Tour de France 2023: Lafay vence 2ª etapa, com Van Aert e Pogacar em 2º e 3º

HomeCompetições

Tour de France 2023: Lafay vence 2ª etapa, com Van Aert e Pogacar em 2º e 3º

Francês ataca no quilômetro final e conquista a primeira vitória da Cofidis no Tour em 15 anos; Adam Yates segura liderança

Victor Lafay na vitória em San Sebastian

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

Victor Lafay (Cofidis) conquistou a primeira vitória francesa no Tour de France 2023 ao faturar a 2ª etapa da competição, neste domingo (2 de julho), em San Sebastian, na Espanha. O francês atacou com determinação o grupo de elite que se formou na subida final Jaizkibel e deixou Wout van Aert (Jumbo-Visma) e Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) em 2º e 3º na linha.

Pogacar ultrapassou Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) no topo do Jaizkibel, onde os dois favoritos do Tour escaparam e ganharam 15 segundos na descida, mas a jogada acabou quando Vingegaard se recusou a ajudar Pogacar. Vingegaard terminou o dia em 6º geral.

O camisa amarela Adam Yates

O britânico Adam Yates (UAE Team Emirates) terminou em segurança no grupo da frente e manteve a camisa amarela de líder da classificação geral. Seu companheiro de equipe e líder Pogacar subiu para o segundo lugar, 6 segundos atrás de Yates, graças aos 12 segundos de bônus de tempo que ganhou ao longo do dia. Simon Yates (Team Jayco AlUla), irmão gêmeo de Adam, é o 3º, também a 6 segundos. 

“Foi um dia muito agitado, controlamos o grupo o dia todo, pois ninguém queria nos ajudar. Em Jaizkibel, queríamos preparar Tadej para o bônus do sprint e ele conseguiu mais segundos – então, no geral, acabou bem. Quanto a eu manter a camisa amarela, tudo se resumia aos segundos de bônus concedidos no sprint final. Se Tadej tivesse vencido a etapa, ele teria me ultrapassado. Mas o importante é mantermos a camisa amarela na equipe. Não é fácil defender essa camisa. Os próximos dois dias são mais fáceis no papel, mas este é o Tour de France e todos os dias são super difíceis e super técnicos. Veremos o que acontece”, afirmou Adam Yates.

A 5,5 km da meta, Pello Bilbao (Bahrain Victorious) tomou a ponta no final da descida, mas foi alcançado pela Jumbo-Visma. O companheiro de equipe de Vingegaard, Wout Van Aert, era o favorito para a vitória da etapa e assumiu a responsabilidade de marcar Tom Pidcock (Ineos) e Mattias Skjelmose (Lidl-Trek ) nos últimos quilômetros. O belga esperou para o sprint mas Lafay acelerou e Van Aert teve que se contentar com o segundo lugar.

Lafay é o novo líder da classificação por pontos

Lafay entregou a vitória da etapa que a equipe Cofidis esperava há 15 anos – desde que Sylvain Chavanel superou Jérémy Roy em Montluçon em 2008. Lafay manteve a tradição de vitórias nas etapas francesas em San Sebastian após Louis Caput em 1949 e Dominique Arnould em 1992.

“Quando ataquei, nem avaliei se ia dar certo ou não. Estava vendo a linha de chegada se aproximando e minha vantagem diminuindo, mas funcionou. É um alívio para a Cofidis finalmente conseguir uma vitória na etapa. Eu tenho ouvido sobre isso por cinco anos desde que entrei para a equipe. Estou feliz por libertar a equipe desse fardo. Nós vamos continuar. Nós queremos mais. Bryan Coquard também é muito forte”, disse o vencedor, que conquistou ainda a camisa verde da liderança da classificação por pontos.

O líder de montanha Neilson Powless na fuga

O líder da classificação de montanha Neilson Powless (EF Education-EasyPost) aumentou sua vantagem com a camisa de bolinhas depois de conquistar pontos no grupo escapado, que contou ainda com Edvald Boasson Hagen (TotalEnergies) e Rémi Cavagna (Soudal-Quick Step).

“A etapa de hoje correu de acordo com o planeado. Queríamos estar na fuga e quando a estrada ficou molhada comecei a acreditar que seria possível chegar até o final. Infelizmente, perdi Rémi e Edvald muito cedo. Se estivéssemos juntos até Jaizkibel, podemos ter chegado à linha de chegada, mas estávamos todos no nosso limite”, contou o norte-americano.

MELHORES MOMENTOS


TOP 10 DA ETAPA

1. Victor Lafay (Cofidis) 4h46min39s
2. Wout van Aert (Jumbo-Visma) m.t.
3. Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) m.t.
4. Tom Pidcock (Ineos Grenadiers) m.t.
5. Pello Bilbao (Bahrain Victorious) m.t.
6. Mattias Skjlemose (Lidl-Trek) m.t.
7. Michael Woods (Israel-Premier Tech) m.t.
8. Romain Bardet (Team Dsm-firmenich) m.t.
9. Dylan Teuns (Israel-Premier Tech) m.t.
10. Jai Hindley (Bora-Hansgrohe) m.t.

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1. Adam Yates (UAE Team Emirates) 9h9mins18s
2. Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) +6s
3. Simon Yates (Team Jayco-Alula) m.t.
4. Victor Lafay (Cofidis) +12s
5. Wout van Aert (Jumbo-Visma) +16s
6. Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) +17s
7. Michael Woods (Israel-Premier Tech) +22s
8. Mattias Skjlemose (Lidl-Trek) m.t.
9. Jai Hindley (Bora-Hansgrohe) m.t.
10. Mikel Landa (Bahrain Victorious) m.t.

AS CAMISAS
Camisa amarela – líder da classificação geral – Adam Yates (UAE Team Emirates)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Victor Lafay (Cofidis)
Camisa de bolinhas – líder da classificação de montanha – Neilson Powless (EF Education)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Tadej Pogacar (UAE Emirates)

Resultados completos aqui

Próxima etapa
A 3ª etapa, com 187,4km entre Amorebieta-Etxano e Bayonne, nesta segunda-feira, 3 de julho, será o último dia em solo espanhol. Um dia ideal para uma chegada em sprint, sem muitas complicações. Veja a altimetria:

A 3ª etapa será a primeira oportunidade para os velocistas

AS ETAPAS
01/07 – Etapa 1: Bilbao – Bilbao – 182 km
02/07 – Etapa 2: Vitoria – San Sebastián – 209 km
03/07 – Etapa 3: Amorebieta – Bayonne – 185 km
04/07 – Etapa 4: Dax – Nogaro – 182 km
05/07 – Etapa 5: Pau – Laruns – 165 km
06/07 – Etapa 6: Tarbes – Cauterets – 145 km
07/07 – Etapa 7: Mont de Marsan – Bordeaux – 170 km
08/07 – Etapa 8: Libourne – Limoges – 201 km
09/10 – Etapa 9: Saint Léonard de Noblat – Puy de Dome – 184 km
10/07 – Descanso
11/07 – Etapa 10: Vulcania – Issoire – 167 km
12/07 – Etapa 11: Clermont Ferrand – Moulins – 180 km
13/07 – Etapa 12: Roanne – Belleville en Beaujolais – 169 km
14/07 – Etapa 13: Chatillon su Chalaronne – Grand Colombier – 138 km
15/07 – Etapa 14: Annemase – Morzine – 152 km
16/07 – Etapa 15: Les Gets – Saint Gervais Mont Blanc – 180 km
17/07 – Descanso
18/07 – Etapa 16: Passy – Combloux – 22 km (CRI)
19/07 – Etapa 17: Saint Gervais Mont Blanc – Courchevel – 166 km
20/07 – Etapa 18: Moutiers – Bourg en Bresse – 186 km
21/07 – Etapa 19: Moirans en Montagne – Poligny – 173 km
22/07 – Etapa 20: Belfort – Le Markstein Fellering – 133 km
23/07 – Etapa 21: Saint Quentin en Yvelines – Paris – 115 km

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine

Site oficial