Tour 2023: Ion Izaguirre conquista vitória solo na 12ª etapa

HomeCompetições

Tour 2023: Ion Izaguirre conquista vitória solo na 12ª etapa

Não houve alterações no Top 3 da classificação geral, com Vingegaard na liderança, Pogacar vice e Jai Hindley em 3º antes do Grand Colombier

Ion Izaguirre na vitória solo

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

Ion Izagirre (Cofidis) conquistou vitória solo na 12ª etapa do Tour de France, nesta quinta-feira (13 de julho), depois de um ataque imbatível no trecho final. O basco atacou os remanescentes da fuga a 2,4 km do topo da subida final e seguiu na frente na descida ondulada de 28 km até Belleville-en-Beaujolais.

Izaguirre no ataque solo

Esta foi segunda vitória da Cofidis no Tour de France em 2023, depois que Victor Lafay quebrou o jejum de 15 anos da equipe francesa ao vencer a segunda etapa. “É incrível, viemos aqui com a intenção de vencer uma etapa e agora temos duas vitórias”, comemorou Izaguirre.

“Eu tentei entrar na fuga ao longo de todo este Tour até agora e hoje consegui, então queria fazer o meu melhor. Trabalhamos muito bem hoje durante todo o dia e na última subida eu estava me sentindo muito forte e fiquei para trás, mas depois consegui sair na frente e apenas segurei a vitória”, completou. “Foram 30 quilômetros solo, tive que confiar em mim e estava me sentindo forte nos últimos quilômetros”, disse Izagirre. “Foi emocionante.”

Mathieu Burgaudeau (TotalEnergies) terminou em segundo, 58 segundos atrás de Izagirre, com Matteo Jorgenson (Movistar) em terceiro. O restante do grupo cruzou a mais de 1 minuto.

Mathieu van der Poel foi um dos que buscaram a ponta, a 47 km da meta, depois de escapar do grupo onde estava Andrey Amador (EF Education-EasyPost). Jorgenson e Thibaut Pinot (Groupama-FDJ) conseguiram avançar no Col de la Croix Rosier e um grande grupo. com Izaguirre inclusive, se juntou a eles logo depois. Van der Poel tentou responder ao ataque de Izagirre assim que o grupo aumentou, mas não teve forças.

Pinot terminou etapa em 6º e subiu para 10º na classificação geral

Pinot, que terminou a etapa em 6º, foi o que mais se beneficiou na classificação geral, subindo para o 10º lugar, a 32 do líder de sua equipe, David Gaudu. No top 3 não houve alterações, com o camisa amarela Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) com os mesmos 17 segundos de vantagem sobre Tadej Pogacar. Jai Hindley (Bora-Hansgrohe) segue em terceiro, a 2min40s.

MELHORES MOMENTOS


TOP 10 DA ETAPA

1 – Ion Izagirre (ESP, Cofidis) 3:51:42
2 – Mathieu Burgaudeau (FRA, TotalEnergies) +58″
3 – Matteo Jorgenson (EUA, Movistar Team) +58″
4 – Tiesj Benoot (BEL, Jumbo-Visma) +1:06″
5 – Tobias Halland Johannessen (NOR, Uno-X Pro Cycling) +1:11″
6 – Thibaut Pinot (FRA, Groupama – FDJ) +1:13″
7 – Guillaume Martin (FRA, Cofidis) +1:13″
8 – Dylan Teuns (BEL, Israel – Premier Tech) +1:27″
9 – Ruben Guerreiro (POR, Movistar Team) +1:27″
10 – Victor Campenaerts (BEL, Lotto Dstny) +3:02″

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 – Jonas Vingegaard (DIN, Jumbo-Visma) 50h 30’23”
2 – Tadej Pogacar (SLO, UAE Team Emirates) +17″
3 – Jai Hindley (AUS, Bora-Hansgrohe) +2:40″
4 – Carlos Rodriguez Cano (ESP, Ineos Grenadiers) +4:22″
5 – Pello Bilbao (ESP, Bahrain – Victorious +4:34″
6 – Adam Yates (GBR, UAE Team Emirates) +4:39″
7 – Simon Yates (GBR, Team Jayco AlUla) +4:44″
8 – Tom Pidcock (GBR, Ineos Grenadiers) +5:26″
9 – David Gaudu (FRA, Groupama FDJ) +6:01″
10 – Thibaut Pinot (FRA, Groupama FDJ) +6:33′

AS CAMISAS
Camisa amarela – líder da classificação geral – Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck)
Camisa de bolinhas – líder da classificação de montanha –Neilson Powless (EF Education – Easypost)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Tadej Pogacar (UAE Emirates)

Resultados completos aqui

Próxima etapa

No feriado do Dia da Bastilha, a 13ª etapa, nesta sexta-feira, 14 de julho, o pelotão terá pela frente a batalha ao Grand Colombier (HC, 16,1 km a 7,1%), que está de volta ao Tour após três anos. A etapa com 137,8km e largada em Châtillon-sur-Chalaronne será dos grandes dias de montanha desta edição do Tour.

VEJA VÍDEO

No Dia da Bastilha, a batalha será no Grand Colombier

AS ETAPAS
01/07 – Etapa 1: Bilbao – Bilbao – 182 km
02/07 – Etapa 2: Vitoria – San Sebastián – 209 km
03/07 – Etapa 3: Amorebieta – Bayonne – 185 km
04/07 – Etapa 4: Dax – Nogaro – 182 km
05/07 – Etapa 5: Pau – Laruns – 165 km
06/07 – Etapa 6: Tarbes – Cauterets – 145 km
07/07 – Etapa 7: Mont de Marsan – Bordeaux – 170 km
08/07 – Etapa 8: Libourne – Limoges – 201 km
09/10 – Etapa 9: Saint Léonard de Noblat – Puy de Dome – 184 km
10/07 – Descanso
11/07 – Etapa 10: Vulcania – Issoire – 167 km
12/07 – Etapa 11: Clermont Ferrand – Moulins – 180 km
13/07 – Etapa 12: Roanne – Belleville en Beaujolais – 169 km
14/07 – Etapa 13: Chatillon su Chalaronne – Grand Colombier – 138 km
15/07 – Etapa 14: Annemase – Morzine – 152 km
16/07 – Etapa 15: Les Gets – Saint Gervais Mont Blanc – 180 km
17/07 – Descanso
18/07 – Etapa 16: Passy – Combloux – 22 km (CRI)
19/07 – Etapa 17: Saint Gervais Mont Blanc – Courchevel – 166 km
20/07 – Etapa 18: Moutiers – Bourg en Bresse – 186 km
21/07 – Etapa 19: Moirans en Montagne – Poligny – 173 km
22/07 – Etapa 20: Belfort – Le Markstein Fellering – 133 km
23/07 – Etapa 21: Saint Quentin en Yvelines – Paris – 115 km

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine

Site oficial do evento