Demi Vollering é a campeã do Tour de France Femmes 2023

HomeCompetiçõesCiclismo

Demi Vollering é a campeã do Tour de France Femmes 2023

Team SD Workx domina o pódio da etapa final, que teve vitória de Marlen Reusser, Demi Vollering em 2º e Lotte Kopecky em 3º

A holandesa Demi Vollering conquistou a maglia rosa na etapa rainha, no penúltimo dia

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

O Tour de France Femmes 2023 terminou neste domingo (30 de julho) com o Team SD Worx em alta. Marlen Reusser garantiu a vitória do contrarrelógio de 22,6km da etapa final, 10 segundos à frente de Demi Vollering, 2ª colocada na etapa e vencedora da camisa amarela de campeã da classificação geral depois de conquistar o Tourmalet no sábado. Lotte Kopecky terminou a crono em 3º lugar, a 38 segundos, e encerrou a competição como vice na geral, a 3min03s.

Katarzyna Niewiadoma (Canyon/Sram Racing) terminou em 3º lugar na classificação geral e foi a campeã da classificação da camisa de bolinhas, de montanha. Kopecky encerrou com a camisa verde da classificação por pontos e Cedrine Kerbaol (Ceratizit-WNT Pro Cycling Team) foi a campeã da classificação de melhor jovem.

MELHORES MOMENTOS ETAPA 8

No sábado, a etapa rainha motivou Demi Vollering (SD Worx) a deixar sua marca no Tour, com uma vitória solo no Col de Tourmalet. A vencedora ultrapassou a então campeã Annemiek Van Vleuten (Movistar) a 5 quilômetros da subida icônica, ultrapassou a escapada Katarzyna Niewiadoma e cruzou com 1min50s sobre Niewiadoma e 2min28s sobre Van Vleuten, garantindo a camisa amarela.

Demi Vollering na etapa rainha no Tourmalet

“Meu objetivo era fazer um bom contrarrelógio hoje porque ontem eu me concentrei apenas no meu ataque e quando Annemiek van Vleuten cruzou a linha, fiquei feliz com a minha vantagem. Não queria estivesse muito perto antes do contrarrelógio, não sabia se conseguiria fazer um bom contrarrelógio”, disse a campeã.

“Foi incrível o que fizemos esta semana. Tivemos muitos altos, também alguns baixos, e mostramos o quanto nossa equipe é forte e o quanto estamos motivadas. Nós nos tornamos mais forte”, completou.

Na etapa rainha, a Trek Lidl teve um começo de dia difícil, com a notícia de que Elisa Balsamo e Elisa Longo Borghini (que estava em quarto lugar geral) não iriam largar por estarem doentes. Veronica Ewers, da EF Education, também teve que abandonar depois de quebrar a clavícula em um acidente e, então, foi a vez de Marianne Vos (Jumbo-Visma), que também abandonou.

MELHORES MOMENTOS DA ETAPA RAINHA

Yara Kastelijn (Fenix-Deceuninck) foi eleita a ciclista mais combativa da edição do Tour de France Femmes 2023. Na 4ª etapa, a holandesa atacou a menos de 20 km para a meta e conquistou sua primeira vitória profissional.

RESULTADOS

Results powered by FirstCycling.com

Resultados completos e mais informações no site oficial