Giro d’Italia: Milan vence 2ª etapa, que teve queda no final

HomeCompetiçõesGiro D'Itália

Giro d’Italia: Milan vence 2ª etapa, que teve queda no final

Italiano faturou sua primeira vitória Grand Tour, aos 22 anos; queda a 3,8km da meta afetou Cavendish e Mads Pedersen

Chegada da 2ª etapa do Giro 2023

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

O italiano Jonathan Milan (Bahrain Victorious), campeão olímpico na pista nos Jogos de Tóquio, conquistou sua primeira vitória em uma etapa de um Grand Tour ao faturar a 2ª etapa do Giro d’Italia 2023, neste domingo (7 de maio), depois que uma queda a 3,8km da chegada separou o pelotão. Milan ainda conquistou a maglia ciclamino da liderança da classificação por pontos.

Na reta final, Kaden Groves (Alpecin-Deceuninck) começou forte, mas Milan, de 22 anos, deixou o australiano nos últimos 100 metros e cruzou com folga. David Dekker (Arkéa-Samsic) terminou em 2º lugar no grupo compacto que cruzou com Milan e Groves foi o 3º.

Milan, de 22 anos, conquista primeira vitória Grand Tour

“Estou muito feliz, ainda não acredito. Meu primeiro Giro, segunda etapa. Ontem fiz um bom contrarrelógio, mas nunca imaginei que hoje viria uma vitória. Quando cruzei a linha, fiquei em choque. Primeiro pensei nas quedas, no cansaço, nos momentos difíceis. Também pensei na minha família que estava assistindo. Esta vitória significa muito para eles. Nunca pensei que venceria uma etapa do Giro”, comemorou Milan.

Saiba como acompanhar o Giro d’Italia ao vivo

A queda no trecho final ocorreu fora dos 3 km restantes e deixou vários nomes da classificação geral com um déficit de 19 segundos, como Tao Geoghegan Hart (Ineos Grenadiers), Lennard Kamna (Bora-Hansgrohe), Jay Vine (UAE Team Emirates), Jack Haig (Bahrain Victorious) e Thibaut Pinot (Groupama-FDJ).

Quando a estrada ficou estreita, a 5 km da meta, alguns ciclistas saíram para a direita e houve uma colisão que afetou os rumos da chegada. Mark Cavendish (Astana-Qazaqstan) estava entre eles e não conseguiu se recuperar a tempo, assim como Mads Pedersen (Trek-Segafredo), dois nomes esperados para o sprint.

Junto com o pelotão do Giro 2023

Na largada, Brandon McNulty (UAE Team Emirates) entregou a maglia azzurra de líder da classificação de montanhas a Geoghegan Hart, devido a erros na contagem do tempo na 1ª etapa. Na maior parte do dia, Paul Lapeira (AG2R Citroën), Thomas Champion (Cofidis), Mattia Bais (Eolo-Kometa), Stefano Gandin (Corratec-Selle Italia) e Alessandro Verre (Arkéa-Samsic) seguiram na frente, escapados, com uma vantagem que chegou a 5 minutos.

A fuga foi neutralizada a 38km da chegada, mas rendeu para Paul Lapeira, que conquistou os principais pontos KOM do dia e faturou a maglia azzurra da liderança da classificação de montanha.

MELHORES MOMENTOS

TOP 10 DA ETAPA
1 MILAN Jonathan Bahrain – Victorious 4:55:11
2 DEKKER David Team Arkéa Samsic m.t.
3 GROVES Kaden Alpecin-Deceuninck m.t.
4 MARIT Arne Intermarché – Circus – Wanty m.t.
5 MAYRHOFER Marius Team DSM m.t.
6 ACKERMANN Pascal UAE Team Emirates m.t.
7 GAVIRIA Fernando Movistar Team m.t.
8 BONIFAZIO Niccolò Intermarché – Circus – Wanty m.t.
9 STEWART Jake Groupama – FDJ m.t.
10 MATTHEWS Michael Team Jayco AlUla m.t.

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 EVENEPOEL Remco Soudal – Quick Step 05:16:29
2 GANNA Filippo Ineos Grenadiers 0:22
3 ALMEIDA João UAE Team Emirates 0:29
4 KÜNG Stefan Groupama – FDJ 0:43
5 ROGLIC Primoz Jumbo-Visma m.t.
6 THOMAS Geraint Ineos Grenadiers 0:55
7 VLASOV Aleksandr Bora Hansgrohe m.t.
8 GEOGHEGAN HART Tao Ineos Grenadiers 0:59
9 MCNULTY Brandon UAE Team Emirates 1:00
10 VINE Jay UAE Team Emirates 1:05

Classificação completa aqui

AS CAMISAS
Maglia rosa – líder da classificação geral – Remco Evenepoel (Soudal Quick-Step)
Maglia ciclamino – líder da classificação por pontos – Jonathan Milan (Bahrain – Victorious)
Maglia azzurra – líder da classificação de montanha – Paul Lapeira (Ag2r Citroën Team)
Maglia bianca – líder da classificação de melhor jovem – Remco Evenepoel (Soudal Quick-Step)

Próxima etapa
A 3ª etapa, nesta segunda-feira (8 de maio), será mais um longo dia, com 216 km entre Vasto e Melfi. É uma etapa claramente dividida em duas partes. Os primeiros 170 km são planos, em estradas largas, na sua maioria de fluxo rápido, com algumas curvas até chegar na Basilicata, onde o percurso muda. Com inclinações entre 6% e 7%, o trajeto sobe ao Valico la Croce, de onde se chega a Rionero em Vulture. O trecho seguinte, principalmente em declive, tem muitas curvas até a cidade de Melfi.

Pelotão entra na Basilicata na 3ª etapa

AS ETAPAS
Etapa 1 – sábado – 6 de maio – Fossacesia Marina – Ortona 19,6 km (Contrarrelógio)
Etapa 2 – domingo – 7 de maio – Teramo – San Salvo 201 km
Etapa 3 – segunda-feira – 8 de maio – Vasto – Melfi 216 km
Etapa 4 – terça-feira – 9 de maio – Venosa – Lago Laceno 175 km
Etapa 5 – quarta-feira – 10 de maio – Atripalda – Salerno 171 km
Etapa 6 – quinta-feira – 11 de maio – Nápoles – Nápoles 162 km
Etapa 7 – sexta-feira – 12 de maio – Capua – Gran Sasso d’Italia (Campo Imperatore) 218 km
Etapa 8 – sábado – 13 de maio – Terni – Fossombrone 207 km
Etapa 9 – domingo – 14 de maio – Savignano sul Rubicone – Cesena 35 km (Contrarrelógio)

Descanso – Segunda-feira – 15 de maio

Etapa 10 – terça-feira – 16 de maio – Scandiano – Viareggio 196 km
Etapa 11 – quarta-feira – 17 de maio – Camaiore – Tortona 219 km
Etapa 12 – quinta-feira – 18 de maio – Bra – Rivoli 179 km
Etapa 13 – sexta-feira – 19 de maio – Borgofranco d’Ivrea – Crans Montana 207 km
Etapa 14 – sábado – 20 de maio – Sierre – Cassano Magnago 193 km
Etapa 15 – domingo – 21 de maio – Seregno – Bergamo 195 km

Descanso – Segunda-feira – 22 de maio

Etapa 16 – terça-feira – 23 de maio – Sabbio Chiese – Monte Bondone 203 km
Etapa 17 – quarta-feira – 24 de maio – Pergine Valsugana – Caorle 195 km
Etapa 18 – quinta-feira – 25 de maio – Oderzo – Val di Zoldo 161 km
Etapa 19 – sexta-feira – 26 de maio – Longarone – Tre Cime di Lavaredo 183 km
Etapa 20 – sábado – 27 de maio – Tarvisio – Monte Lussari 18,6 km (Contrarrelógio)
Etapa 21 – domingo – 28 de maio – Roma – Roma 135 km

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine