Tour 2023: Pedersen vence 8ª etapa; Cavendish cai e abandona

HomeCompetições

Tour 2023: Pedersen vence 8ª etapa; Cavendish cai e abandona

Dinamarquês supera Jasper Philipsen no sprint; Mark Cavendish se envolve em acidente a 60km da meta e é levado de ambulância

Sptint final e vitória de Pedersen em Limoges

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

O dinamarquês Mads Pedersen (Lidl-Trek) venceu neste sábado (8 de julho) a 8ª etapa do Tour de France 2023, entre Libourne e Limoges, em um dia marcado pela queda e abandono de Mark Cavendish (Astana Qazaqstan) a 60 km da meta.

Pedersen bateu o três vezes vencedor de etapas do Tour 2023 Jasper Philipsen (Alpecin Deceuninck) e Wout van Aert (Jumbo Visma) no sprint. “De manhã não sabíamos se a etapa seria para a fuga ou sprint e os velocistas não quiseram deixar a fuga avançar. Mesmo com o sprint longo, ainda tive pernas e quando passei a linha eu sabia que tinha vencido. A reta final foi muito dolorosa”, contou o vencedor, que estava no grupo que alcançou o escapados a 8,5km da meta.

“É lindo vencer no Tour e, para mim, foi um prazer poder correr com Mark Cavendish. Sempre tive uma boa relação com ele no pelotão. É muito triste para uma lenda como ele terminar o Tour assim. Ele ainda me deve uma camisa, por uma troca de camisa”, completou Pedersen.

Mark Cavendish se envolveu em queda e abandonou

A 60 km para o fim, Mark Cavendish caiu no meio do pelotão em um choque de rodas e imagens ao vivo mostraram o britânico visivelmente com dores e a mão na clavícula sendo atendido pelos médicos da corrida e, depois, levado em uma ambulância, com seu abandono confirmado pela equipe poucos minutos após.

É um triste fim de Tour para Cavendish, que anunciou no Giro d’Italia que esta será sua última temporada profissional. Seus fãs certamente esperavam vê-lo completar sua carreira com uma vitória no Tour e, assim, superar o recorde de 34 vitórias em etapas da competição que ele divide com Eddy Merckx.

Philipsen e Vingegaard na largada

A 8ª etapa passou pelos tradicional trajeto dos girassóis

Na classificação geral, Jonas Vingegaard segue com a camisa amarela de líder com 25 segundos de vantagem sobre seu principal adversário, Tadej Pogacar (UAE Emirates). “Esperávamos um final difícil. A etapa foi exigente por causa do calor, mas lidamos bem. Teríamos preferido vencer a etapa, mas Mads foi muito forte”, comentou o líder.

Todas as atenções estão voltadas para a etapa deste domingo (9 de julho), que encerra a primeira semana do Tour 2023 com um percurso de 182,4km entre Saint-Léonard-de-Noblat e o Puy de Dôme. A etapa promete ser espetacular, com o retorno 35 anos depois da última visita do pelotão ao Puy de Dôme, uma subida de 12 quilômetros a 7% de inclinação média e com os 4 quilômetros finais, após um dia com 3.600 metros de ganho vertical, a 12%. “Fui fazer o reconhecimento do Puy de Dôme um dia antes da Criterium du Dauphiné, é extremamente íngreme. A etapa de amanhã pode ser decisiva, mas depois haverá outras”, completou Vingegaard.

Para Pogacar, a próxima etapa será especial. “O Puy de Dôme é uma novidade para todos. A subida é super difícil e vai explodir a corrida em pedaços novamente”, prevê. O esloveno também lamentou o abandono de Cavendish: “É uma pena que Mark fraturou a clavícula e teve que ir para casa, especialmente depois de estar tão perto da vitória da etapa ontem. Todo mundo queria vê-lo tentar mais uma vitória, especialmente porque ele disse que este é seu último ano.”

MELHORES MOMENTOS

TOP 10 DA ETAPA
1 – Mads Pedersen (Lidl-Trek) 4h12’26”
2 – Jasper Philipsen (Alpecin Deceuninck) m.t.
3 – Wout van Aert (Jumbo-Visma) m.t.
4 – Dylan Groenewegen (Team Jayco-AlUla) m.t.
5 – Nils Eekhoff (Team DSM) m.t.
6 – Bryan Coquard (Cofidis) m.t.
7 – Jasper De Buyst (Lotto Dstny) m.t.
8 – Rasmus Tiller (Uno-X Pro Cycling Team) m.t.
9 – Corbin Strong (Israel-Premier Tech) m.t.
10 – Tadej Pogacar (UAE Emirates) m.t.

CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 – Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) 34:09:38
2 – Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) a 25s
3 – Jai Hindley (Bora-Hansgrohe) a 1min34s
4 – Carlos Rodriguez (Ineos Grenadiers) a 3min30s
5 – Adam Yates (UAE Team Emirates) a 3min40s

AS CAMISAS
Camisa amarela – líder da classificação geral – Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck)
Camisa de bolinhas – líder da classificação de montanha –Neilson Powless (EF Education – Easypost)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Tadej Pogacar (UAE Emirates)

Resultados completos aqui

Tour retorna ao Puy de Dôme após 35 anos na 9ª etapa, neste domingo

AS ETAPAS
01/07 – Etapa 1: Bilbao – Bilbao – 182 km
02/07 – Etapa 2: Vitoria – San Sebastián – 209 km
03/07 – Etapa 3: Amorebieta – Bayonne – 185 km
04/07 – Etapa 4: Dax – Nogaro – 182 km
05/07 – Etapa 5: Pau – Laruns – 165 km
06/07 – Etapa 6: Tarbes – Cauterets – 145 km
07/07 – Etapa 7: Mont de Marsan – Bordeaux – 170 km
08/07 – Etapa 8: Libourne – Limoges – 201 km
09/10 – Etapa 9: Saint Léonard de Noblat – Puy de Dome – 184 km
10/07 – Descanso
11/07 – Etapa 10: Vulcania – Issoire – 167 km
12/07 – Etapa 11: Clermont Ferrand – Moulins – 180 km
13/07 – Etapa 12: Roanne – Belleville en Beaujolais – 169 km
14/07 – Etapa 13: Chatillon su Chalaronne – Grand Colombier – 138 km
15/07 – Etapa 14: Annemase – Morzine – 152 km
16/07 – Etapa 15: Les Gets – Saint Gervais Mont Blanc – 180 km
17/07 – Descanso
18/07 – Etapa 16: Passy – Combloux – 22 km (CRI)
19/07 – Etapa 17: Saint Gervais Mont Blanc – Courchevel – 166 km
20/07 – Etapa 18: Moutiers – Bourg en Bresse – 186 km
21/07 – Etapa 19: Moirans en Montagne – Poligny – 173 km
22/07 – Etapa 20: Belfort – Le Markstein Fellering – 133 km
23/07 – Etapa 21: Saint Quentin en Yvelines – Paris – 115 km

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine

Site oficial do evento