CIMTB abre inscrições para etapa inédita em Nova Lima

HomeCompetiçõesMountain bike

CIMTB abre inscrições para etapa inédita em Nova Lima

Cidade da região metropolitana de Belo Horizonte estreia na Copa Internacional de MTB entre os dias 23 e 25 de junho

Raiza Goulão na etapa de Araxá Foto: CIMTB

Do Bikemagazine
Foto de divulgação

As inscrições para a segunda de quatro etapas da Copa Internacional de Mountain Bike 2023 estão abertas. Após a disputa em Araxá (MG), chegou a vez de Nova Lima (MG) receber a competição, entre os dias 23 e 25 de junho, no Mirante da CSUL, na Lagoa dos Ingleses. Após Nova Lima, haverá ainda as etapas de Taubaté (SP) e Congonhas (MG), em agosto e setembro, respectivamente.

Na etapa da Lagoa dos Ingleses, três modalidades do mountain bike cross country serão disputadas. Como de costume, haverá a realização do XCC (Short Track), Classe 3 na UCI (União Ciclística Internacional), o XCO (Cross Country Olímpico), Classe 1, que oferta 60 pontos aos campeões em cada uma das elites, masculina e feminina, e também o XCM (Maratona), disputa que possui a maior variedade de categorias.

“A dica que nós damos para os participantes da CIMTB é que se inscrevam logo. A tendência de Nova Lima é seguir o que aconteceu em Araxá, quando as vagas esgotaram-se em diversas categorias dias antes do encerramento das inscrições. Não perca tempo e garanta já sua vaga”, disse Rogério Bernardes, organizador da Copa Internacional de Mountain Bike.

As inscrições para a etapa de Nova Lima da CIMTB podem ser feitas diretamente no site do Ticket Sports

Categorias
Ao todo, são 46 categorias disponíveis separadas por idade e gênero, com opções a partir de 1 ano de idade, como a Mirim, até as mais experientes como Over-65 para os homens e Over-50 para as mulheres.

Além disso, existem as categorias que atendem grupos especiais de ciclistas como Peso Pesado (ciclistas acima de 95 kg), Segurança Pública, para profissionais na ativa (Forças Armadas, Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiros Militares, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Agente Penitenciário e Guarda Municipal etc), três opções para correr em Dupla, as categorias PcD/PNE e Handbike para pessoas com deficiência, a Ultra, para os atletas que querem correr o XCO e XCM somando os tempos das provas.

Há ainda a opção da categoria Turismo na Maratona, que funciona como um passeio pelo percurso da maratona com uma volta de, aproximadamente, 15 km. Para fechar o “cardápio” de opções existem as categorias com bikes especiais como as elétricas e gravel.

Os líderes das categorias
Nas super elites, duas disputas estão em jogo: a de campeões gerais e a de campeões do Short Track. Na primeira e mais importante, lideram José Gabriel Marques e Isabella Lacerda. Já na segunda, que conta apenas os pontos do Short Track, lideram Martin Vidaurre e Raiza Goulão, vencedores na disputa em Araxá.

Nas sub-23 do XCO, Alex Malacarne e Giuliana Morgen são os dois ponteiros em suas categorias, masculina e feminina, respectivamente. Ainda no XCO, as categorias de base tem como líderes Pedro Henrique Ferri e Letícia de Oliveira (sub-12), Gabriel Galvão e Hani Rodrigues (sub-15), Leonardo Bernardes e Florencia Rojo (sub-17) e Vinicius Howe e Cynthia Gonzales (Júnior).

As demais categorias do XCO tem as lideranças de: Dilermando de Fátima (Over-65), Larry Pereira (Sub-65), Celso de Mello (Sub-60), Gustavo Jorge (Sub-55), Ana Claudia de Mello (Over-50), Emiliana Mara e Edivando de Souza Cruz (Sub-50), João Paulo Firmino (Sub-45), Larissa de Souza e Gelson Fernandes (Sub-40), Marcelo Leon (Sub-35), Gustavo Vilella (Sub-30). Já no XCO E-MTB, lideram Rubens Valeriano (Pró Masculina), Patrícia Loureiro (Pró Feminina) e Juarez Machado (Máster Masculina).

Nas disputas da Maratona, os líderes são: João Victor Alves (Ultra), Pedro Henrique Gomes (Hand Bike), Cicero Lima (PcD), Stefanye Lindolfo (E-MTB Feminina), Gustavo Couto (E-MTB Masculina), Pillar Corvalan (Open Feminina), Paulo Galvão (Gravel), Ricardo Kenio (Peso Pesado), Janderson Lago (Segurança Pública), José Gonçalves e Flavio Moura (Dupla Masculina), José Umberto e Mariana Nunes (Dupla Mista/Feminina), Flavio Alexandre e Augusto Garcia (Dupla Pró), José Carlos Mendes (Veterano), Marden Braz (Máster), Marlon de Melo (Cadete) e Antonio Boaventura (Expert).

As disputas promocionais do XCC, que este ano contam com a somatória das quatro etapas para a definição dos campeões, têm como líderes: Vinícius Howe (Teen Masculina); Matheus de Oliveira (Cadete Masculina); Juarez Machado (Elétrica Masculina); Florencia Rojo (Geral Feminina); e Warley Sabino (Máster Masculina).

Mais informações no site oficial do evento