Tour 2023: Vingegaard domina crono e lidera com 1min48s

HomeCompetições

Tour 2023: Vingegaard domina crono e lidera com 1min48s

Pogacar termina em segundo e Wout van Aert em terceiro o único contrarrelógio do Tour de France 2023

O líder Vingegaard no contrarrelógio

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

O camisa amarela Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) foi imbatível no contrarrelógio da 16ª etapa do Tour de France 2023, nesta terça-feira (18 de julho), que abriu a terceira e última semana da competição. O dinamarquês marcou o tempo de 32min26s na única crono do Tour 2023, com 22,4km de percurso.

Seu principal adversário, o esloveno Tadej Pogacar (UAE Team Emirates), terminou em segundo lugar, a 1mins38s. Wout van Aert, companheiro de Jumbo-Visma, foi o terceiro, a 2min51s.

“Eu estava me sentindo ótimo, foi o melhor contrarrelógio que já fiz. Estou orgulhoso do que fiz hoje e muito feliz com minha vitória. Para ser honesto, me surpreendi com o meu tempo, não esperava ir tão bem. Tínhamos dividido o ITT em quatro partes. Tentei ir forte na primeira subida, depois me recuperar na descida, segurar na seção plana e acelerar a todo vapor na subida rápida, mantendo algo para os quilômetros finais. Tive um dia incrível”, comemorou Vingegaard.

O camisa amarela, porém, é cauteloso e sabe que ainda tem muito pela frente até domingo, em Paris. “Ainda não ganhei o Tour de France. Há alguns dias difíceis pela frente, tenho que fazer de tudo para manter a camisa amarela. A equipe tem sido incrível. Tudo o que estamos fazendo neste Tour de France faz parte de um plano maior que estamos executando dia após dia”, afirmou o dinamarquês.

Pogacar terminou a crono em segundo lugar

Pogacar, vencedor do Tour em 2020 e em 2021 e vice em 2022, atrás de Vingegaard, também é o segundo colocado na classificação geral. Começou a etapa com desvantagem de 10 segundos e terminou com 1min48s. “Estou um pouco surpreso porque senti que estava fazendo uma crono sólida. Mas, no final, a diferença foi grande. No início segui os tempos do Wout van Aert e dizia a mim mesmo que estava no caminho certo porque estava mais rápido que ele. De qualquer forma, eu dei tudo”, disse.

“Vamos tentar encontrar um plano e executá-lo, mas com certeza vai ser difícil recuperar quase dois minutos. Espero poder me recuperar como fiz nos Pirineus depois de perder tempo em Marie-Blanque”, completou Pogacar, que optou por mudar de bicicleta a 5,6 km da chegada. A mudança levou 15 segundos e ele seguiu forte, mas Vingegaard, que ficou com a bike de crono, estava mais forte e superou os tempos de seu adversário segundo após segundo.

No final, Pogacar quase alcançou Carlos Rodriguez (Ineos Grenadiers), que perdeu a terceira colocação na geral para Adam Yates (UAE Team Emirates), sétimo na etapa, e 8min52s atrás de Vingegaard. Rodriguez é agora o quarto, com 8min57s, enquanto Jai Hindley (Bora-Hansgrohe) é o quinto, com 11min15s.

MELHORES MOMENTOS

TOP 10 DA ETAPA
1 – Jonas Vingegaard (DIN, Jumbo-Visma) 32:26
2 – Tadej Pogacar (SLO, UAE Team Emirates) +1:38″
3 – Wout van Aert (BEL, Jumbo-Visma) +2:51″
4 – Pello Bilbao (ESP, Bahrain – Victorious) +2:55″
5 – Simon Yates (GBR, Team Jayco AlUla) +2:58″
6 – Rémi Cavagna (FRA, Soudal – Quick Step )+3:06″
7 – Adam Yates (GBR, UAE Team Emirates) +3:12″
8 – Mattias Skjelmose (DIN, Lidl – Trek) +3:21″
9 – Mads Pedersen (DIN Lidl – Trek) +3:31″
10 – David Gaudu (FRA, Groupama – FDJ) +3:31

TOP 10 DA CLASSIFICAÇÃO GERAL
1 – Jonas Vingegaard (DIN, Jumbo-Visma) 63h 06’53”
2 – Tadej Pogacar (SLO, UAE Team Emirates) +1:48″
3 – Adam Yates (GBR, UAE Team Emirates) +8:52″
4 – Carlos Rodriguez Cano (ESP, Ineos Grenadiers) +8:57″
5 – Jai Hindley (AUS, Bora – Hansgrohe) +11:15″
6 – Sepp Kuss (EUA, Jumbo-Visma) +12:56″
7 – Pello Bilbao (ESP, Bahrain – Victorious) +13:06″
8 – Simon Yates (GBR, Team Jayco AlUla) +13:46″
9 – David Gaudu (FRA, Groupama) +17:38″
10 – Felix Gall (AUT, AG2R Citroën Team) +18:19″

AS CAMISAS
Camisa amarela – líder da classificação geral – Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck)
Camisa de bolinhas – líder da classificação de montanha –Giulio Ciccone (Lidl-Trek)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Tadej Pogacar (UAE Emirates)

Resultados completos aqui

Próxima etapa
A 17ª etapa, nesta quarta-feira (19 de julho), com 165,7km entre Saint-Gervais Mont-Blanc e Courchevel, tem a escalada ao Col de la Loze, a 2.304m de altitude, grande descoberta do Tour em 2020 e o ponto mais alto da competição de 2023.

A 17ª etapa vai ao Col de la Loze, a 2.304m, o ponto mais alto do Tour 2023

AS ETAPAS
01/07 – Etapa 1: Bilbao – Bilbao – 182 km
02/07 – Etapa 2: Vitoria – San Sebastián – 209 km
03/07 – Etapa 3: Amorebieta – Bayonne – 185 km
04/07 – Etapa 4: Dax – Nogaro – 182 km
05/07 – Etapa 5: Pau – Laruns – 165 km
06/07 – Etapa 6: Tarbes – Cauterets – 145 km
07/07 – Etapa 7: Mont de Marsan – Bordeaux – 170 km
08/07 – Etapa 8: Libourne – Limoges – 201 km
09/10 – Etapa 9: Saint Léonard de Noblat – Puy de Dome – 184 km
10/07 – Descanso
11/07 – Etapa 10: Vulcania – Issoire – 167 km
12/07 – Etapa 11: Clermont Ferrand – Moulins – 180 km
13/07 – Etapa 12: Roanne – Belleville en Beaujolais – 169 km
14/07 – Etapa 13: Chatillon su Chalaronne – Grand Colombier – 138 km
15/07 – Etapa 14: Annemase – Morzine – 152 km
16/07 – Etapa 15: Les Gets – Saint Gervais Mont Blanc – 180 km
17/07 – Descanso
18/07 – Etapa 16: Passy – Combloux – 22 km (CRI)
19/07 – Etapa 17: Saint Gervais Mont Blanc – Courchevel – 166 km
20/07 – Etapa 18: Moutiers – Bourg en Bresse – 186 km
21/07 – Etapa 19: Moirans en Montagne – Poligny – 173 km
22/07 – Etapa 20: Belfort – Le Markstein Fellering – 133 km
23/07 – Etapa 21: Saint Quentin en Yvelines – Paris – 115 km

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine

Site oficial do evento