Tour 2023: Asgreen, o 1º a sair na fuga, vence a 18ª etapa

HomeCompetições

Tour 2023: Asgreen, o 1º a sair na fuga, vence a 18ª etapa

Dinamarquês foi o primeiro a escapar e se manteve na frente até o final; Pascal Eenkhorn e Jonas Abrahamsen ficaram em 2º e 3º

Asgreen na vitória da 18ª etapa

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

Vitória da fuga na 18ª etapa do Tour de France 2023, nesta quinta-feira (20 de julho), com Kasper Asgreen (Soudal-QuickStep), que conquistou sua primeira vitória em etapas do Tour de France. Pascal Eenkhorn (Lotto Dstny) e Jonas Abrahamsen (Uno-X Pro Cycling Team), que estavam com o dinamarquês na fuga, terminaram em 2º e 3º.

A etapa começou com a confirmação do abandono de Wout van Aert (Jumbo-Visma), que deixa o Tour para acompanhar o nascimento de seu segundo filho.

O vencedor da etapa, Asgreen, foi o primeiro atacante, rapidamente acompanhado por Victor Campenaerts (Lotto-Dstny) e Abrahamsen. Durante metade da corrida, a diferença ficou estável em torno de um minuto. Abrahamsen conquistou os dois pontos KOM em Chambéry-le-Haut (km 62) e no topo do Côte de Boissieu (km 105), onde os ataques finalmente ocorreram na cabeça do pelotão, envolvendo Eenkhorn, Simon Guglielmi (Arkea-Samsic), Quinten Hermans (Alpecin-Deceuninck) e Anthony Turgis (TotalEnergies).

Campenaerts, Abrahamsen e Asgreen na fuga

Eenkhorn escapou do pelotão com 65 km restantes e Campenaerts o esperou. A dupla da Lotto-Dstny alcançou Asgreen e Abrahamsen e eles se tornaram um quarteto líder 58 km antes do final. Campenaerts manteve o quarteto na frente até o final, mesmo quando as chances de segurar o pelotão eram muito pequenas, com 40” de vantagem na marca dos 20 km restantes, 20” com 10 km restantes e menos de 10” nos últimos 3km.

Campenaerts deu tudo na reta final com a ideia de liderar Eenkhorn, mas foi Abrahamsen e Asgreen quem cronometraram melhor o sprint. O dinamarquês comemorou sua primeira vitória no Tour depois de ter ficado em segundo lugar em uma etapa em 2019 e em segundo novamente numa etapa de crono em 2021.

“A situação da nossa fuga não era a ideal, mas nunca descartei a possibilidade de vencer. Meus companheiros de fuga foram excelentes, todos nós merecíamos vencer. Estou feliz por ter vencido, significa muito com o período que tive este ano desde que caí no Tour da Suíça. Foi um longo caminho e terminar com uma vitória como essa é incrível. Dedico a todas as pessoas que me ajudaram neste momento difícil e também ao meu companheiro de equipe Dries Devenyns em seu último Tour e sua última temporada”, disse Asgreen.

O camisa amarela Vingegaard na etapa

Na classificação geral Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) segurou os 7min35s de vantagem sobre Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) e está cada vez mais perto do seu segundo título seguido. Adam Yates (UAE Team Emirates) segue em terceiro, a 10min45s.

“Não foi um dia estressante, mas foi muito rápido no final porque houve uma grande luta entre a fuga e o grupo. Ainda assim, fiquei feliz por ficar nas rodas das equipes de velocistas o dia todo. Minha estratégia para os próximos dias é basicamente me manter focado e longe de problemas. Meus companheiros fizeram um trabalho incrível nisso hoje. Só vamos relaxar quando a etapa de Paris terminar”, disse o camisa amarela.

RESULTADOS

Results powered by FirstCycling.com

 

AS CAMISAS
Camisa amarela – líder da classificação geral – Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck)
Camisa de bolinhas – líder da classificação de montanha –Giulio Ciccone (Lidl-Trek)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Tadej Pogacar (UAE Emirates)

Resultados completos no site oficial

MELHORES MOMENTOS


Próxima etapa
A 19ª etapa, com 172,8km entre Moirans-en-Montagne e Poligny, nesta sexta-feira, 21 de julho, será mais um dia para os velocistas. O Côte d’Ivory, a 30km da meta, será o único obstáculo relevante a ser superado no dia.

Na 19ª etapa, o Côte d’Ivory é o desafio a 30km da meta

AS ETAPAS
01/07 – Etapa 1: Bilbao – Bilbao – 182 km
02/07 – Etapa 2: Vitoria – San Sebastián – 209 km
03/07 – Etapa 3: Amorebieta – Bayonne – 185 km
04/07 – Etapa 4: Dax – Nogaro – 182 km
05/07 – Etapa 5: Pau – Laruns – 165 km
06/07 – Etapa 6: Tarbes – Cauterets – 145 km
07/07 – Etapa 7: Mont de Marsan – Bordeaux – 170 km
08/07 – Etapa 8: Libourne – Limoges – 201 km
09/10 – Etapa 9: Saint Léonard de Noblat – Puy de Dome – 184 km
10/07 – Descanso
11/07 – Etapa 10: Vulcania – Issoire – 167 km
12/07 – Etapa 11: Clermont Ferrand – Moulins – 180 km
13/07 – Etapa 12: Roanne – Belleville en Beaujolais – 169 km
14/07 – Etapa 13: Chatillon su Chalaronne – Grand Colombier – 138 km
15/07 – Etapa 14: Annemase – Morzine – 152 km
16/07 – Etapa 15: Les Gets – Saint Gervais Mont Blanc – 180 km
17/07 – Descanso
18/07 – Etapa 16: Passy – Combloux – 22 km (CRI)
19/07 – Etapa 17: Saint Gervais Mont Blanc – Courchevel – 166 km
20/07 – Etapa 18: Moutiers – Bourg en Bresse – 186 km
21/07 – Etapa 19: Moirans en Montagne – Poligny – 173 km
22/07 – Etapa 20: Belfort – Le Markstein Fellering – 133 km
23/07 – Etapa 21: Saint Quentin en Yvelines – Paris – 115 km

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine

Site oficial do evento