Tour: Rodriguez vence 14ª etapa; duelo de Pogacar e Vingegaard

HomeCompetições

Tour: Rodriguez vence 14ª etapa; duelo de Pogacar e Vingegaard

Espanhol ultrapassou os dois favoritos na descida final e, com a vitória, subiu para o terceiro lugar na classificação geral

Rodriguez na vitória em Morzine

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/ASO

O espanhol Carlos Rodriguez (Ineos Grenadiers) venceu neste sábado (15 de julho) a 14ª etapa do Tour de France, com Tadej Pogacar (UAE Emirates) e o camisa amarela Jonas Vingegaard (Jumbo Visma) em 2º e 3º, a 5 segundos.

Rodriguez escapou na descida final enquanto Pogacar e Vingegaard duelavam por segundos preciosos na classificação geral. Vingegaard conseguiu segurar o esloveno e até ganhou 1 segundo, encerrando a etapa com 10 segundos de vantagem com a camisa amarela.

Pogacar pode ter sido prejudicado quando começou um ataque e foi bloqueado por uma das motos do pelotão. “Tadej atacou foi bloqueado por uma moto e parou novamente. Felizmente consegui vencê-lo, o que foi bom. É difícil dizer qual é a diferença entre Tadej e eu. Somos realmente iguais. Vai ser uma boa luta até Paris”, disse o líder. “Acho que hoje foi um bom dia. Aumentei minha vantagem, foi apenas um segundo, mas ainda estou com a camisa amarela e estou aproveitando cada dia com ela”, completou Vingegaard.

Os dois rivais, quase inseparáveis, foram mais uma vez os mais fortes do pelotão na subida, deixando a batalha pela camisa amarela ainda mais equilibrada rumo a outra brutal etapa de montanha neste domingo em Saint-Gervais Mont-Blanc. “Foi um bom dia para nós, embora não tenha sido um dia perfeito. Amanhã será novamente uma etapa difícil. Está muito apertado entre Jonas e eu, mas o Tour pode muito bem ser decidido no contrarrelógio ou na penúltima etapa”, disse Pogacar.

Pogacar e Vingegaard na etapa

A batalha começou a se intensificar na subida final, no Col de Joux Plane, fora de categoria, com a Jumbo Visma aumentando o ritmo até Adam Yates (UAE Team Emirates) tomar à frente com Pogacar. O que era um grupo de elite de sete encolheu para três, depois se tornou uma batalha um contra um entre Pogacar e Vingegaard, o esloveno mantendo uma diferença de alguns segundos por dois quilômetros em direção ao topo do Joux Plane.

Pogacar estava na frente a 500 metros do topo quando foi forçado a parar por causa de duas motos na sua frente. Vingegaard decidiu acelerar a 150 metros e levou os 3 segundos de bônus. Na descida seguiram juntos, quando foram ultrapassados por Rodriguez, que manteve o ritmo até a chegada em Morzine.

“É incrível. Não tenho palavras. É um sonho, consegui uma vitória na melhor corrida do mundo, sempre sonhei com isso. Estou super grato a equipe por todo o esforço e toda a confiança que depositaram em mim. Não pensei que fosse possível, tentei subir no meu próprio ritmo para depois fazer a descida o mais rápido possível. Sou bom em descidas e queria aproveitar”, contou Rodriguez.

“Estive perto de cair algumas vezes, corri alguns riscos. A vitória de Michal Kwiatkowski ontem e seu trabalho hoje me inspiraram. Kwiato recuou três vezes para nos ajudar em 10 minutos. Detalhes como esse fazem a diferença e me ajudaram a vencer. Isso faz parte do trabalho, com certeza. Estar no pódio era um objetivo: queria ganhar algum tempo. Conseguimos. Estou feliz. Só quero aproveitar essa vitória e me recuperar um pouco de todo o esforço. É um grande dia”, comemorou o espanhol.

Com sua vitória e os 10 segundos de bônus, Rodriguez subiu para o 3º lugar na classificação geral, superando Jai Hindley (Bora-Hansgrohe) por um único segundo, 4:43 atrás de Vingegaard. O quarto colocado é Adam Yates (UAE Team Emirates).

Na largada da etapa, em Annemasse, um acidente em uma curva atingiu cerca de 20 ciclistas, deixou muitos retidos e a corrida foi neutralizada, já que todas as ambulâncias estavam ocupadas. Antonio Pedrero (Movistar) e Louis Meintjes (Intermarché-Circus-Wanty) abandonaram, depois Esteban Chaves (EF Education-EasyPost) teve que abandonar logo após o reinício. Mais tarde, Romain Bardet (Team dsm-firmenich) e James Shaw (EF Education-EasyPost) também saíram da disputa.

MELHORES MOMENTOS

CLASSIFICAÇÃO DA ETAPA
1. Carlos Rodriguez (Ineos Grenadiers) 3h58’45’’
2. Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) +05”
3. Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) +05’’

CLASSIFICAÇÃO GERAL
1. Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) 57h47’28’’
2. Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) +10’’
3. Carlos Rodriguez (Ineos Grenadiers) +4’43’’

AS CAMISAS
Camisa amarela – líder da classificação geral – Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma)
Camisa verde – líder da classificação por pontos – Jasper Philipsen (Alpecin-Deceuninck)
Camisa de bolinhas – líder da classificação de montanha –Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma)
Camisa branca – líder da classificação de melhor jovem – Tadej Pogacar (UAE Emirates)

Resultados completos aqui

Próxima etapa
A segunda semana termina com a 15ª etapa, neste domingo, 16 de julho, com nada menos que o Mont Blanc como cenário. A etapa de Morzine a Saint-Gervais Mont-Blanc tem percurso de 179km em uma rota particularmente ondulada pela região da Haute-Savoie, com passagem pelo Col de la Forclaz de Montmin, depois pelo Croix Fry e pelo Aravis, com trechos de até 17% de inclinação. Veja altimetria:

A 15ª etapa tem trechos com até 17% de inclinação


AS ETAPAS

01/07 – Etapa 1: Bilbao – Bilbao – 182 km
02/07 – Etapa 2: Vitoria – San Sebastián – 209 km
03/07 – Etapa 3: Amorebieta – Bayonne – 185 km
04/07 – Etapa 4: Dax – Nogaro – 182 km
05/07 – Etapa 5: Pau – Laruns – 165 km
06/07 – Etapa 6: Tarbes – Cauterets – 145 km
07/07 – Etapa 7: Mont de Marsan – Bordeaux – 170 km
08/07 – Etapa 8: Libourne – Limoges – 201 km
09/10 – Etapa 9: Saint Léonard de Noblat – Puy de Dome – 184 km
10/07 – Descanso
11/07 – Etapa 10: Vulcania – Issoire – 167 km
12/07 – Etapa 11: Clermont Ferrand – Moulins – 180 km
13/07 – Etapa 12: Roanne – Belleville en Beaujolais – 169 km
14/07 – Etapa 13: Chatillon su Chalaronne – Grand Colombier – 138 km
15/07 – Etapa 14: Annemase – Morzine – 152 km
16/07 – Etapa 15: Les Gets – Saint Gervais Mont Blanc – 180 km
17/07 – Descanso
18/07 – Etapa 16: Passy – Combloux – 22 km (CRI)
19/07 – Etapa 17: Saint Gervais Mont Blanc – Courchevel – 166 km
20/07 – Etapa 18: Moutiers – Bourg en Bresse – 186 km
21/07 – Etapa 19: Moirans en Montagne – Poligny – 173 km
22/07 – Etapa 20: Belfort – Le Markstein Fellering – 133 km
23/07 – Etapa 21: Saint Quentin en Yvelines – Paris – 115 km

LEIA MAIS
Tour de France no Bikemagazine

Site oficial do evento