Giro d’Italia: Matthews vence 3ª etapa; Evenepoel lidera, Almeida é vice

HomeCompetiçõesDestaque

Giro d’Italia: Matthews vence 3ª etapa; Evenepoel lidera, Almeida é vice

Roglic sobe para a terceira colocação na geral, a 44 segundos do líder Evenepoel; confira o Top 10 e os melhores momentos

Sprint final na 3ª etapa do Giro 2023

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

O australiano Michael Matthews (Jayco-AlUla) venceu nesta segunda-feira (8 de maio) a 3ª etapa do Giro d’Italia, com Mads Pedersen (Trek-Segafredo) terminando em 2º no sprint em subida. Matthews começou seu ataque final a 200 metros da meta, depois de ficar na roda de Pedersen no último quilômetro, e conquistou sua terceira vitória em etapas do Giro.

“Honestamente, estou sem palavras. O que passei nesses últimos meses e agora voltar com uma vitória para o time. Nós rodamos o dia todo totalmente comprometidos com a vitória da etapa. Ouvi dizer que Pedersen caiu na subida, então esperava que ele ficasse um pouco preso para o sprint, e eu sabia que precisava atacar no momento certo”, disse Matthews.

“No momento, tem sido uma montanha-russa. Eu vim para o Giro para me divertir, para curtir andar de bicicleta com meus companheiros e estar com minha equipe. Hoje foi um esforço de equipe”, completou o australiano.

Terceiro dia com a maglia rosa para Evenepoel

O maglia rosa Remco Evenepoel (Soudal-QuickStep) aumentou sua liderança na classificação geral depois de faturar o segundo sprint intermediário do dia, a apenas 10 km da meta. Com o pelotão junto e se preparando para a chegada, a Soudal-QuickStep e a Jumbo-Visma de Primoz Roglic estavam medindo forças. Na linha, foi o maglia rosa Evenepoel quem passou primeiro, ganhando 3 segundos de bônus. Roglic cruzou logo depois e ganhou 2 segundos.

Filippo Ganna (Ineos Grenadiers) terminou longe do Top 10, a 15 minutos, e perdeu a vice-liderança. O 2º colocado na classificação geral é agora João Almeida (UAE Team Emirates), a 32 segundos. Roglic subiu do quinto para o terceiro lugar na geral, a 44 segundos.

A terceira etapa do Giro d’Italia teve 213 km, de Vasto, em Abruzzo, a Melfi, na região natal de Domenico Pozzovivo, a Basilicata. Os primeiros 170 km foram praticamente planos até que chegaram as colinas no final da etapa, o Valico dei Laghi di Monticchio, de categoria 3, (6,3 km a 6,4%) e o Valico La Croce, de categoria 4 (3,1 km a 6%). Do topo deste último foram 30 km de descida.

Com apenas um sprint intermediário, houve pouco incentivo para sair na fuga e apenas dois ciclistas da Corratec-Selle Italia – Veljko Stojnić e Alexander Konychev – apostaram. Enquanto as equipes como Trek-Segafredo e Jayco-AlUla assumiam o comando do pelotão, a dupla chegou a abrir uma vantagem de 7 minutos.

No sprint intermediário, Konychev e Stojnić rolaram por cima da linha. Logo depois, Mads Pedersen (Trek-Segafredo) foi o mis rápido, batendo Arne Marit (Intermarché-Circus-Wanty) e Michael Matthews (Jayco-AlUla) para somar seis pontos para a maglia ciclamino. Na saída para Foggia, a chuva começou. O campeão italiano Filippo Zana apertou o ritmo na frente, trabalhando para Matthews.

Pinot é o novo líder da classificação de montanha

Thibaut Pinot (Groupama-FDJ) conseguiu conquistar os 9 pontos na classificação de montanha e a liderança da competição. Santiago Buitrago (Bahrein Victorious) seguiu de perto o francês, somando quatro pontos à frente antes da curta descida. Na subida ao Valico La Croce, Pinot mais uma vez escapou nos últimos metros da subida para somar mais 3 pontos.

MELHORES MOMENTOS

TOP 10 DA ETAPA
1 MATTHEWS Michael Team Jayco AlUla 5:01:41
2 PEDERSEN Mads Trek – Segafredo m.t.
3 GROVES Kaden Alpecin-Deceuninck m.t.
4 ALBANESE Vincenzo Eolo-Kometa m.t.
5 OLDANI Stefano Alpecin-Deceuninck m.t.
6 BYSTROM Sven Erik Intermarché – Circo Wanty m.t.
7 ROGLICc Primoz Jumbo -Visma m.t.
8 VELASCO Simone Astana Qazaqstan Team m.t.
9 SKUJINS Toms Trek – Segafredo m.t.
10 Breame Andrea Ag2r Citroën Team m.t.

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 EVENEPOEL Remco Soudal – Quick Step 10:18:07
2 ALMEIDA João UAE Team Emirates 0:32
3 ROGLIC Primoz Jumbo-Visma 0:44
4 KÜNG Stefan Groupama – FDJ 0:46
5 THOMAS Geraint Ineos Grenadiers 0:58
6 VLASOV Aleksandr Bora Hansgrohe m.t.
7 GEOGHEGAN HART Tao Ineos Grenadiers 1:02
8 MATTHEWS Michael Team Jayco AlUla m.t.
9 VINE Jay UAE Team Emirates 1:08
10 PEDERSEN Mads Trek – Segafredo 1:18

Classificação completa aqui

AS CAMISAS
Maglia rosa – líder da classificação geral – Remco Evenepoel (Soudal Quick-Step)
Maglia ciclamino – líder da classificação por pontos – Jonathan Milan (Bahrain – Victorious)
Maglia azzurra – líder da classificação de montanha – Thibaut Pinot (Groupama-FDJ)
Maglia bianca – líder da classificação de melhor jovem – Remco Evenepoel (Soudal Quick-Step)

Próxima etapa
A 4ª etapa do Giro, nesta terça-feira (9 de maio), tem 175 km entre Venosa e o Lago Laceno, com longas escaladas e 3.500 m de elevação total, nos Apeninos. Os últimos 15 km da etapa são em subida íngreme até a entrada do planalto, com os últimos 4 km planos.

A subida do Colle Molella (9,9 km a 6,0%) termina a 3 km do final e provavelmente deve contar com os movimentos decisivos. Depois de cruzar Bagnoli Irpino, há 3 km de curvas fechadas com inclinações de cerca de 10% e picos de 12%. Vale destacar que, no Passo delle Crocelle, o pelotão do Giro vai acima dos 1.000 m de altitude pela primeira vez em 2023.

Sobe e desce na primeira etapa nos Apeninos, com 3.500 m de altimetria acumulada

AS ETAPAS
Etapa 1 – sábado – 6 de maio – Fossacesia Marina – Ortona 19,6 km (Contrarrelógio)
Etapa 2 – domingo – 7 de maio – Teramo – San Salvo 201 km
Etapa 3 – segunda-feira – 8 de maio – Vasto – Melfi 216 km
Etapa 4 – terça-feira – 9 de maio – Venosa – Lago Laceno 175 km
Etapa 5 – quarta-feira – 10 de maio – Atripalda – Salerno 171 km
Etapa 6 – quinta-feira – 11 de maio – Nápoles – Nápoles 162 km
Etapa 7 – sexta-feira – 12 de maio – Capua – Gran Sasso d’Italia (Campo Imperatore) 218 km
Etapa 8 – sábado – 13 de maio – Terni – Fossombrone 207 km
Etapa 9 – domingo – 14 de maio – Savignano sul Rubicone – Cesena 35 km (Contrarrelógio)

Descanso – Segunda-feira – 15 de maio

Etapa 10 – terça-feira – 16 de maio – Scandiano – Viareggio 196 km
Etapa 11 – quarta-feira – 17 de maio – Camaiore – Tortona 219 km
Etapa 12 – quinta-feira – 18 de maio – Bra – Rivoli 179 km
Etapa 13 – sexta-feira – 19 de maio – Borgofranco d’Ivrea – Crans Montana 207 km
Etapa 14 – sábado – 20 de maio – Sierre – Cassano Magnago 193 km
Etapa 15 – domingo – 21 de maio – Seregno – Bergamo 195 km

Descanso – Segunda-feira – 22 de maio

Etapa 16 – terça-feira – 23 de maio – Sabbio Chiese – Monte Bondone 203 km
Etapa 17 – quarta-feira – 24 de maio – Pergine Valsugana – Caorle 195 km
Etapa 18 – quinta-feira – 25 de maio – Oderzo – Val di Zoldo 161 km
Etapa 19 – sexta-feira – 26 de maio – Longarone – Tre Cime di Lavaredo 183 km
Etapa 20 – sábado – 27 de maio – Tarvisio – Monte Lussari 18,6 km (Contrarrelógio)
Etapa 21 – domingo – 28 de maio – Roma – Roma 135 km

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine