Tour: Vingegaard é bicampeão; Meeus surpreende em Paris

HomeCompetiçõesCiclismo

Tour: Vingegaard é bicampeão; Meeus surpreende em Paris

Belga da Bora-Hansgrohe vence Philipsen e Groenewegen no último sprint; confira os melhores momentos

Pódio final do Tour 2023, com Vingegaard campeão, Pogacar vice e Adam Yates em 3º

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

O dinamarquês Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) conquistou neste domingo (23 de julho) seu segundo título seguido de campeão do Tour de France. O camisa amarela encerrou o Tour 2023 com 7min29s de vantagem sobre Tadej Pogacar (UAE Team Emirates), que venceu o Tour em 2020 e em 2021. Adam Yates, companheiro de equipe de Pogacar, foi o terceiro colocado, a 10min56s.

“É uma sensação de orgulho e felicidade vencer pela segunda vez. É realmente incrível. Hoje com todos os dinamarqueses aqui torcendo, foi realmente incrível. Tenho de agradecer não só minha equipe e minha família, mas também a toda a Dinamarca. Eles me apoiam e sou muito grato por isso”, comemorou Vingegaard, que depois de uma batalha acalorada e aparentemente equilibrada com Pogacar, deixou sua marca com um desempenho dominante no contrarrelógio da 16ª etapa e, em seguida, deixou seu principal adversário para trás na 17ª etapa, a etapa rainha, e abriu mais de 7 minutos de vantagem.

“Foi uma longa jornada, mas também passou muito rápido. Corremos todos os dias e um dia leva o outro. Foi uma corrida super difícil e uma luta super boa entre mim e Tadej. Gostei de tudo”, completou o bicampeão.

Philipsen, Vingegaard, Pogacar e Ciccone, os vencedores das classificações do Tour 2023

Pogacar, que terminou o Tour com a camisa branca da classificação de melhor jovem pelo terceiro ano seguido, lembrou que esse é seu último ano com ela. “Foi um Tour incrível para mim e para minha equipe. Estou super feliz por estar em Paris no pódio, e de branco mais uma vez. Então sim: obrigado a todos, e adeus para a minha amada camisa branca … Não sou mais jovem”, brincou o esloveno, que completa 25 anos em setembro.

Pogacar disse que o Tour 2023 trouxe ensinamentos. “Eu sabia que mais cedo ou mais tarde teria dias como esse, momentos como esse, sei que não será a última vez que sentirei que passei do meu limite. Posso aprender algo com isso. Para o futuro. Eu sei melhor o que posso esperar de mim mesmo. Estamos competindo em um belo esporte. Levamos uns aos outros ao limite. Essa é uma era que todos podemos gostar e ficar felizes porque o esporte é ótimo. Mas sim – esta é apenas uma corrida de bicicleta e só temos que aproveitar cada momento que podemos ter.”

Jordi Meeus surpreende e vence etapa final

Photo Finish da etapa 21

Na etapa final do Tour 2023, o vencedor do prestigiado sprint na Champs-Elysées foi o belga Jordi Meeus (Bora-Hansgrohe), que derrotou Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck) e Dylan Groenewegen (Jayco-AlUla) depois da análise do Photo Finish.

Meeus, de 25 anos, que disputou o Tour pela primeira vez, comemorou sua primeira vitória WorldTour. “Hoje tudo foi perfeito e estou super feliz. É o meu primeiro Tour e foi uma experiência maravilhosa. Conquistar a vitória é uma sensação indescritível.”

Giulio Ciccone (Lidl-Trek) conquistou a camisa de bolinhas batendo Felix Gall (AG2R Citroen) por 14 pontos e Philipsen encerrou com a camisa verde, que já havia garantido antecipadamente. A Jumbo-Visma venceu a classificação por equipes à frente da UAE Team Emirates, e Victor Campenaerts (Lotto Dstny) conquistou o prêmio de supercombativo do Tour 2023.

Nesta edição os fãs se despediram de dois nomes que fizeram história no pelotão. O francês Thibaut Pinot (Groupama FDJ) foi destaque nas etapas de montanha e principalmente na 20ª etapa, quando uma multidão o recebeu na escalada em um dos momentos mais emocionantes do Tour 2023. Pela etapa, que terminou em 7º, Pinot levou o prêmio de mais combativo. Leia mais aqui

Já Peter Sagan (TotalEnergies), que já vestiu a camisa amarela e venceu a classificação por pontos da camisa verde em sete edições do Tour, se despediu da competição com um 8º lugar na 11ª etapa, seu melhor resultado. O tricampeão mundial (2015, 2016 e 2017) marcou a despedida com seus tradicionais wheelies e empinou a bike até mesmo no Col de la Loze, o ponto mais alto do Tour 2023, a 2.3.04m.

Passagem pelo Arco do Triunfo

A etapa final, com 115,1 quilômetros a partir do de Saint-Quentin-en-Yvelines, foi um “teste” para os próximos Jogos Olímpicos Paris-2024, com passagem por Versailles antes de seguir para Paris via Meudon e Issy-les-Moulineaux, enfrentando a subida final da corrida, a quarta categoria Côte du Pavé des Gardes. Comemorando sua camisa de bolinhas, Ciccone foi homenageado pelos companheiros da equipe Lidl-Trek e conquistou o único ponto KOM do dia.

Depois disso – os 54,5 quilômetros finais da etapa – foram no tradicional circuito por Paris, com passagem pelo museu do Louvre. As duas primeiras voltas do circuito da Champs-Élysées contaram com muitos ataques e Pogacar foi um dos mais ativos. Na última volta, com velocidades chegando a 64 km por hora, os velocistas começavam a se preparar enquanto, atrás, a Jumbo-Visma se reunia para a tradicional foto da vitória.

RESULTADOS

Results powered by FirstCycling.com

AS CAMISAS – TOUR DE FRANCE 2023
Camisa amarela – líder da classificação geral – Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck)
Camisa de bolinhas – líder da classificação de montanha –Giulio Ciccone (Lidl-Trek)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Tadej Pogacar (UAE Emirates)

Resultados completos no site oficial

MELHORES MOMENTOS

AS ETAPAS
01/07 – Etapa 1: Bilbao – Bilbao – 182 km
02/07 – Etapa 2: Vitoria – San Sebastián – 209 km
03/07 – Etapa 3: Amorebieta – Bayonne – 185 km
04/07 – Etapa 4: Dax – Nogaro – 182 km
05/07 – Etapa 5: Pau – Laruns – 165 km
06/07 – Etapa 6: Tarbes – Cauterets – 145 km
07/07 – Etapa 7: Mont de Marsan – Bordeaux – 170 km
08/07 – Etapa 8: Libourne – Limoges – 201 km
09/10 – Etapa 9: Saint Léonard de Noblat – Puy de Dome – 184 km
10/07 – Descanso
11/07 – Etapa 10: Vulcania – Issoire – 167 km
12/07 – Etapa 11: Clermont Ferrand – Moulins – 180 km
13/07 – Etapa 12: Roanne – Belleville en Beaujolais – 169 km
14/07 – Etapa 13: Chatillon su Chalaronne – Grand Colombier – 138 km
15/07 – Etapa 14: Annemase – Morzine – 152 km
16/07 – Etapa 15: Les Gets – Saint Gervais Mont Blanc – 180 km
17/07 – Descanso
18/07 – Etapa 16: Passy – Combloux – 22 km (CRI)
19/07 – Etapa 17: Saint Gervais Mont Blanc – Courchevel – 166 km
20/07 – Etapa 18: Moutiers – Bourg en Bresse – 186 km
21/07 – Etapa 19: Moirans en Montagne – Poligny – 173 km
22/07 – Etapa 20: Belfort – Le Markstein Fellering – 133 km
23/07 – Etapa 21: Saint Quentin en Yvelines – Paris – 115 km

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine

Site oficial do evento