Giro d’Italia: Ackermann vence sprint da 11ª etapa

HomeCompetiçõesGiro D'Itália

Giro d’Italia: Ackermann vence sprint da 11ª etapa

Jonathan Milan e Mark Cavendish ficaram em 2º e 3º na chegada em sprint da etapa mais longa do Giro 2023, com 219km

Sprint na 11ª etapa do Giro 2023

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

Pascal Ackermann (UAE Team Emirates) conquistou nesta quarta-feira (17 de maio) sua terceira vitória em etapas do Giro d’Italia ao derrotar o maglia ciclamino Jonathan Milan (Bahrain Victorious) em cima da linha de chegada da 11ª etapa. Mark Cavendish (Astana Qazaqstan Team) foi o 3º.

No dia da etapa mais longa do Giro 2023, com 219 km entre Camaiore e Tortona, a chegada reuniu os principais velocistas. O vencedor da etapa 6, Mads Pedersen (Trek-Segafredo), acelerou a mais de 250 metros depois que sua equipe liderou a curva final de 90 graus, a apenas 400 metros da meta. Cavendish estava na sua roda. Ackermann foi o próximo da fila, enquanto Milan começou sua corrida bem mais atrás.

Na frente, Pedersen foi pego por Cavendish a 100m do fim, enquanto Ackermann se colocou entre o campeão britânico e as barreiras. Ackermann foi o primeiro a cruzar, conquistando a 39ª vitória de sua carreira. Pedersen ficou em 4º lugar. Cerca de 30 pilotos chegaram à linha juntos após um pequeno acidente no meio do pelotão dividir o grupo nos 2 km finais, com o velocista da Movistar Fernando Gaviria entre os retidos.

“”Depois de três anos venci uma etapa em um Grand Tour e é uma grande alegria. Trabalhei muito para voltar ao alto nível depois de quebrar meu cóccix que me bloqueou por três meses no final de 2022. Foi uma vitória estupenda. Hoje Ryan Gibbons se colocou à minha inteira disposição, me colocando em posição perfeita no último km. Espero contar com a ajuda dele também nos próximos sprints, ele é muito habilidoso nas finais Foi muito bom poder vencer aqui também porque minha família estava lá hoje e pudemos compartilhar essa alegria”, disse o vencedor.

Imagem do Photo Finish

Thomas fica com a maglia rosa mais um dia

A Ineos Grenadiers do maglia rosa Geraint Thomas sofreu uma baixa importante na etapa. Tao Geoghegan Hart, que começou a etapa em terceiro lugar na classificação geral, sofreu uma queda junto com Thomas e Primoz Roglic (Jumbo-Visma), a 69 km da chegada. Thomas e Roglic se recuoeraram rapidamente, mas Geoghegan Hart teve que ser retirado de ambulância.

“Estávamos brigando por posição e infelizmente Tao ficou ferido. É obviamente uma grande perda. Ele estava indo muito bem e é muito lamentável perdê-lo desta forma. O Giro está assim, até esta manhã tínhamos cinco no top 15 e hoje tudo mudou. Temos de nos adaptar, manter o otimismo e continuar. Não consegui evitar a queda, mas não quero culpar ninguém. Até agora foi um Giro dos sonhos para nós. Sem Tao teremos que mudar um pouco nossa estratégia”, disse Thomas, que manteve a maglia rosa, com 2 segundos à frente de Roglic. O português João Almeida (UAE Team Emirates) ocupa agora a terceira colocação, a 22 segundos.

Outro companheiro da equipe, Pavel Sivakov, que começou a etapa em oitavo na geral, também se envolveu na queda e perdeu seu lugar no Top 10 ao encerrar a 13 minutos. Mais tarde, Óscar Rodríguez (Movistar) também caiu e abandonou.

Na classificação por pontos, Milan ampliou a liderança após vencer Pedersen e soma agora 164 pontos contra 128 de Pedersen. Davide Bais (Eolo-Kometa) segue com a maglia azzurra da classificação de montanha e Almeida com a maglia bianca da liderança da classificação de melhor jovem.

MELHORES MOMENTOS

TOP 10 DA ETAPA
1     ACKERMANN Pascal    UAE Team Emirates    5:09:02
2     MILAN Jonathan    Bahrain – Victorious    m.t.
3     CAVENDISH Mark    Astana Qazaqstan Team  m.t.
4     PEDERSEN Mads    Trek – Segafredo    m.t.
5     OLDANI Stefano    Alpecin-Deceuninck   m.t.
6     ALBANESE Vincenzo    EOLO-Kometa   m.t.
7     MAYRHOFER Marius    Team DSM    m.t.
8     BALLERINI Davide    Soudal – Quick Step   m.t.
9     CONSONNI Simone    Cofidis  m.t.
10     MARIT Arne    Intermarché – Circus – Wanty   m.t.

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1     THOMAS Geraint    INEOS Grenadiers    44:35:35
2     ROGLIC Primoz    Jumbo-Visma    0:02
3     ALMEIDA João    UAE Team Emirates    0:22
4     LEKNESSUND Andreas    Team DSM    0:35
5     CARUSO Damiano    Bahrain – Victorious    1:28
6     KÄMNA Lennard    Bora – Hansgrohe    1:52
7     DUNBAR Eddie    Team Jayco AlUla    2:32
8     ARENSMAN Thymen    Ineos Grenadiers    ,,
9     DE PLUS Laurens    Ineos Grenadiers    2:36
10     PARET-PEINTRE Aurélien    AG2R Citroën Team    2:48

Classificação completa aqui

AS CAMISAS
Maglia rosa – líder da classificação geral – Geraint Thomas (Ineos Grenadiers)
Maglia ciclamino – líder da classificação por pontos – Jonathan Milan (Bahrain – Victorious)
Maglia azzurra – líder da classificação de montanha – Davide Bais (Eolo-Kometa)
Maglia bianca – líder da classificação de melhor jovem – João Almeida (UAE Team Emirates)

Próxima etapa
A 12ª etapa, nesta quinta-feira (18 de maio), vai percorrer 179 km entre Bra e Rivoli. É uma etapa dividida em três partes: montanhosa nos primeiros 50 km, plana de Alba a Rivoli (primeira passagem) por 75 km e depois tem o circuito final de 54 km, com a subida ao Colle Braida (9,8 km com mais de 7% com picos de 12%). Os últimos 3 km são totalmente dentro da cidade de Rivoli.

Três diferentes tipos de percurso no trajeto da 12ª etapa

AS ETAPAS
Etapa 1 – sábado – 6 de maio – Fossacesia Marina – Ortona 19,6 km (Contrarrelógio)
Etapa 2 – domingo – 7 de maio – Teramo – San Salvo 201 km
Etapa 3 – segunda-feira – 8 de maio – Vasto – Melfi 216 km
Etapa 4 – terça-feira – 9 de maio – Venosa – Lago Laceno 175 km
Etapa 5 – quarta-feira – 10 de maio – Atripalda – Salerno 171 km
Etapa 6 – quinta-feira – 11 de maio – Nápoles – Nápoles 162 km
Etapa 7 – sexta-feira – 12 de maio – Capua – Gran Sasso d’Italia (Campo Imperatore) 218 km
Etapa 8 – sábado – 13 de maio – Terni – Fossombrone 207 km
Etapa 9 – domingo – 14 de maio – Savignano sul Rubicone – Cesena 35 km (Contrarrelógio)

Descanso – Segunda-feira – 15 de maio

Etapa 10 – terça-feira – 16 de maio – Scandiano – Viareggio 196 km
Etapa 11 – quarta-feira – 17 de maio – Camaiore – Tortona 219 km
Etapa 12 – quinta-feira – 18 de maio – Bra – Rivoli 179 km
Etapa 13 – sexta-feira – 19 de maio – Borgofranco d’Ivrea – Crans Montana 207 km
Etapa 14 – sábado – 20 de maio – Sierre – Cassano Magnago 193 km
Etapa 15 – domingo – 21 de maio – Seregno – Bergamo 195 km

Descanso – Segunda-feira – 22 de maio

Etapa 16 – terça-feira – 23 de maio – Sabbio Chiese – Monte Bondone 203 km
Etapa 17 – quarta-feira – 24 de maio – Pergine Valsugana – Caorle 195 km
Etapa 18 – quinta-feira – 25 de maio – Oderzo – Val di Zoldo 161 km
Etapa 19 – sexta-feira – 26 de maio – Longarone – Tre Cime di Lavaredo 183 km
Etapa 20 – sábado – 27 de maio – Tarvisio – Monte Lussari 18,6 km (Contrarrelógio)
Etapa 21 – domingo – 28 de maio – Roma – Roma 135 km

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine