipes World Tour, mais a Israel-Premier Tech, Lotto-Dstny e TotalEnergies (as melhores classificadas das ProTeams) e as convidadas Eolo-Kometa, Green Project-Bardiani, Q36,5 e Tudor, que formam um pelotão com 175 ciclistas.

No percurso da clássica em 2022

Nesta edição, pela primeira vez em 114 edições, a corrida não começa em Milão. A largada será em Abbiategrasso, uma localidade a cerca de 25 km, seguindo em direção a Pavia onde entra no percurso original.

As principais dificuldades situam-se nos últimos 50 km, com destaque para a subida da Cipressa, com cerca de 5,6 km de extensão com uma inclinação de 4,1%, situada a 20 km da meta. Segue-se uma descida muito técnica e a subida de Poggio Sanremo, que começa a 9 km do final, com a extensão de 3,7 km e uma desnível médio de 3,7%, numa estrada estreita com curvas fechadas até San Remo. A última curva fica situada a 750 metros da linha de chegada, instalada na Via Roma.

No Brasil a prova pode ser acompanhada ao vivo no Dsports (Sky/DirecTV GO) com narração em português de Sidney White e comentários de Leandro Bittar e na RAI internacional.

VEJA O PERCURSO


História

A primeira edição da Milão – San Remo foi realizada em 14 de abril de 1907, na qual compareceram para a largada 33 dos 60 ciclistas inscritos e apenas 14 conseguiram chegar até o final, com vitória do francês Lucien Petit-Breton que gastou 11h04min para percorrer 288 km. Petit-Breton, depois, foi campeão do Tour de France em 1907 e 1908.

LEIA MAIS
Milão-San Remo no Bikemagazine