Philipsen vence 11ª etapa, sua quarta vitória no Tour 2023

HomeCompetições

Philipsen vence 11ª etapa, sua quarta vitória no Tour 2023

Desta vez belga não contou com Van der Poel e buscou a roda de Groenewegen; Philipsen se consolida na lideerança da camisa verde

Quarta vitória para o belga, que lidera classificação por pontos

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

O belga Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck) venceu nesta quarta-feira (12 de julho) a 11ª etapa do Tour, sua quarta vitória na edição de 2023, e consolidou sua liderança com a camisa verde da classificação por pontos, com uma vantagem de 145 pontos sobre Bryan Coquard (Cofidis).

No percurso da 11ª etapa, de Clermont Ferrand a Moulins

A chegada no asfalto molhado e muitas rotatórias pode ter complicado para Philipsen, que perdeu a roda de Jonas Rickaert e se afastou de seus colegas da Alpecin-Deceuninck antes da última curva. Desta vez, Mathieu van der Poel não se envolveu.

O belga foi momentaneamente encaixotado, mas encontrou a roda de Dylan Groenewegen (Jayco AIUla) e acelerou nos 150 metros finais, deixando Groenewegen em 2º. Phil Bauhaus (Bahrain Victorious) foi o 3º.

“É um Tour incrível até agora. Não consigo imaginar como tudo está indo bem. Estou muito orgulhoso. Estou feliz com minha forma. Tive que chegar à final sem problemas e consegui. Estou super feliz. Também posso ganhar sem o Mathieu, mas ele facilita quando está lá. Hoje tive que achar algumas rodas e encontrar meu espaço. Estou feliz por ter conseguido encontrar a roda do Dylan, aí ele abriu espaço e pude ultrapassar”, contou o vencedor.

“Espero conseguir mais algumas vitórias, mas acima de tudo levar a camisa verde até Paris é o principal objetivo agora.”

Philipsen com a camisa verde da classificação por pontos: objetivo é levar até Paris

Vingegaard na largada

A Jumbo Visma dominou a frente para manter o líder Jonas Vingegaard seguro antes da marca de 3 km. Não houve mudanças na geral, com o camisa amarela com 17 segundos de vantagem sobre Tadej Pogacar (UAE Emirates).

“Tenho uma equipe incrível, eles me mantiveram seguro até o final. Após a faixa de 3 km , focamos apenas em chegar em segurança. Agradeço a minha equipe. Me sinto bem e pronto para o que está por vir. A etapa de amanhã é complicada, então precisaremos ter cuidado. Vou tentar segurar a camisa amarela, minha filha Frida adora os leões de pelúcia que recebo nas vitórias. Tenho que pegar o máximo que puder para ela”, comentou o dinamarquês.

MELHORES MOMENTOS

 

TOP 10 DA ETAPA
1 – Jasper Philipsen (BEL, Alpecin-Deceuninck) 4:01:07
2 – Dylan Groenewegen (HOL, Team Jayco AlUla) m.t.
3 – Phil Bauhaus (ALE, Bahrain – Victorious) m.t.
4 – Bryan Coquard (FRA, Cofidis) m.t.
5 – Mads Pedersen (DIN, Lidl – Trek) m.t.
6 – Alexander Kristoff (NOR, Uno-X Pro Cycling Team) m.t.
7 – Luca Mozzato (ITA, Team Arkéa Samsic) m.t.
8 – Peter Sagan (SLK, TotalEnergies) m.t.
9 – Wout van Aert (BEL, Jumbo-Visma) m.t.
10 – Sam Welsford (AUS, Team DSM – firmenich) m.t.

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 – Jonas Vingegaard (DIN, Jumbo-Visma) 46h 34’27”
2 – Tadej Pogacar (SLO, UAE Team Emirates) +17″
3 – Jai Hindley (AUS, Bora-Hansgrohe) +2:40″
4 – Carlos Rodriguez Cano (ESP, Ineos Grenadiers) +4:24″
5 – Pello Bilbao (ESP, Bahrain – Victorious +4:36″
6 – Adam Yates (GBR, UAE Team Emirates) +4:41″
7 – Simon Yates (GBR, Team Jayco AlUla) +4:46″
8 – Tom Pidcock (GBR, Ineos Grenadiers) +5:28″
9 – David Gaudu (FRA, Groupama) +6:01″
10 – Sepp Kuss (EUA, Jumbo-Visma) +6:47″

AS CAMISAS
Camisa amarela – líder da classificação geral – Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck)
Camisa de bolinhas – líder da classificação de montanha –Neilson Powless (EF Education – Easypost)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Tadej Pogacar (UAE Emirates)

Resultados completos aqui

Próxima etapa
A 12ª etapa, nesta quinta-feira, 13 de julho, com 168,8km entre Roanne e Belleville-en-Beaujolais, vai passar pelos vinhedos que produzem as as safras do vinho Beaujolais e conta com as subidas a Croix Montmain e ao Croix Rosier. Veja altimetria:

Croix Montmain e o Croix Rosier entre os desafios da 12ª etapa

AS ETAPAS
01/07 – Etapa 1: Bilbao – Bilbao – 182 km
02/07 – Etapa 2: Vitoria – San Sebastián – 209 km
03/07 – Etapa 3: Amorebieta – Bayonne – 185 km
04/07 – Etapa 4: Dax – Nogaro – 182 km
05/07 – Etapa 5: Pau – Laruns – 165 km
06/07 – Etapa 6: Tarbes – Cauterets – 145 km
07/07 – Etapa 7: Mont de Marsan – Bordeaux – 170 km
08/07 – Etapa 8: Libourne – Limoges – 201 km
09/10 – Etapa 9: Saint Léonard de Noblat – Puy de Dome – 184 km
10/07 – Descanso
11/07 – Etapa 10: Vulcania – Issoire – 167 km
12/07 – Etapa 11: Clermont Ferrand – Moulins – 180 km
13/07 – Etapa 12: Roanne – Belleville en Beaujolais – 169 km
14/07 – Etapa 13: Chatillon su Chalaronne – Grand Colombier – 138 km
15/07 – Etapa 14: Annemase – Morzine – 152 km
16/07 – Etapa 15: Les Gets – Saint Gervais Mont Blanc – 180 km
17/07 – Descanso
18/07 – Etapa 16: Passy – Combloux – 22 km (CRI)
19/07 – Etapa 17: Saint Gervais Mont Blanc – Courchevel – 166 km
20/07 – Etapa 18: Moutiers – Bourg en Bresse – 186 km
21/07 – Etapa 19: Moirans en Montagne – Poligny – 173 km
22/07 – Etapa 20: Belfort – Le Markstein Fellering – 133 km
23/07 – Etapa 21: Saint Quentin en Yvelines – Paris – 115 km

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine

Site oficial do evento